o diário de uma quase psicóloga #1


Uma professora tinha dado a ideia de criar um blog para fazer posts diários sobre a faculdade de psicologia, mesmo que fosse para ele (o blog) ficar privado. Mas, como eu me conheço, sei que não ia acabar postando lá todos os dias, seja por passar várias horas do dia estudando, ou por procrastinação (o que posso fazer? sou apenas humana!). Decidi fazer os posts aqui no memorialices mesmo. 

Vou confessar que eu pensei bem no nome dessa "categoria", pois o diário de uma quase psicóloga me soou muito como as postagens de alguém que já está terminando a faculdade. Mas, como eu estou disposta a ir até o final nesse curso (que eu estou gostando muito, por sinal!), me comprometo a fazer, no mínimo, um post por mês sobre minhas aulas, experiências, aleatoriedades...


Bom, falando um pouquinho da faculdade, é bem diferente do antigo campus onde eu cursava zootecnia: não é integral (graças a Dumbledore!), os professores são bem mais tranquilos, e eu não tenho que ficar correndo de um lado para o outro atrás das salas de aula hehe.

Já o curso de Psicologia em si é maravilhoso! Eu estou gostando muito de todas as aulas e de todas as matérias, e me apaixonando cada vez mais por tudo. Eu sempre tive facilidade com matérias "de humanas", e desde o terceiro ano eu dizia que seria psicóloga. Enfim, o post de hoje é mais especificamente para falar especificamente das matérias do curso desse primeiro semestre.





Políticas da Saúde e Cidadania: não queria dar preferência a nenhuma matéria, mas não posso negar que essa é a minha favorita. Nela, basicamente falamos de saúde com uma visão holística do assunto, ou seja, reunir os aspectos da vida das pessoas num todo, não apenas no que se refere a adoecimento, e sobre prevenção e promoção. Mesmo eu ficando levemente (ou muito) indignada às vezes durante a aula (vocês não sabem o quanto o SUS é lindo na teoria), gosto porque gera discussão e nos dá certo ânimo para, no mínimo, tentar mudar a triste realidade.

Psicologia - Ciência e Profissão: é uma matéria bem introdutória e que eu gosto bastante. Tem um pouco de história da psicologia, mas o principal foco é frisar que psicologia é uma ciência nova que se aproxima um pouco da medicina, e que psicólogos são profissionais da saúde que, antes de tratarem uma pessoa doente, ajudam a prevenir que esse adoecimento aconteça.


Linguagem e Argumentação: a aula dada pela professora mais legal e antenada de todas hehe. Quem segue as minhas fotinhas lá no instagram deve ter percebido que em algumas eu falo sobre o curso ou aulas, e, acreditem se quiserem, isso faz parte de um trabalho! A matérias lembra um pouco as aulas de língua portuguesa da escola, embora mais específico e interativas.

História da Psicologia: é a única matéria online do curso e, mesmo eu tendo me adaptado bem a estudar à distância, não consigo deixar de desejar piamente que ela fosse presencial, afinal eu amo história. Tem muita teoria relacionada a filosofia (*-*) e ao nascimento da psicologia.


Processos psicológicos básicos: é a matéria que, a meu ver, tem mais psicologia que todas as outras, pois mesmo sendo apenas uma introdução bem introdução mesmo, a gente começa a entender sobre os pensamentos das pessoas, e em como cada mente funciona de um jeito, numa velocidade diferente, com sua própria visão de mundo. No momento estamos estudando os processos cognitivos - memória, atenção, sensopercepção, linguagem e motricidade.


Neutroanatomia: chegamos à última matéria and a minha fraqueza hehe. Tive uma experiência meio traumática envolvendo anatomia no outro curso (mesmo a de lá sendo anatomia animal), então parece que minha mente tende a falhar um pouco quando colocam um esqueleto na minha frente. Mas eu estou tentando, e até conseguindo. A professora ser bem compreensível e calma ajuda bastante, além de a gente só precisar estudar sistema nervoso (tá, é mais coisa, mas vamos resumir nisso aqui só pra dar uma noção). A aulas no laboratório são sempre divertidas e proveitosas!


O livro "Psicologias" já entrou para a minha wishlist!


Bom, as matérias são essas, e eu verdadeiramente gosto de todas, o que não acontecia no meu antigo curso (geralmente eu ia para as aulas de matemática e química chorando e lamentando a minha existência). É muito gratificante saber que estou estudando algo que eu realmente gosto, embora eu tenha a leve sensação de que as coisas podem vir a piorar com o passar do tempo. Paciência :p


Se vocês tiverem alguma ideia de tema para o próximo post, deixem nos comentários. Também vou gostar de responder perguntas hehe. Alguém aí também faz faculdade de psicologia? Se não for essa, qual o curso de vocês?

Ah, antes que alguém pergunte, meu sonho de ser astronauta continua vivo (alô, Elon Musk, me mande para o espaço!), mas, por ora, eu fico muito feliz com a ideia de ser psicóloga.

Isso é tudo, pessoal! Rainha Vermelha, 

SOMOS TODOS LOUCOS AQUI

17 comentários :

  1. Meninaaaaa eu to morta com esse post! E também estou emocionada lembrando das minhas impressões sobre as primeiras aulas de Psicologia... N~~ao fique preocupada logo logo você va odiar a psiquê humana tanto quanto vc ama e isso vai ser normal hehehehe

    Ps: Tem uma frase que o meu professor não cansava de repetir "Nada mais prático do uma boa teoria – Kurt Lewin – e isso se aplica ao Sistema Unico de Saúde que é lindo na teoria..."
    PS¹: Irei ler todos os seus posts sobre a graduação de Psicologia.
    xoxoxoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Moça, é muito doido pensar que eu estou começando, e que você já está formada. Espero que eu não entre em parafuso até o final do curso hehe. Gostei dessa frase, mesmo sendo triste...

      Beijos, chuchu, e até os próximos posts! :*

      Excluir
  2. "vocês não sabem o quanto o SUS é lindo na teoria" AHAM! É o que passa pela cabeça de todo mundo quando começa a estudar os principios do SUS haahhah' Tive uma disciplina de processos psicologicos básicos também, apesar de todas terem nomes diferentes (só o conteúdo que é o mesmo). Bateu uma saudade imensa porque eu amava a professora dessa disciplina e ela saiu :( Não vejo a hora de ver você estudante Psicologia Social, acho que você vai ser uma das nossas (inclusive onde eu estudo tem uma liga de Psicologia Social e Comunitária, a primeira do país. Seria legal a gente trocar umas ideias depois hehehe).

    Eu tô no 9º período agora né, reta final do curso (desculpa se eu ficar meio nostálgica na sua coluna!). Tive uma relação de amor e ódio com esse curso durante esses quatro anos que passei. Depois de quatro anos, cheguei a conclusão que muitas crises que tive em relação a isso foi a uma crença que eu não tinha capacidade pra atuar. Continuo odiando o curso, mas acredito que isso tudo vai passar depois da formatura. Muito do que sinto é devido ao cansaço. Esse período estou fazendo quatro estágios, então imagina a situação... mal tenho tempo pra comer. Inclusive, vez ou outra escrevo uma cartinha pra você, apesar de que nunca tenho tempo de arrumar bonitinho e colocar no correio. Vou acabar enviando todas de uma vez, tem carta de meses atrás já. Daqui uns dias você se forma e eu ainda estou pra enviar hahaha'

    Boa sorte com o curso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marina, minha linda, eu fico imensamente feliz de saber que decidiu seguir pelo caminho da psicologia, mesmo achando você suficientemente talentosa para ser uma artista incrível. Mas vou ter mais uma colega de profissão. Ah, minha professora de Ciência e Profissão e Políticas da Saúde e Cidadania também é assistente social, e mesmo psicologia forense sendo meu amorzinho, eu estou gostando muito das menções a psicoalgia social nas aulas dela :)

      Espero que essa fase corrida passe logo. Não se aprece em mandar as cartas, pois os coelhos brancos sempre se atrasam hehe. Fique bem e até os próximos posts <3

      Excluir
  3. Amei a postagem! Adoro esses temas "psicológicos", embora não seja a pessoa certa para lidar com o sentimento alheio (o ser humano é muito complicado para mim hahaha), mas a teria eu curto muito.
    Eu estou estudando anatomia atualmente (para meus exercícios de desenho realista), estou gostando bastante por enquanto. Mas fiquei curiosa, qual problema você teve com anatomia?
    Beijinhos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seres humanos são tão interessantes (parafraseando Ryuk hehe). Fico muito feliz que tenha gostado do post, amora! Ah, fiquei meio encucada com isso de ter que estudar anatomia para fazer desenhos *o* vivendo e aprendendo.

      Ah, na minha antiga faculdade eu tinha anatomia animal, e minha professora me dava medo, pois ela era muito acelerada com tudo, achava que a gente já sabia de tudo. Fora que o laboratório lembrava aqueles de filmes de terror... eu ficava achando que a qualquer momento um assisiano ia entrar e me jogar nos tanques de formol! o.O

      Excluir
  4. Achei a ideia de compartilhar mais sobre o seu curso e a psicologia em geral maravilhosa! Eu me interesso bastante por esse tipo de assunto embora tenha escolhido uma área diferente de atuação, acho que de certa forma, a psicologia está envolvida em tudo o que fazemos e todas as profissões praticamente!

    Vejo que você é super organizada nas anotações e está conseguindo tirar grande proveito de todas as aulas, mesmo as que você tem um pouquinho de dificuldade como anatomia!

    Tão bonitinho te ver empolgada com a faculdade, se você já está assim com as matérias mais básicas desse primeiro semestre, tenho certeza que vai ficar ainda mais empolgada quando houver um aprofundamento nos temas!

    Um beijo <3
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Dai. Você é uma fofa! Qual área de atuação você escolheu, se me permite perguntar? :)

      Excluir
  5. AAAAHHHH Psicologia seria minha segunda escolha se eu decidisse ir pra faculdade (a primeira seria História), e apenas ler sobre a estrutura do curso já foi muito legal! A aula de Linguagem e Argumentação foi a que mais me chamou atenção, mas também fiquei interessada na aula de Anatomia (cara, eu amo coisas ligadas a Anatomia hahahha)
    P. S.: Amei o esmalte verde na última foto <3

    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já pensei em cursar História também, mas só porque eu gosto MUITO, não porque quero dar aula hehe :p

      Excluir
  6. Aaiiii que saudade que eu tava de passar por aqui❤️❤️ Adoro ler você falar sobre a sua faculdade! Como eu já disse antes, é um curso que me identifico muito também. Se eu não quisesse tanto fazer medicina, essa seria minha opção sem dúvida kkkk Aliás, é por esse mesmo motivo que ando sumida de todos os lugares “virtuais”. Esse é meu ano de vestibular e eu quero muito passar na federal☺️ Enfim, amo seus posts beijo😂

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha voltado, amora!

      Olha, não é querendo engrandecer meu curso, mas já engrandecendo (hehe),ele é maravilhoso <3 Mas, de toda forma, você tem que fazer o que mais quer. Tenho certeza que vai dar tudo certo, sei como é tendo ano de Enem e vestibulares, mas vou mandar muitas energias positivas pra você!

      Beijos :*

      Excluir
    2. Obrigada ❤️❤️❤️

      Excluir
  7. Nossa Luana gostei bastante do seu post, aqui em casa eu e meu esposo adoramos este assunto, eu em especial sobre a parte psicológica exercer influência enorme sobre a saúde física é triste ver como o sistema de saúde ignora isso. Tudo começa em nossa mente, então acho que ela deveria ter um destaque no que diz respeito a nossa saúde. Hoje em dia até que vem crescendo esse olhar sobre nosso estado psicológico e emocional, mas antigamente era difícil. Acredito em tempos melhores onde as pessoas consigam ver a relação entre mente e qualidade de vida. Com certeza virei aqui conhecer um pouco mais sobre a psicologia através de suas palavras e vivencias. Bjs e tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou do post, chuchu. Psicologia é um assunto incrível e cheio de ramificações!

      Uma das coisas que uma das minhas professoras mais gosta de salientar é como a saúde mental pode influenciar na saúde física e todas as outras áreas da vida de uma pessoas. Infelizmente, as gerações anteriores precisavam de psicólogo tanto quanto a atual, mas não davam a atenção necessária (na verdade, muita gente ainda não dá!).

      Logo logo sai mais um post sobre esse assunto aqui no blog :*

      Excluir
  8. quero mais posts sobre este assunto!! Eu voltei a estudar este ano e to acompañando bastante esta temática de estudos, tanto aqui no seu blog como no youtube. Acho muito legal principalmente por acompaño mulheres... e lá no meu curso nao tenho nenhuma colega mulher pra falar de estudos (sou a única menina da aula).
    Uma pergunta: vc acompaña canais de esta temática no youtube? Eu acompaño a Camila Karam, Ju Pabis e Luciana de Farias. As 3 estudam medicina e fazem uns vlogs bem feitinhos. Eu até queria vlogar mas morro de vergonha de andar com uma câmera pela rua. Capaz faco um blog....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Moça, já saiu o segundo post dessa categoria. Será que até o final do curso eu vou ter uns quantos, haha? Acho que o próximo post vai ser sobre como eu estudo diariamente e me organizo para estudar :)

      Que legal que você voltou a estudar! Se quiser conversar sobre estudos (ou qualquer assunto), é só me mandar um direct.
      Confesso que não acompanho nenhum canal sobre isso, o mais próximo disso é o canal da Bel Rodrigues que trata bastante de criminologia (sabe que eu amo, né?). Obrigada pelas dicas, chuchu.

      Eu ia adorar ler um blog sobre a sua rotina nos estudos e sobre seu curso :*

      Excluir

Recadinho: clique em "notifique-me" para descobrir qual foi minha resposta ao seu comentário, e para que possamos conversar melhor ;)