Harry Potter e o Enigma do Príncipe


O Ministério da Magia adverte: esse post pode conter spoilers!

A leitura de Harry Potter e o Enigma do Príncipe teve um privilégio que a dos anteriores não teve: eu consegui apenas ler, e não fazer mais nada. Na época eu estava com a cabeça muito mal, e resolvi que queria me refugir e curtir os últimos livros dessa saga que eu aprendi a amar tanto, e foi isso que eu fiz. Ir para a fazendo dos meus avós, sem internet, telefone, televisão e pessoas foi ótimo.

Comecei esse livro com coração destruído. Tudo o que aconteceu n'A Ordem da Fênix me deixou extremamente tensa, preocupada e sofrendo junto com todos na história. Foi, pra mim, um dos livros mais densos em muitos sentidos, mesmo com os envolvimentos românticos que estavam rolando em Hogwarts. Descobrir mais sobre o passado do Voldemort, e o próprio estando à solta no mundo bruxo, os estratagemas secretos que Draco estava tramando, as dúvidas e angústias do Harry, Rony e Hermione. Tudo isso fez com que eu, mais uma vez, virasse duas noites para poder lê-lo o mais rápido possível. 


O livro todo é cheio de mistérios, a começar pelos dois primeiros capítulos, em especial O Voto Perpétuo. Foi, no mínimo, curioso ver onde o Snape morava: um homem tão misterioso e fechado, até arrogante, morar numa casa simples e que até passaria despercebida. Na verdade, muito além do passado do Lorde das Trevas, nesse sexto livro acabamos descobrindo muito mais sobre o próprio Severo Snape - o Príncipe Mestiço! Aquele livro de poções é genial, e mostra o quão inteligente Snape é.

Mesmo depois daquele capítulo horrível, onde todo mundo começa a odiar o Snape, eu tinha esperança de que havia algo mais. Mas, por ora, vou falar do estado de negação em que entrei depois da morte do Dumbledore. Aquele velhinho simpático que sempre me trazia calmaria e o sentimento de que tudo ficaria bem não estava morto! Bom, foi basicamente isso que eu fiquei dizendo pra mim mesma. Assim como o Harry, senti como se estivesse ficando órfã de uma figura paterna. Foi cruel ver essa relação entre os dois crescendo durante as "aulas" na penseira, e depois vê-los se separando. Não sei... eu tinha a sensação de que todos estavam protegidos graças ao Dumbledore, e daí ele se foi.

Por incrível que pareça, eu não chorei nesse livro. A raiva que eu sentia dos Comensaias da Morte, do Draco e principalmente do Snape eclipsaram a minha vontade de chorar. Eu só queria usar maldição imperdoável em alguém, de preferência na cara do Severo. Eu acreditava em você, Ranhoso! É sério, eu odiei muito ele (e me arrependi piamente disso lá no último livro...).


Ok, ok, apesar de todas as coisas ruins, também têm coisas boas. Conhecemos Horácio Slughorn, esse professor e sonserino incrível. Vemos que o Harry está totalmente perdido com relação aos seus sentimentos pela Gina, irmã do seu melhor amigo, além de uma garota muito mais desenvolvida do que a que vemos nos livros anteriores; é até fofinho ver aqueles monólogos mentais que o Harry cria, pois, mesmo ele tendo crescido bastante, ainda continua sendo uma garoto tímido e inseguro. Ah, e não posso me esquecer de falar de mais um passo que foi dado na relação Rony-Hermione, que, pra mim, é uma das mais bem construídas *-*

Enfim, apesar de os tempos de criança terem passado (na verdade, eles acabaram lá no terceiro livro), a história não deixa de ser incrível. Esse, em especial, fala muito sobre sacrifício, amizade e companheirismo. No final, vemos o quanto essa amizade entre trio cresceu, a ponto de Hermione e Rony estarem dispostos a arriscar tudo para partir numa missão com Harry. 


Em contra partida ao livro, que é uma obra de arte, o filme é uma decepção. Não consigo escolher o "pior livro da saga", mas encho a boca pra dizer que o pior filme da franquia é Harry Potter e o Enigma do Príncipe. Pra começar, colocaram cenas completamente desnecessárias, como por exemplo o Harry paquerando uma garçonete aleatório. Ou, pior, atearam fogo n'A Toca sem razão nenhuma. Mesmo aquela sequência de o Harry perseguindo os Comensais da Morte pelo campo tendo ficado legal, aquilo não existe, pois a Toca, assim como todas as casas de membros da Ordem da Fênix, estava protegida. Se os Comensais poderiam chegar lá tocando o terror, porque o próprio Voldemort não baixou por lá?

O diretor disse que via esse sexto filme como uma "comédia romântica", e eu não sei o que é pior: o fato de Harry Potter nunca ter sido uma comédia, ainda mais romântica, ou não terem feito uma comédia romântica direito, já que essa era a intenção. Transformaram o namoro do Harry e da Gina em algo vago; transformaram a garota forte que a Gina é numa mosca morta, e ao invés do primeiro-beijo-incrível dos dois na frente de todo mundo da Grifinória, eles dão um selinho. Aaaah, que raiva disso!

Isso pra não citar que quem assiste ao filme e não lê os livros não entende quase nada. Cortaram explicações sobre acontecimentos dos livros anteriores que são importantes para o entendimento desse filme, memórias sobre o passo do Voldemort, tiraram um dos focos principais que era o livro de poções do Príncipe Mestiço. E, pra fechar com chave de ouro (você sentiu a ironia aqui, né?), o funeral do Dumbledore não existiu!


Bom, é isso. O livro é incrível, o filme é decepcionante, mas eu relevo por conta das cenas que realmente valem a pena (a Voto Perpétuo, a Torre de Astronomia, o voo da Fênix, Harry sob o efeito da Felix Felicis hihi). Podem ter certeza de que eu vou assistir ao filme de novo; pra mim, criticar esse tipo de coisa não me torna menos fã. Como gosto de ressaltar, sou muito grata a todos os filmes!

O que vocês acharam de Harry Potter e o Enigma do Príncipe? É o favorito de alguém? O meu continua sendo O Prisioneiro de Azkaban, mas eu amo todos. Ah, e dá pra acreditar que a próxima resenha já é a última?!

Isso é tudo, pessoal! Rainha Vermelha, 

SOMOS TODOS LOUCOS AQUI

31 comentários :

  1. Eu meio que senti pena do Draco nesse livro, vi o mesmo como um coitado tentando ser o que não é para provar que é digno de pertencer ao "grupinho" de Comensais da Morte, ele estava tão perdido quanto o Harry na história, só que ambos tomaram caminhos opostos.
    Um dos meus personagens favoritos desse livro foi o professor Horácio Slughorn, achei ele super carismático e misterioso (porém achei o ator do filme ainda mais carismático).
    Sobre o Snape, bom, eu nunca fui com a cara dele, então não me importei muito com o que ele fez no livro anterior e nesse, eu já esperava uma atitude ruim dele desde o começo.
    Já os casais... Eu realmente não ligo muito para isso, por mim se eles ficassem todos sozinhos ou em pares trocados, não faria a menor diferença, mas realmente, mas concordo em relação a Gina, no filme ela é uma completa banana, dá até vergonha de ver.
    Achei bem chato não terem apresentado as cenas do Draco e da Murta-Que-Geme no filme, ela é sem dúvidas uma das muitas personagens que ADORO na saga, ela deveria ter brilhado mais nas telinhas.
    Amei a postagem e seus pontos de vista. Nunca me canso de falar de Harry Potter com você <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também tive um pouco de empatia pelo Draco nesse livro, mas não durou muito, pois até hoje eu tenho raiva dele hehe. Ah, e eu também senti muita falta da Murta!

      Ooh, e finalmente achei alguém que pensa como eu: por mim, ninguém casava, ficava todo mundo solteiro haha :p Pelo menos o Harry não continuou com a Cho... eu acho aquela menina uma verdade mosca morta.

      Eu também adoro ler seus comentários nos posts de Harry Potter. Obrigada pelo carinho de sempre, florzinha *-*

      Excluir
  2. bOM DDIA, COMO VAI? Gostei bastante da sua resenha, confesso que já assiatir e filme e simplesmente amei, assim como os outros, porem ainda nao li o livro. beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, chuchu. Não perde tempo e vai logo ler os livros que são muito melhores que os filmes hehe *-*

      Excluir
  3. Quando você resenhou os primeiros livros/filmes e falou o quanto gostou das adaptações eu só pensava: Luana, Luana, espere só quando chegar em "O Enigma do Príncipe"...
    Pois é, foi uma grande decepção. Assisti o filme, após ler o livro, dando muitos suspiros de indignação.
    Enfim, é melhor do que se não existe filme algum.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é legal rir da frustração alheia haha. Eu realmente tinha esperança de que todos os filmes seriam perfeitos como foram os três primeiros pra mim... doce ilusão :p

      Excluir
  4. Ahhh, eu nunca li Harry Potter cara!!! (não me odeie haha). Eu tentei uma vez começar o livro mas não consegui. Não sei pq Harry Potter não me chama atenção. Eu fiquei um tempo sendo odiada por isso, aí resolvi assistir aos filmes.. e bem, nada mudou ahahaha. Beeeijo

    www.verdadeescrita.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trouxas fazendo coisas de trouxas no mundo trouxa haha brincadeirinha! :p

      Excluir
  5. Oi Luh!
    Eu fui lendo e pensando na leitura do livro e no filme! ahaha Realmente, um dos pontos que pecaram, foi em tentar inovar em alguns lugares que não cabia...
    Sobre a cena da garçonete, acho que ela foi mais pra mostrar que, a vida segue, que, apesar de todo o drama do livro cinco, Harry é um jovem rapaz, e a vida não para por causa de quem ele é ou do que aconteceu. Ele é jovem, é ok paquerar. Talvez fosse possível mostrar de outra maneira, mas nem tudo sai do jeito que a gente quer.
    Eu acho mesmo que fazer um filme, especialmente da complexidade de uma fantasia, traz muitas dificuldades à uma adaptação e, no quesito faltar ou mudar coisas acho que todos os filmes cometeram seus pecados, alguns mais graves que os outros, é claro.
    Sobre Gina, eu nem sei o que dizer, porque acho ela, nos filmes, muito pouco condizente com a garota que vemos nos livros. Os relacionamentos românticos, de modo geral, acho que todos deixam a desejar nos filmes.
    O funeral... nem vou citar...
    Sobre os cortes para compreensão da história, acho que, com o avançar dos filmes, acostumaram que o povo já tinha lido os livros, porque, algumas coisas, se você assiste com quem não leu, tem sempre umas dúvidas que surgem e que só quem leu consegue entender. Uma grande meleca...
    Mas, eu continuo amando HP... ahaha Entendo você totalmente! <3
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiii, Rê, eu sei que eu pareci um pouco revoltada com o filme no post, mas é porque eu estou mesmo hehe. Eu odiei muitas cenas, e olha que nem falei da cena que, pra mim, é a pior de todas: Gina amarrando o sapato do Harry (??). É tão decepcionante ver o que fizeram com a #girlpower que era a Gina...

      Ah, na minha concepção, a partir de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, os filmes se tornaram algo para os fãs que leram os livros, pois tem muita coisa que quem não leu não entende.

      Beijos, chuchu :*

      Excluir
  6. TODO MUNDO SAI PQ ESSE É MEU LIVRO PREFERIDO e por sinal o meu filme mais odiado da saga.
    Eu também me arrependo horrores de ter odiado o Snape, mas quem ia descobrir que ele era uma pessoa ok? Snape que me perdoe.
    A morte de Dumbledore é a pior coisa que acontece. Pior mesmo. Lembro que quando li a primeira vez, li e reli por algumas vezes, porque eu tinha certeza que não poderia ser real. O bruxo mais poderoso, morto????
    Sobre o relacionamento de Gina e Harry no livro, eu só tenho a amar. Quando ele sentia ciúmes da Gina com os outros boy, e ele com medo do Rony <3 Sobre eles no filme: ranço. O que fizeram com a minha Gina?

    Um beijo,
    http://nitente.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quantos sentimentos conflitantes hehe. Deve ser bem frustrante ter o livro favorito transformado num filme decepcionante!

      Realmente, a gente odeia o Snape nesse livro, mas acaba a saga amando ele e usando #SnapeÉNossoRei <3
      Eu também fiquei chocada com a morte do Dumbledore. É como se... nossa, não sei nem explicar toda a tristeza e raiva que senti.
      Sem comentário quanto a Harry e Gina nos filmes, mas, em contra partida, eles são bem fofos no livro!

      Beijos :*

      Excluir
  7. Geralmente comigo acontece isso de decepcionar com o filme :/ É que o livro é tão cheio de detalhes que no filme muitas vezes nem aparecem, né? Quanto ao livro, nunca li nada de Harry Potter, mas achei bem legal a história desse!
    Beijos,
    http://www.nomundodaluablog.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho certeza que você vai amar Harry Potter, e entrar num estado de negação quando ver alguns filmes da saga hehe :p

      Excluir
  8. Assim como você me decepcionei com o filme também, o livro é incrível faz a gente sentir tantas coisas, mergulhar ainda mais na história, eu lembro de levar um tempão para terminar, pois sabia que era o último, eu estava sofrendo por ter que terminar uma das sagas mais importantes da minha vida, foi doloroso e difícil. Chorei por isso nesse livro hahahah

    Foi bom ler a tua experiência, é interessante ver rolar aquele feeling semelhante <3
    Beijos da PINGUIM TAGARELA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente não sabe se chora porque essa série maravilhosa está acabando, ou por causa das mortes, ou porque alguns filmes são decepcionantes o.O

      Fico feliz que tenha gostado do post <3

      Excluir
  9. Mulher você não acredita que eu nunca li e nem assisti nenhum filme do Harry Potter. Eu sempre quis mas nunca sentei assisti. Espero um dia ler ou assisti algo dele kkkk Porque me sinto a unica que não viu nada.

    Xoxo
    Sindrome do Luxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode acreditar que você não é a única que não leu/assistiu, mas, moça, faz favor de assistir ou ler porque é um universo maravilhoso <3

      Excluir
  10. Oi!
    Confesso que tô meio boiando nesse assunto pois não sou fã de Harry Potter, mas vou mostrar teu post pro meu noivo porque ele é viciado! Inclusive me fez ler o primeiro livro - e eu até gostei! :)
    Beijos

    Me chama de Bella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho certeza que voc~e vai gostar dos outros livros se continuar lendo, moça! :D

      Excluir
  11. Eu confesso que sou totalmente perdida com essas histórias de Harry Potter nunca parei realmente pra assistir o filme e tive um livro que ganhei de presente de formatura no ginásio mas depois me desfiz dele...Menina você soltou vários spoilers ahahaha mas eu acredito que quem é realmente fã dessa saga já tenha acompanhando todos os filmes/livros e comentarão deles com você...Fico feliz que você esteja melhor depois que passou um tempo longe da internet com sua família bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Moça, eu tenho certeza que você vai amar Harry Potter se ler e/ou assistir! <3

      Excluir
  12. Oi Lu! Não sei se já mencionei alguma vez, mas o meu livro favorito da saga -embora tenha um carinho por todos - também é o prisioneiro de azkaban, seguido pela Ordem da Fênix. Quanto ao filme do Enigma do Príncipe, confesso que adoro, apesar das falhas que você mencionou e (de também tê-las percebido). Teve uma época em que também me sentia revoltada com as cenas importantes cortadas nos filmes, mas depois de um tempo acho que me conformei hahah Ainda lembro quando fui assistir O Enigma do Príncipe no cinema com minha mãe logo que lançou (já faz uns aninhos haha e foi ela que me arrastou pra esse universo da J K Rowling quando eu ainda era criança através dos filmes) e me lembro de ter passado metade do Enigma do Príncipe explicando pra ela as partes que ela não entendia, mesmo tendo assistido a todos os filmes anteriores repetidamente. Foi aí que percebi que alguns aspectos da história ficaram compreensíveis apenas para quem leu o livro. Mas enfim, ainda assim gostei do clima de romance, embora a Gina do filme me chateie um pouquinho.
    Beijãaao
    (exclui o comentário anterior porque tava uma vergonha gramatical ahah Só depois que postei percebi que um monte de palavras saíram erradas)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, fofinha!

      Eu sempre tento lembrar que adaptações cinematográficas são diferentes dos livros, pois são dois "mundos" diferentes e não dá para incluir cada um dos detalhes. Mas, mesmo assim, não posso deixar de me chatear com o que fizeram em algumas cenas. Entendo o porquê de você gostar do filme: eu também teria apego se tivesse ido ver no cinema :)

      Beijos!

      Excluir
  13. Oi Lu, tudo bem? Muitos fãs preferem ler antes de assistir os filmes justamente para fazer essa "comparação". O livro em si é cheio de detalhes e nos faz imergir em cada cena, muitas vezes nos sentimos dentro da história, vivendo cada sentimento. Uma das coisas que mais me incomodou na história foi o romance do Harry Potter. Talvez os livros tragam mais detalhes que deixei escapar, porém nunca pensei que o Harry acabaria com a Gina. Lá atrás na Pedra Filosofal ainda tinha esperança que fosse uma história de magia sem romances o que me deixou feliz por um tempo, porém quando eles começaram a crescer e a troca de olhares, flertes tornou-se mais comum confesso que me fez ter preferência pelos primeiros livros. Seu post ficou incrível, gostei da maneira como sentiu cada acontecimento. Beijos da corujinha, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, minha corujinha fofa *-*

      Eu também fiquei incomodada com o romance dentro da história. Não queria que ninguém terminasse com ninguém, mesmo achando o relacionamento do Rony e da Hermione um dos mais bem construídos. Ah, e eu com certeza tenho os primeiros livros como meus favoritos!

      Obrigada pelo carinho de sempre :*

      Excluir
  14. Que legal ter um tempinho para poder ler com tranquilidade. Gostava muito de HP e seguia sempre, porem atualmente não consigo seguir. Vejo sempre no seu perfil do instagram varias fotografias lindas. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, eu tenho certeza que vou continuar amando Harry Potter sempre <3

      Obrigada pelo carinho!

      Excluir
  15. Oi, Lu! Tudo bom?

    Eu acho muito bacana ler suas postagens sobre cada livro de Harry Potter, porque você passa o que você sentiu em cada momento da leitura e isso me ajuda a relembrar o que eu mesma senti! O lado ruim é que sempre ficou com uma saudade enorme dos livros e não tenho tido tempo de ler sequer os que preciso - imagina reler a saga inteira! Quero muito comprar essas edições capa dura, que venho babando a séculos...

    Abraços,
    Gislaine | Literalize-se

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz em saber que tem gostado dos posts, chuchu! Eu pretendo terminar minha releitura ainda esse ano, embora não tenha conseguido pegar A Ordem da Fênix ainda, pois acontece muita coisa (ruim) naquele livro...

      Tenho certeza que vai amar essa edição de capa dura, é uma verdadeira preciosidade <3

      Excluir
  16. Oi Luh!

    Ler suas postagens sobre Harry Potter sempre me dão vontade de devorar todos os livros e comprar mil e uma coisinhas da saga.
    Confesso que, apesar do filme Harry Potter e o Enigma do Príncipe ser cheio de falhas, eu ainda acho Harry Potter e o Cálice de Fogo o mais mal feito de todos. Sofro para assistir, ao contrário desse que tem cenas que me incomodam, mas são mais isoladas.
    Não queria que o Harry e a Gina tivessem ficado juntos no final, eu sempre torci pra ele ficar com a Luna, por incrível que pareça. Hahaha! Achava os dois muito parceiros. E amei o desenvolvimento da relação do Rony e da Hermione também. Sempre shippei os dois.

    Abraços,

    Déborah | Perdida em Ficções

    ResponderExcluir

Recadinho: clique em "notifique-me" para descobrir qual foi minha resposta ao seu comentário, e para que possamos conversar melhor ;)