Harry Potter e o Cálice de Fogo


O Ministério da Magia adverte: esse post pode conter spoilers!

A palavra que pode defini como fiquei com a leitura desse livro é tensão. Desde o primeiro capítulo eu esperei por uma desgraça, sabia que algo ruim, realmente ruim, iria acontecer, só não sabia em que momento. Ao primeiro barulho que o Harry escutava eu já pensava "é agora!". Mas, como quem leu/assistiu ao filme sabe, J.K. Rowling deixou tudo para o final, o que foi bem trágico, ainda mais para quem, como eu, têm sérias dificuldades em lidar com tanta coisa ruim de uma vez.

Logo no começo eu já amaldiçoei mentalmente o final de O Prisioneiro de Azkaban, afinal Harry não vai morar com o Sirius! Sem mentira nenhum, fico imaginando, fantasiando, o quão feliz teria sido para ele ir viver com alguém que realmente gostava dele. As menções a Sirius e suas cartas só serviram para me fazer lamentar ainda mais. Por outro lado, foi deveras satisfatório ver os tios com medo do Harry por causa do seu padrinho-assassino-foragido haha.


Vou confessar que esse foi o livro que mais demorei para ler. Todos os outros, com exceção de A Pedra Filosofal, que eu li bem devagarzinho, eu lia em menos de três dias (nisso está incluso o calhamaço que é o quinto livro haha). Mas, com O Cálice de Fogo, foram cinco dias. Acho que isso se deve ao fato que já citei anteriormente: eu estava esperando algo ruim acontecer. Na minha cabeça se eu demorasse um pouco pra ler, adiaria o momento da tal desgraça. Isso não significa que eu não tenha amado o livro! Gostei muito de ver o mundo bruxo se expandindo, de conhecer a Copa Mundial de Quadribol (já disse que amo os começos dos livros de Harry Potter?!) e as outras escolas de magia. 

O Torneio Tribruxo me deixou extasiada! Todo aquele mistério de como o nome do Harry foi parar no Cálice de Fogo, as tarefas, as brigas e o companheirismo fizeram com que eu ma apaixonasse mais a cada página *-* Amei ver a relação do Harry com o Sirius, os elfos domésticos (o Dobby com várias roupinhas é muito amor!), os novos personagens (fiquei um pouco perdida no começo, mas depois me adaptei), as aulas de Defesa Contra as Artes das Trevas...

Agora... o que foi aquela morte?! Eu realmente não estava esperando a morte de um aluno assim, tão rápido, tão de repente, e ainda mais de um aluno que veio representar a pela primeira vez nos livros a Lufa-Lufa. Eu não chorei, tá? Cedrico Diggory foi um personagem incrível, mas a morte dele me afetou no sentido de me deixar surpresa, sem reação, não de chorar igual uma maluca (isso acontece nos próximos livros, mas vou guardar a emoção para os próximos posts). Essa morte foi só para mostrar que Harry Potter ficaria mais adulto e sombria as partir daquele momento. Quer dizer, todos sabíamos que Voldemorte existia e tal, mas parecia algo muito distante; Hogwarts sempre pareceu muito segura, uma bolha de proteção, e a volta do Lorde das Trevas só provou que nenhum lugar era totalmente seguro.


Bom, acho que eu só posso encerrar essa resenha/análise/desabafo sobre o livro com elogios. Minhas expectativas estavam altíssimas e foram devidamente atendidas. Eu amei cada página, embora tenha terminado a última com um frio na barriga, e não com aquele quentinho no coração dos três primeiros. É simplesmente incrível ver como tudo, cada coisinha, desde a que surge lá no primeiro capítulo até o último, se encaixa perfeitamente. Foi mais uma experiência mágica e diferente, pois cada um dos livros me proporcionou sensações diferentes. Eu amei, amei amei! 

Ah, a única que me incomodou foi a Cho Chang. Desculpa, mas eu não gosto dessa menina e odeio o casal Harry-Cho!


Bom, quanto ao filme, eu tenho que admitir que me decepcionei um pouquinho. (Preciso alertar que, mesmo eu criticando algumas coisas nos filmes, eu os amo e sou muito grata a eles!). Entendo que é muito complicado adaptar quase 500 páginas num filme, mas excluíram muita coisa, entre elas os elfos domésticos e o Sirius, o que, a meu ver, foi muito errado, afinal, em tese, seria nesse filme que veríamos a relação padrinho-afilhado dele e do Harry crescer, além da participação de todos os outros elfos.

Pra mim, é o filme mais engraçado. As atuações e situações estão muito cômicas: tem o Harry babando todo o suco quando vê a Cho, Snape batendo no Harry e no Rony tentando fazer os alunos prestarem atenção, a frase icônica da Minerva (babuínos bobocas balbuciando em bando!), o baile de inverno, e outras pequenas coisas que só deixaram o filme muito divertido. Mesmo tendo ficado muito resumido, eu gostei sim, tanto que foi o filme que assisti mais vezes até agora (obrigada, TNT!).

Mas e vocês? Gostam d'O Cálice de Fogo? Eu sei que é o favorito de muitos potterheads haha!

Isso é tudo, pessoal! Rainha Vermelha, 

SOMOS TODOS LOUCOS AQUI

38 comentários :

  1. Também não gosto da Cho. Nos filmes ela nem me incomodou tanto, agora nos livros ela me pareceu muito chatinha e fresca. Agora se prepare para sentir ódio em A Ordem da Fênix, nele há a pior e mais cretina personagem de todas! Dá muita raiva dela, mas vale a pena, pois o livro é sensacional =D
    Mal posso esperar para a próxima resenha (adoro acompanhar quem está começando a ler Harry Potter) <3.

    Toca da Lebre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Logo que a Cho foi mencionada em O Prisioneiro de Azkaban eu já revirei os olhos e pensei "vish...!". Ah, e eu já li todos os livros haha, e até sei de qual personagem você fala: aquela sapa velha cor-de-rosa! Impossível não odiá-la, e olha que eu consigo sentir empatia com a maioria dos personagens de Harry Potter -.-

      Logo logo falo sobre A Ordem da Fênix por aqui *-* livrão maravilhoso aquele (menos o final, que só me fez chorar!).

      Excluir
  2. Eu realmente não lembro da Cho nos livros porque li faz bastante tempo , mas nos filmes eu gosto dela haha. O Cálice de Fogo é o meu segundo livro/filme preferido e por mais que eu esteja tentando, não consigo me lembrar como a morte do Cedrico me afetou...

    P.S: Harry e Cho realmente não tem química >.<

    Beijos

    letologia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu já não gostei da Cho dos livros, pior foi nos filmes. Eu revirava os olhos toda vez que ela aprecia o.O
      Como eu disse no post, eu fiquei muito chocada com a morte do cedrico!

      Excluir
  3. Oi Luh!
    Eu posso começar dizendo que não sei qual o meu livro ou filme favorito de HP, pretendo esse ano fazer uma maratona de releitura e talvez eu consiga definir isso... rsrs
    Sobre o Cálice eu também acho que o filme tem um certo alívio cômico, mas acredito que é mais pra balancear com toda a parte 'pesada', digamos assim, que a história também traz.
    Isso que você falou sobre o amadurecimento dos livros, de ficar mais sombrio é muito real. Os 3 primeiros seguem o esquema de 'apareceu um problema, resolvemos e vida que segue', já os outros são mais verdadeiras continuações dos problemas. E acho que os livros amadureceram conforme a idade de Harry e, eu mesma quando fui lendo os livros, ia crescendo. Li o primeiro depois de ver o filme e depois do segundo, a partir de então, tinha que esperar lançarem aqui no BR pra ler. E acho que a série fala muito de crescimento e a história reflete isso. Realmente a parte de Harry e Sirius faltou no filme, mas, de um todo, a gente ainda sente que a relação era forte. A parte dos elfos eu sinto que é algo tão paralelo que não senti falta no filme, mas acho que é porque não acho isso uma parte que me agradou tanto no livro a ponto de eu sentir falta no filme...
    Enfim, amei seu post resenha/desabafo sobre o livro e o filme, fico feliz que você tenha se aventurado por esse mundo mágico e que ele te conquistou! <3
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rê :)

      Eu ia amar acompanhar você lendo Harry Potter. Faz muito tempo que você leu?
      Concordo muito com o que você disse quanto aos três primeiros livros: aprece algo muito fechado, tudo resolvido lá nos terrenos de Hogwarts, "vida que segue". A partir do quarto é muito lugar, muito conflito... muita desgraça, isso sim haha (rindo de desespero!). Eu teria amado ler HP enquanto crescia, acompanhar os lançamentos, como a maioria dos potterheads. Mas cheguei tarde no clubinho :p

      Aaah, e quanto à relação do Harry e do Sirius e os elfos domésticos, posso até perdoar a ausência dos elfos, mas não perdoo essa relação mal formada entre o padrinho e o afilhado. Pra mim falou tudo, desde ver os dois mais juntos até um sofrimento por parte do harry com a morte do Sirius (soube que uma cena em que ele aparece chorando sozinho foi gravada, mas completamente deletada da versão final do filme o.O).

      Que bom que gostou da resenha! Logo logo sai sobre A Ordem da Fênix <3 :*

      Excluir
    2. Ahh vou aguardar ansiosa a próxima resenha!
      E se quiser se aventurar comigo na releitura, tô pensando em começar a partir de março, lendo um por mês, quando vou dar uma folga das parcerias que tenho atualmente. Acha que dá pra esperar até lá? É praticamente só mais um mês, já que janeiro está acabando.
      A parte Harry/Sirius é mesmo complicada no filme, admito. E eles cortam coisas pro filme não ficar longo e às vezes fica manco em algumas coisas... fazer o quê...
      Pra não revelar muito idade (ahaha) eu li os livros em dois mil e bolinha, o primeiro filme lançou em 2001, assisti e logo depois li o primeiro livro e fui lendo na sequência, a medida que era lançado. :)
      xoxo

      Excluir
    3. Até março, Rê? E se eu te contar que já terminei de ler o terceiro livro e que agora estou com os dedinhos coçando para pegar O Cálice de Fogo da estante de novo? Haha :p

      Excluir
  4. QUE EDIÇÃO MARAVILHOSA <33
    eu assisti e amei todos os filmes de HP, mas ainda não consegui ler todos (para ser sincera, parei no primeiro :/), o que quero voltar a fazer em breve haha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas novas edições de Harry Potter são tão lindas que dá vontade de colocar num altar! *-*
      Aaah, e moça, por favor, leia todos os livros. É impossível não se apaixonar por toda a complexidade da saga literária. Os pensamentos romanceados, as explicações maiores, tudo os torna perfeitos!

      Excluir
  5. Ler essas suas resenhas só me dão mais vontade de reler esses livros novamente! Que saudade!

    Na época em que li o livro fiquei muito sentida pela morte do Cedrico mas hoje em dia fico muito mais triste pois como vc disse ele era um dos primeiros representantes da Lufa Lufa, a minha casa! ( descobri isso recentemente depois de uns 4 testes no pottermorekkkk)

    Enfim, como sempre, posts muito bem escritos e gostosos de ler !

    Beijo❤️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra mim, quanto mais pessoas lerem e relerem esses livros, melhor! Pode ler sim, faça como eu haha *-*

      Eu fiquei realmente chocada com a morte do Cedrico, mas não por ele ser da Lufa-Lufa, mas sim por ter sido algo muito repentino. Aaah, e você é da Lufa-Lufa, que fofa <3 me apaixonei por essa casa depois de assistir Animais Fantásticos! Eu sou da Grifinória, mas por vontade Pottermore, não minha. Quer dizer, eu AMO a minha casa, mas meu coraçãozinho ainda queria ser da Sonserina.

      Beijos e obrigada pelo carinho :*

      Excluir
  6. Caramba, eu me lembro de ter lido a resenha do primeiro livro, você já chegou bem longe! Confesso que ainda não peguei o livro pra ler, mas eu gosto do enredo e do filme. A morte do Cedrico foi realmente trágica, afinal foi a primeira pessoa que o Harry realmente viu morrer (já que ele ainda era um bebê quando os pais morreram), e como você falou, mostrou uma ameaça real de Voldemort. Já estou no aguardo para as próximas resenhas ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mocinha!, eu já li foi todos os livros haha. Estou fazendo as resenhas porque realmente quero ter esses registros *-* Logo logo sai resenha sobre a A Ordem da Fênix!
      A, e se posso te dar um conselho é: leia os livros!!

      Excluir
  7. Oi Luana, tudo bem?
    Então sobre Harry Potter não tenho muito o que dizer, pois nunca vi os filmes nem li os livros haha mas parece ser super legal! Vou arrumar um tempinho para eles :) Esse parece ser uma história bem legal e cheia de reviravoltas, né? Gosto de livros assim!
    Beijos,
    http://www.nomundodaluablog.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você está na mesma situação em que eu estava no ano passado. Posso garantir que ler esses livros e ver os filmes foi uma das melhores coisas que fiz na minha vida <3

      Excluir
  8. A morte do Cedrico é realmente um choque difícil de assimilar. Eu lembro que quando li voltei pro início do parágrafo pra reler e de novo, e de novo porque não tava acreditando que tinha um adolescente morto a troco de nada na frente de um colega de escola! E tem o fato de que tinha acabado de entender QUEM ERA o moleque porque é tanto personagem nessa história que chega um ponto a gente abstrai alguns deles, hahahaha!
    "O Cálice de Fogo", porém, é muito importante pra mim num sentido sentimental. Quando eu "vi" a Hermione no Baile de Inverno se sentindo tão bem com ela mesma, acreditei que ia acontecer comigo também. Por isso sempre foi meu sonho promover esse evento aqui no Potter Club BH - e essa hora tá chegando porque vai acontecer em setembro agora! Tô contando os dias!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu consegui assimilar bem todos os personagens, embora a essa altura do campeonato eu tenha esquecido alguns nomes. Quando lançaram o Avada Kedrava no Cedrico eu pensei: "não, tá errado!, como assim?". Tive esperança de que ele iria ressuscitar ou algo do tipo, mas não aconteceu, o que foi bem trágico </3

      Boa sorte no seu evento! Eu adoraria participar, mas a DISTÂNCIA não permite :p

      Excluir
  9. Ahh, amo demais Harry Potter, mas esse é um dos livros que eu menos gosto. Na verdade, a partir desse livro eu sempre tenho medo de ler os livros porque tem alguma coisa que não me agrada (normalmente são mortes) e fico tensa ao tentar ler hahaha

    Estou louca por essa edição nova. As capas estão maravilhosas *---*

    https://ohamoramia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As mortes são a pior coisa. Sei que muitas são necessárias para mostrar que a vida nem sempre é um conto de fadas, mas eu não posso deixar de xingar mentalmente a J.K. e chorar até não conseguir mais o.O Por isso digo que os três primeiros livros são os melhores haha!

      Excluir
  10. Que post mais lindo e completo, eu sou apaixonada pelo universo Harry Potter, há um tempo eu n via nada MT relacionado, achava até q se assistisse agr não gostaria, mas tenho visto agr MT no seu insta (é adorado) e na TNT kkkk MDS, msm magia, n muda... N consigo falar ql eu prefiro, mas a cena do baile de inverno desse me emociona dms kkkk
    Menina, como vc lê rápido KKK chocada.. eu demoro MT com livros.
    Sucesso. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, amora! Agora, mais que nunca, entendo bem o amor das pessoas por Harry Potter, e posso dizer sem vergonha e com toda certeza que esse mesmo amor só vem crescendo dentro de mim <3

      Ah, e eu leio rápido mesmo, e olha que às vezes nem tenho intenção!

      Excluir
  11. Oi Luh, tudo bem? Cada dia mais animada em ver o quanto Harry Potter conquistou você. Acredito que tudo nos livros acontece por uma razão. Seja ou não intenção do autor. Quando leio um livro e vai acontecendo tudo exatamente como está na minha mente parece até que sou eu quem escrevi e isso se torna maçante. Gosto de ser surpreendida, gosto de reviravoltas, gosto quando o autor é mais criativo do que nossas ideias, entende? Se toda a história fosse como esperamos que graça teria? (risos) Com relação aos filmes acredito que funciona da mesma forma. Mas compreendo sua "indignação" rs Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, amora! Agora que estou relendo os livros com mais calma posso perceber que cada detalhe está lá por um motivo e, no final, tudo se encaixa. Um exemplo disso é que o Sirius é citado lá no primeiro capítulo de A Pedra Filosofal!
      Apesar de ser grata aos filmes, e de nunca perder a oportunidade de assistir, não posso deixar de ficar um pouco magoada com alguns deles (vulgo O Enigma do Príncipe) :p

      Beijos, minha corujinha <3

      Excluir
  12. Ai como eu amo ler as suas postagens! Acho que todo dia dou uma passadinha aqui para conferir se tem algo novo. Hahaha!
    Mas, enfim, vamos falar sobre Harry Potter!
    Por ver todo o seu amor para com a saga, resolvi começar a minha coleção de capa dura dos livros. Mesmo sendo fã desde que me entendo por gente, sempre peguei emprestado os livros com a minha prima ou da biblioteca. Além disso, essas capas ficaram um amor e foi por meio das suas publicações que me encantei ainda mais por elas. Agora tenho que comprar! Hahaha!
    Em relação a Harry Potter e o Cálice de Fogo, tenho que dizer que também amei a expansão do mundo mágico. Na época em que li, quis tanto estudar em Beauxbatons que até esqueci do meu desejo pela cartinha de Hogwarts. E confesso que não gostava do Vitor Krum até ele ser um fofo com a Hermione e eu começar a shippá-los por um tempo (mas depois a minha torcida voltou novamente para Rony e Hermione, porque gosto de sofrer).
    Também fiquei em choque quando o Cedrico morreu. Nunca tinha parado para pensar no motivo de J. K. Rowling ter escrito daquele jeito e colocado daquele modo, mas depois que você falou sobre o ar mais sombrio e adulto que a obra tomou começou a fazer sentido para mim. Acho mesmo que foi a partir daí que as coisas começaram a se tornar mais sérias e muitos dos personagens que acabei me apegando nas primeiras obras acabaram tendo um final trágico.
    E sobre o filme, tenho que dizer que me decepcionei bastante. Para quem nunca tinha lido o livro, ficava claro desde o começo quem estava agindo como vilão, quando no livro não é assim. Além disso, algumas atuações deixaram a desejar e até dei risada como você, mas também por coisas que não faziam sentido algum (como a reação do Dumbledore depois do nome de Harry sair da taça). Hahaha! Foi esquisita demais!
    Beeijoos, Déborah!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico imensamente feliz em saber que gosta, florzinha. Logo logo eu falo de A Ordem da Fênix por aqui!

      Ai, fico imensamente feliz em saber que está começando sua coleção com essas capas duras incríveis. Eu tenho certeza que vai amar, e também estou certa de que, independente de quantas edições eu comprar, essas sempre vão ser minhas favoritas por conta do apego emocional. Agora estou relendo a grifando - com lápis! - minhas frases favoritas,e até escrevi um breve desabafo na minha edição de A Pedra Filosofal... acho que fazer essas pequenas coisas torna o livros SÓ meu hehe.

      Ai, Beauxbatons é realmente encantadora! Embora, no começo, eu tenha ficado um pouco receosa de "sair" daquele refúgio único que era Hogwarts, aprendi a apreciar tudo que envolve o mundo mágico em todos os lugares do mundo. Ah, eu nunca gostei muito de Vitor Krum.
      Se for pra falar de todo os filmes, O Cálice de Fogo fica num pedestal se comparado com O Enigma do Príncipe, pois eu realmente me decepcionei com ele. Sigo assistindo todos os filmes, mas comparando com os livros, alguns são medíocres! O QUE FOI AQUELE DUMBLEDORE REVOLTADO E QUASE CAINDO NO TAPA COM O HARRY??

      Beijos, e muito obrigada por tudo!

      Excluir
  13. Sou uma grande fã da saga de Harry Potter, porém só assisti os filmes, lendo suas resenhas da uma super vontade de ler os livros hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Moça, faça um favor a você mesma e leia os livros! São tão mais completos, mais emocionantes... <3

      Excluir
  14. Preciso tanto reler, não me lembro mais de tantos detalhes, e eu realmente faço questão de saber os detalhes quando o assunto é harry potter, mas estou me segurando pra ler conforme as edicoes ilustradas estao sendo lançadas! Espero que eles providenciem o terceiro e quarto livro logo hahaha! Eu também não gostei tanto do filme, mas é sempre complicado adaptar um calhamaço cheio de detalhes incríveis do mundo bruxo, né? <3 Beijos!
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda quero reler Harry Potter nas edições ilustradas, mas, infelizmente, ainda não as tenho hehe. Um dia ainda vou ter uma estante exclusiva cheia de edições *-* Por ora, estou relendo com as minhas edições mesmo (só ressaltando que elas são muito lindas e, tenho certeza, serão minhas favoritas pra sempre por conta do apego emocional <3).

      Ah, e acho que dá pra relevar todos os filmes de Harry Potter que não foram fiéis aos livros, EXCETO O Enigma do Príncipe. Ainda vou falar mais dele, mas, pra mim, tinha que refazer urgentemente O.O

      Beijos, fofinha!

      Excluir
  15. Já comentei com você que o Cálice de Fogo é meu livro preferido de Harry Potter, né? Acho que é quando a gente percebe que Hogwarts não é só feita de magia - também temos um lado extremamente sombrio e amedrontador. E, menina, eu também não gosto da Cho Chang!!! Não apoio esse casal, gosto de imaginar ele com a Luna (hahaha).
    Literalize-se

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei que ele é o favorito de muita gente, mas, mesmo eu tendo amado ele (e todos os outros livros!), não posso fingir que O Prisioneiro de Azkaban não é meu favorito <3

      Ah, e eu acharia extremamente fofo o Harry com a Luna, mesmo gostando dele e da Gina NOS LIVROS! Formou-se uma amizade muito fofa entre Harry e Luna, e em vários momentos eu quase chorei com as conversas deles :')

      Excluir
  16. Lendo a sua resenha me lembrei da sensação que tive lendo Cálice de Fogo pela primeira vez. O livro tem mesmo um clima de tensão! Achei linda a sua resenha e fiquei afim de reler o livro <3


    Sorria sempre :)
    www.malusilva.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vou começar a reler O Cálice de Fogo nessa semana, pois estou relendo a saga :) acredito que reler e assistir Harry Potter nunca é demais hehe.

      Fico muito feliz em saber que gostou da resenha, amora! *-*

      Excluir
  17. Olá!!!

    Eu sou apaixonada por Harry Potter!!! E esse ano pretendo ler tudo de novo!!! Mesmo tendo sofrido em algumas partes, vale muito a pena.
    Gostei muito desse livro e também esperei por algo ruim, mas ainda não foi nesse, o que mais me fez sofrer com perdas.
    Os filmes, eu também adoro, mas comparando aos livros, acabam por deixar de mostrar muito da história.
    E sem falar nos livros dessa edição em capa dura, estão maravilhosos e são o meu xodó.
    Amei o post!!!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já estou encaminhando a minha releitura hehe. Ah, e com certeza esse livro não me fez sofrer nem a metade do que eu ainda choraria com os outros livros! </3

      Você também comprou os livros dessa edição? São lindas, né? *-*

      Excluir
  18. achei o livro com um design muito bonito eu curto os filmes do harry potter mais ainda nao consigo ler os livros nao sei o porque mais todas as historias sao muito bacanas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os filmes são ótimos, mas eu não vou me cansar de enaltecer os livros haha! :p

      Excluir

Recadinho: clique em "notifique-me" para descobrir qual foi minha resposta ao seu comentário, e para que possamos conversar melhor ;)