Últimos filmes que assisti #8

Foto: Reprodução/Tumblr
E, adivinhem? Nos últimos dias eu tenho visto coisas legais, mas não estava com tanta paciência para escrever esse tipo de post. Bom, ainda bem, essa falta de paciência passou e cá estou eu para contar o que achei dos últimos filmes que assisti!

Ah, recentemente eu assisti Death Note, mas não inclui nessa lista porque vai ter um post especial falando apenas dele e comparando com o anime que eu acabei de terminar.

A Bailarina 


Uma sonhadora menina órfã toma uma atitude arriscada: fugir para Paris e realizar o sonho de ser uma grande bailarina. Lá, ela decide se passar por outra pessoa, e consegue uma vaga no Grand Opera, onde vai aprontar muitas aventuras.

Quando esse filmes estreou no cinema eu não me animei tanto a ver, mas quando reparei nele no catálogo da Netflix pensei que poderia ser uma experiência divertida e leve (estava precisando disso). Assim que a primeira cena começou eu já fui logo me encantando pela trilha sonora, mesmo achando que as músicas pop's não cabiam muito bem para a França do século XIX. De qualquer forma, várias delas já estão nas minhas playlists do Spotify.

Por ser uma animação, achei o trabalho muito bonito, embora seja mais do mesmo. A história é algo que já conhecemos, e tem algumas coisas bem loucas, como por exemplo a protagonista aprender a fazer passos de balé em pouquíssimo tempo e um garoto ser nocauteado com uma chave de grifo (!). Enfim, é uma história leve, não tão memorável, mas divertida.

O Albergue 


Os melhores amigos Josh e Paxton decidem passar um verão viajando como mochileiros pela Europa. Em Amsterdã, eles conhecem Oli, um viajante da Islândia. Os três decidem investigar um boato sobre um albergue na Eslováquia repleto de mulheres sensuais e acabam sendo envolvidos em um jogo mortal.

Vou começar dizendo que esse filme é ruim, e não ruim no sentido de ter cenas fortes, mas ruim no sentido de ser uma história ruim. Eu não estava planejando assistir, pois, pra mim, ele entrava naquele clichê de filme de terror com muitas cenas de sexo, corpos sendo serrados e sangue jorrando, mas acabei dando uma chance e, adivinha?, ele se encaixou direitinho nesse esteriótipo :/ Assim... é nojento, com um história sem pé nem cabeça... não tem mais o que dizer!

O Mínimo Para Viver 


Uma jovem está lidando com um problema que afeta muitos jovens no mundo: a anorexia. Sem perspectivas de se livrar da doença e ter uma vida feliz e saudável, a moça passa os dias sem esperança. Porém, quando ela encontra um médico não convencional que a desafia a enfrentar sua condição e abraçar a vida, tudo pode mudar.

Vi muitas críticas sobre o filme por conta do conteúdo pesado, e devo concordar com algumas coisas, pois é realmente muito pesado. Em várias cenas eu fiquei arrepiada, especialmente nas que a protagonista ficava com o corpo a mostra, pois ela estava muito magra! Sinceramente, eu não recomendo o filme para quem já passou ou passa por distúrbios alimentares, assim como alguém que tem depressão não deveria ver 13 Reasons Why.

Por outro lado, o assunto do filme é de extrema importância, pois ainda existem pessoas que acreditam que anorexia/bulimia são bobagens. E, pior, existem contas no Tumblr que cultuam essas doenças como se fossem uma salvação. As pessoas precisam saber que não é bobagem, e entender o quão difícil é se curar de um transtorno desses!

Hanna 


Hanna foi criada nas terras geladas da Finlândia por seu pai, um ex-agente da CIA. Treinada para se tornar a assassina perfeita, a jovem leva uma vida completamente diferente daquela das outras garotas da sua idade. Certo dia, seu pai lhe dá uma missão arriscada e ela precisa atravessar a Europa enganando agentes muito experientes. Mas logo alguns segredos vêm à tona e Hanna começa a questionar seus atos.

Embora algumas coisas tenham ficado sem resposta pra mim (isso porque, como vivo dizendo, sou bem trouxa mesmo e não percebo um monte de coisas), é um filme de ação surpreendente e nos deixa tensos em diversos momentos. A fotografia é incrível e as atuações também! Ao longo da história vamos conhecendo mais do passado da protagonista, esta que é uma garota forte, doce e sanguinária ao mesmo tempo. Tive muita sorte de encontrar Hanna da televisão.

Raw 


Justine é uma jovem tímida e vegetariana, caloura na mesma faculdade de veterinária em que estuda sua irmã, Alexia. Durante o trote, a menina é forçada a comer carne animal pela primeira vez e a ação provoca mudanças extremas em sua vida.

Mais um filme sem pé nem cabeça e que eu preferiria deletar da minha mente. Começando pelo início, a garota não é obrigada a comer carne. Sério, se ela não quisesse, ela não teria comido. Segundo que, ok, ela comeu um pedaço de carne e começou a ficar toda doida e com vontade de comer os dedos das outras pessoas. O lugar dela não era numa faculdade de veterinária, e sim num consultório fazendo tratamento. Fora que têm muitas cenas totalmente avulsas e o final não me explica nada O.o

Últimos filmes que assisti #1 | Últimos filmes que assisti #2 | Últimos filmes que assisti #3 | Últimos filmes que assisti #4 | Últimos filmes que assisti #5 | Últimos filmes que assisti #6 | Últimos filmes que assisti #7

Isso é tudo, pessoal! Rainha Vermelha, 

SOMOS TODOS LOUCOS AQUI

54 comentários :

  1. Menina, eu nunca vejo filmes exatamente que eu fico nesse medo de me deparar com umas nabas dessas. Sou é a louca das séries.
    Desses filmes aí o único que eu mais ou menos tenho vontade de assistir é o da Bailarina só porque eu adoro animações fofinhas.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinceramente, eu também não sou a mais animada pra ficar procurando filmes haha. Prefiro já receber a indicação ou estar MUITO interessada na história :p

      Excluir
  2. HAHA gente quanto filme diferem tão, o único que já tinha ouvido falar era o "minimo para viver" e o primeiro de animação já vi por ai, o filme mais interessante desta lista sem dúvidas é o "minimo para viver" né migs, eu to super curiosa para ver ele, achei super bacana suas criticas ♥
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que vai gostar de "O Mínimo Para Viver" :D

      Excluir
  3. Oii!! quanto tempo! Eu tô super interessada em assistir Ö mínimo pra viver". Gosto de filmes assim, com o enredo mais pesado e real. Eu acho que temas pesados, mesmo que sejam pesados, devem ser trazidos à tona para debate. E eu também tô curiosa pra ver o desempenho da atriz, porque ela teve que perder MUITO peso e realmente se jogar no personagem. Muito boas as suas indicações. Beijos

    www.verdadeescrita.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "O Mínimo Para Viver" é incrível, e a atuação da Lily Collins não deixou a desejar!

      Excluir
  4. Adorei os filmes, confesso que o único que assisti da sua lista, foi O mínimo pra viver, e eu amei! Achei a história bem realista, e da um choque em quem assiste, fica como uma ótima lição sobre a anorexia. Vou ver esses outros filmes assim que eu tiver um tempo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que todos que viram o filme conseguiram sentir o que ele quia passar :)

      Excluir
  5. Nunca ouvi falar de nenhum filme desses, o de terror eu já dispenso, morro de medo, pode rir. Me interessei em assistir dois, "A Bailarina", por parecer ser leve e eu amooo animação, e "O Mínimo para Viver" pela importância de sabermos o máximo possível sobre esses assuntos, que como tu disse, pra muita gente é bobagem. Ahhh passaria longe do "Raw" parece horrível. É como eu sempre digo, não há o que não haja no Netflix...kkk Bjo bjo
    Blog Vic Israel // Facebook // Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, já que não gosta de terror, eu recomendo justamente esses dois, embora eu ache que seria melhor ver primeiro "O Mínimo Para Viver" e depois "A Bailarina", pois a animação pode dar um ~respiro~ já que o outro é bem pesado!

      Excluir
  6. Se tem um filme que jamais vou querer ver na minha vida é esse Raw. Eu já vi o trailer e fiquei bem "WTFFFF????" kkkkkk. Por outro lado, estou muito curiosa em ver O Mínimo Para Viver. Primeiro porque acho que a Lily Collins é fantástica (e o Keanu Reeves tb), e segundo por causa da história. Está na minha lista faz tempo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Raw" é realmente estranho e confuso. Eu achei ruim :p

      Excluir
  7. Eu assisti a maioria, mas o que mais me chamou a atenção foi bailarina, quero muito ver!! Parece ser bem legal! Eu amei o mínimo para viver eu achei incrível!! O netflix anda cada vez mais fazendo séries e filme a incríveis!!! Amei seu blog linda!!! Parabéns quero fazer um post assim para meu blog, achei a ideia incrível!
    www.prazernay.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Netflix faz umas coisas boas... e compensa isso com alguns outros filmes meio ruins hehe. Fico feliz que tenha gostado do post. Espero que faça no seu blog também ^-^

      Excluir
  8. Eu quero assistir o Minimo para viver, a história é bem intensa e ainda tem a Lily.
    Bom o de terror não gosto muito então vou pular haha. Adoro os lançamentos da Netflix.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois conta o que achou de "O mínimo Para Viver" :)

      Excluir
  9. Oi Luh, tudo bem? Você sempre assistindo filmes bem peculiares né. Nem preciso dizer que da sua listinha ainda não vi nenhum #risos Também vi algumas críticas sobre O mínimo pra viver mas ainda não vi. Mesmo tendo algumas cenas mais fortes tenho curiosidade em ver, já está na minha lista. Como você sabe agosto foi um mês bem produtivo no quesito filmes/séries mas você já conferiu minhas escolhas haha Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Érika, florzinha, eu tenho certeza que iria amar "O Mínimo Para Viver". Já até imagino uma resenha sua lá no Quero Ser Alice :D

      Excluir
  10. Olá! Adorei sua lista de filmes, porque mostra que vc tem um estilo bem parecido com o meu pra filmes KKK... Adoro Hanna, um filme excelente! Fiquei curiosa com essa animação, não conhecia, já quero ver!

    Bjs

    Inajara

    www.vintageandgeek.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que maravilha encontrar pessoas com gostos parecidos com o meu *-*

      Excluir
  11. Acho tão bizarro quando a gente encontra uns filmes sem noção. Esses dias vi um filme aleatório no Netflix também e no final eu só ficava me perguntando o motivo de ter começa a ver aieuiaue. Não entendi direito o último da tua lista, ele realmente me parece bem fora de contexto, mas O Albergue eu já imaginava sobre o que seria iuaehaiueh. Concordo contigo que O Mínimo para Viver merece atenção, e merece mesmo, porque a gente precisa começar a abrir os olhos para os problemas psicológicos, emocionais e mentais. Meio mundo ainda considera uma bobagem, mas é muito mais do que se imagina. Quanto ao primeiro, não é muito meu estilo, mas faz a linha levinha da sessão da tarde, né? ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem vezes que também pergunto porque comecei a ver tal filme (acontece com séries também)! Ooh, e é maravilhoso ver que tem gente que concorda comigo que problemas psicológicos não são bobagens </3

      Excluir
  12. GENTE não conhecia nenhum desses filmes. Vou salvar a postagem pra ve-lo depois, principalmente "A balarina" pois amo animações com todo meu coração <3

    (Mana, no filme Hana, a descrição vc escreveu "flime", só to dizendo pois talvez vc não tenha percebido, mas pf não me leve a mal, viu?!)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por ter me avisado desse erro, moça! Eu vivo deixando esses detalhes escaparem o.O

      Excluir
  13. Fiquei bem interessada em assistir "O mínimo para viver", acho que filmes assim são extremamente necessários para que possamos compreender acerca de transtornos alimentares, e devem ser pesados justamente para mostrar a seriedade do problema; fiquei bem curiosa.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que vai trazer muitos ensinamentos às pessoas!

      Excluir
  14. Eu assisti "O mínimo para viver" e achei bem pesado também. Me arrepiei bastante durante o filme e até chorei. Não conhecia os outros filmes da lista, mas me interessei em ver "A bailarina". Vou começar assistir Death Note no fim de semana ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não chorei com "O Mínimo Para Viver", pois, pra eu chorar com algum filme, é difícil, mas não deixei de ficar sensível em algumas cenas!

      Aaah, e depois me fala o que achou do anime Death Note *-*

      Excluir
  15. Que azar, muito filme ruim kkk eu já comecei o mês vendo um sem nexo também. Não tenho coragem de ver o filme da Lily, mas queria. E, sei que tu não falou no post, mas quero e não quero assistir Death Note, só por causa do anime mesmo, mas to com medo de me arrepender.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isa, moça, você NÃO vai se arrepender de ver Death Note, poi o anime é maravilhoso *-*

      Excluir
  16. Oi! É uma pena que tu tenha considerado tanto filme ruim na lista, principalmente - apesar de ter um post específico - Death Note. Foi uma torturaaaaaaaa!

    Eu não costumo gostar de filmes de terror (como varios da lista) justamente por ser sem pé nem cabeça ahauhaua. Se eu fosse escolher um, seria O Minimo pra viver, mas sei que é uma história pesada e perturbadora mesmo pra quem não sofre distúrbios. Bom, desejo melhor sorte na próxima escolha de filmes xD

    Beijos, Vickawaii
    Www.neverland.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que teve mais filme legal do que RUIM ou MUITO BOM haha. Aaah, e eu quero liberar de uma vez o post sobre Death Note! Eu amei o anime de todo o coração, mas mesmo assim não achei o filme TÃO ruim hehe.

      Excluir
  17. Oi, tudo bom? Adoro filmes, e com certeza 90% do meu tempo quando não estou fazendo nada é vendo os catálagos de filmes seja da Netflix ou do cinema passeio esse meu preferido. Mas enfim vamos falar da sua lista, a bailarina eu assisti com meu filho e gostei bastante, alías esse é o melhor da sua seleção. O minimo para viver comecei a assistir se não me engano na quarta para quinta agora, mas achei a historía bem pesada e que pede um pouco mais de atenção e eu não poderia dar essa atenção ao filme por ser mais de 03hrs da manhã e eu está com bastante sono já. Mas vou ver se assisto ainda essa semana. Agora sobre os demais filmes, sem comentários todos meio nada a ver. Bom saber, que já não coloco na listas futuras.

    Beijos de luz, Carina Oliveira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, 90% do meu tempo é dedicado a imaginar coisas surreais, e o restante é para outros assuntos, como filmes e vida social haha. Depois me conta o que achou de "O Mínimo Para Viver" :D

      Excluir
  18. Oi, Lu! Adoro esse tipo de post, porque sempre tem filmes que a gente não conhece e que nos despertam uma certa curiosidade.
    Desses que tu mencionou, só assisti O Mínimo Para Viver. É um filme bem pesado mesmo, mas é necessário. Eu adoro a Lily Collins e a atuação dela foi magnifica. Gostei muito do filme! Esse tal de Hanna chamou bastante a minha atenção, assim como o primeiro, A Bailarina. Vou colocar eles na lista já! =)

    Beijos, quebrarosilencio.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  19. Luana ainda não assisti os filmes mas os filmes parecem ser ótimos, são boas opções de filmes. São filmes que prende a pessoa até o fim. Fiquei interessada no filme Hanna o filme é surpreendente, gostei muito dos filmes que você assisti, bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (estou tentando processar a quantidade de vezes que você disse "filme" nessa frase :p)

      Excluir
  20. OII LU, amo posts de DIY, o filme mínimo para viver está na minha listinha também. Parabéns pelo blog, continue assim...
    bjs, clarissabento.com.br s2

    ResponderExcluir
  21. Desses que você listou, quero ver o primeiro, "A bailarina", amo animação e apesar de ser uma história clichê, digamos assim, parece ser leve, e é esse tipo de filme que estou buscando no momento. Os outros, talvez veria "O mínimo para viver" e "Hanna", os outros não veria também, hahaha, não gosto de histórias mal construídas e o "Raw" me parece bem louco mesmo, não gostei da premissa.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já que está procurando histórias leves, recomendo muito "A Bailarina" *-*

      Excluir
  22. Não assisti nenhum desses,vocÊ gosta de filmes de terror né?
    Não sou muito fã.
    Beijos da Tati <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro filmes de terror, mesmo que os últimos que andei vendo tenham me decepcionado (!).

      Excluir
  23. Quero muito assistir "A bailarina"! Desses, não assisti nenhum ainda, mas "O mínimo pra viver" já tá aqui na minha tv, vou dar play agorinha <3

    ResponderExcluir
  24. Hanna e Raw ainda não assisti , mas os outros sim e amei!!! O albergue é um clássico né. Muito bom.

    ResponderExcluir
  25. Estou super ansiosa para assistir "O Mínimo para Viver". Esse filme me chamou a atenção, desde que eu vi pessoas falando sobre ele nas redes sociais, mas até hoje não tive a oportunidade, espero ter em breve!

    O Albergue é mesmo um clássico ruim haha, eu não gostei dele hahaha. Os outros filmes eu ainda não conhecia, mas com certeza se eu "me esbarrar com eles" vou me lembrar que li aqui sua recomendação.

    PS: Foi por indicação sua que eu assisti "O Espaço Entre Nós" e eu me apaixonei! Ah que filme LINDO! Me emocionei muito :)
    Beijos,

    Blog Senhorita Deise

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim como você me contou o que achou de "O Espaço Entre Nós", vou querer saber qual foi sua opinião sobre "O Mínimo Para Viver"! ^-^

      Excluir
  26. Acho que nunca ri tanto com um post sobre filmes, não sou muito fã de filmes de terror, mas a forma como você fala de O Albergue é bem engraçada eu realmente achei que você iria falar que o filme é diferente e no fim não é só mais um filme igual hahaha.
    Nunca ouvi falar pelo filme Hanna, mas vou procurar por ele, me parece ser bem interessante, eu não vejo muitos filmes como esse, mas vou dar uma chance.
    Eu já assisti A Bailarina e gostei muito, ele me lembra um pouco da minha infância e como eu sempre amei balé mexe com meu sentimental, mas realmente tem algumas coisas que não fazem sentido pelo seculo que se passa.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz em saber que eu te divirto haha. (Só ressaltando de novo: "O Albergue" é ruim)

      Excluir
  27. Nunca vi nenhum desses que você falou mas quero ver a bailarina, deve ser muito legal... Amo seu blog Luh, beijos

    ResponderExcluir

Recadinho: clique em "notifique-me" para descobrir qual foi minha resposta ao seu comentário, e para que possamos conversar melhor ;)