a longa viagem a um pequeno planeta hostil (becky chambers)


Depois de ter ficado algumas semanas sem fazer resenhas literárias por aqui, eu volto com esse que é um dos livros mais incríveis e sensíveis que já li na minha vida. Passei quase um mês lendo (vou explicar depois o porquê da demora) e quando finalmente acabei fiquei com os dedinhos coçando para escrever sobre ele! 


Sinopse: O livro de Becky Chambers é um marco recente no universo da ficção científica. Lançado originalmente através de financiamento coletivo pela plataforma Kickstarter, ele conquistou a crítica especializada e os ainda mais exigentes fãs do gênero, sendo indicado para prêmios respeitados, como o Arthur C. Clarke Award e o Hugo Award. 

Um dos motivos do sucesso de A Longa Viagem a um Pequeno Planeta Hostil é a abordagem da história. Elementos essenciais em qualquer narrativa sci-fi estão muito bem representados, como a precisão científica e suas possíveis implicações políticas. O gatilho principal é a construção de um túnel espacial que permitirá ao pequeno planeta do título participar de uma aliança galáctica. 

Mas o que realmente torna único esse romance on the road futurístico e muito divertido são seus personagens. Instigantes, complexos, tridimensionais. A autora optou por contar a história de gente como a gente — ainda que nem todos sejam terráqueos, ou mesmo humanos. A tripulação da nave espacial Andarilha é composta por indivíduos de planetas, espécies e gêneros diferentes, incluindo uma piloto reptiliana, uma estagiária nascida nas colônias de Marte e um médico de gênero fluido, que transita entre o masculino e o feminino ao longo da vida. Temas como amizade, racismo, poliamor, força feminina e novos conceitos de família fazem parte do universo do livro, assim como cada vez mais fazem parte do nosso mundo


A princípio, tudo parece confuso. A autora nos insere sem aviso prévio em um universo onde a Terra não é mais habitável, diversas espécies vivem juntas em naves, planetas, luas... e onde uma tripulação suficientemente peculiar recebe uma missão difícil. Ao longo dessa jornada, vamos conhecendo um pouco de cada um dos membros da Andarilha, nossa nave perfuradora. Cada qual com suas características excêntricas (alguns nem são humanos!), vamos criando um laço e uma paixão por eles.


Pode parecer mais um livro de ficção científica, mas não é. O foco da maioria dos outros é um missão impossível e perigosa, mas em a longa viagem a um pequeno planeta hostil o que realmente importa são os tripulantes da Andarilha. Apesar de alguns terem aparências e habilidades inimagináveis, é possível trazer cada um deles para a nossa realidade e perceber que as pessoas são diferentes.

A sua colega de faculdade pode ser tímida e esconder um segredo como a Rosemary. Alguém com quem você pega ônibus pode ter um visão diferente de amor e família, como é o caso da Sissix. Na farmácia da sua rua tem um doente de mentira e neurótico como o Corbin. Seu vizinho é alegre e impulsivo como a Kizzy...

Racismo, o conceito de família e amor, companheirismo, a dor e confusão de cada um, empatia. Estes são apenas alguns dos temas abordados na história, e tudo isso gera uma reflexão que o mundo está precisando ter. Você já parou para pensar que ninguém é igual a ninguém? As pessoas veem as coisas, os sentimentos, de um jeito diferente. As pessoas lidam com a dor de um jeito diferente. Não cabe a nós julgar as peculiaridades de alguém, pois, se ele está feliz do jeito que é, ótimo! O mundo precisa de mais empatia, e Becky Chambers nos dá doses imensuráveis de empatia ao longo dessa jornada maravilhosa.


Não é uma leitura rápida, eu já alerto. Agora, parando pra pensar, talvez eu devesse ter me demorado um pouco mais, pois a vontade de ficar pra sempre dentro desse livro foi gigantesca. Eu sou apaixonada por tudo o que envolve o universo, tanto que ainda carrego dentro de mim o sonho de ser astronauta. Poder estar dentro da Andarilha e fazer "amigos" tão incríveis foi uma experiência fantástica, além de ter contribuído para as minhas paranoias envolvendo o tamanho do universo e em como somos pequenos se comparados a tudo isso.

Duas coisas me foram reforçadas graças a esse sci-fi: nós somos pequenos sim, mas, ao mesmo tempo, somo pequenos grãos de poeira estelar. Tudo isso está dentro de nós! E, sim, o mundo precisa de mais empatia e aceitação com o próximo.

Becky Chambers, obrigada por me dar a oportunidade de fazer parte, mesmo que por pouco tempo, de uma tripulação tão incrível. E, DarkSide, obrigada por trazer esse lançamento para o selo DarkLove. Eu estou encantada, maravilhada, com ainda mais vontade de conhecer as estrelas, e desejando que mais e mais livros nesse universo sejam escritos.


Por ser um lançamento da DarkSide Books, já poderíamos esperar um edição digna de toda a grandiosidade da história, mas parece que, por ser o primeiro sci-fi do selo DarkLove, quiseram deixar tudo ainda mais especial. Talvez não dê para ver nas fotos, mas o livro brilha como o céu estrelado! kit dos paceiros também foi uma verdadeira preciosidade ♡

Ao longo do livro têm imagens que parecem ter sido tiradas de algum dos mapas de navegação da Andarilha, além de ter folhas de guarda que só vão fazer os apaixonados pelo Cosmos se encantar. As páginas são amareladas, a diagramação está ótima e cada capítulo incia com uma data da Comunidade Galáctica. Ah, também gostaria de dar uma estrelinha para a tradução; muitas palavras são inventadas, mas o trabalho ficou muito bem feito e não nos faz ficar ~muito perdidos~ em meio às páginas.

Ela tomou consciência do seu corpo. Sentiu a sua respiração, o seu sangue, as ligaduras que mantinham tudo unido. Cada pedaço, até o último átomo, fora feito ali fora, todos lançados pelo espeço aberto em uma explosão até girarem e girarem, se agitando e aglutinando até ganharem peso, somando-se um ao outro. Contudo não mais. Agora os pedaços estavam flutuando, livres, Tinham voltado para casa. Ela estava exatamente onde deveria estar. 



Becky Chambers é uma revelação na literatura sci-fi. Filha de cientistas espaciais, sempre que precisa, checa informações com a mãe, especialista em astrobiologia, e com o pai, engenheiro espacial. Becky recorda com carinho da primeira vez em que assistiu a um episódio de Star Trek: Next Generation, aos três anos de idade. Geek com muito orgulho, adora jogar games no pc e rpgs de papel e caneta. A Longa Viagem a um Pequeno Planeta Hostil é seu primeiro romance, publicado inicialmente através de financiamento coletivo. Prefere piratas a ninjas. | saiba mais


Ah, não sei se edições de outros países tem, mas o fato de terem incluído um texto-mensagem no final só deixou tudo ainda mais especial. A autora conta das dificuldades que enfrentou para escrever esse livro, mas que, graças a um cutucão, ela não desistiu. É algo inspirador para todos! 


Alguém já leu?  Tenho certeza que aqueles que gostam de ficção científica e histórias tocantes vão amar. Caso tenham interesse em comprá-lo, por favor, usem o meu link, pois assim eu recebo uma pequena comissão :) 

Isso é tudo, pessoal! Rainha Vermelha, 

SOMOS TODOS LOUCOS AQUI

20 comentários :

  1. Oi! Nossa, eu não sou muito ~íntima~ de sci-fi. Na verdade não tenho quase nenhum contato mesmo. Mas é um livro que eu tô curiosa pra ler desde que vi sobre o lançamento dele. Gostei de saber que tem um foco especial nos personagens, nas relações, nas diferenças... realmente é uma mensagem que precisamos repetir, repetir, repetir até que a empatia se torne um conceito enraizado na nossa sociedade. Adorei a resenha! Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo quem não é amante do gênero sci-fi iria gostar da leitura, pois é algo que aquece o coração e nos deixa felizes ^_^ beijos e obrigada <3

      Excluir
  2. Não costumo ler livros de ficção científica, mas achei interessante a proposta desse livro, pelo fato de tratar de características a respeito de cada personagem, e principalmente em relação à empatia, que é algo tão essencial no mundo em que vivemos.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que amaria a leitura :)

      Excluir
  3. Deu vontade de ler, parece bem incrível mesmo. Como eu também sou apaixonado pelo universo, acho que seria uma leitura bem mágica. E inveja da Becky, imagina como deve ser legal ter pais que são cientistas espaciais? ahahaha Darkside nunca decepciona!

    http://www.sextadimensao.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yuri, você iria amar esse livro! *-*v Vi no seu blog que você é fã do espaço, então com certeza é uma leitura pra você :)

      Excluir
  4. Oiee!
    Não conhecia a autora, mas já vi essa capa de livro antes e fiquei curiosa.
    Gosto bastante de ficção, então com certeza iria ler ><
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Preciso dizer que amei tudo isso? PRECISO! Como sou dessas que julga livro pela capa mesmo, tenho que dizer que a primeira vez que me deparei com essa capa, já soube por algum instinto que seria um grande livro, e gostei muito de saber sobre ele! Me inspirou até a continuar escrevendo! Ah, dá pra ver sim o brilho da capa pelas fotos, principalmente a quinta foto onde aparece a lombada ;)
    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que uma capa bonita contribui para que nos interessemos logo pela história. Você iria amar esse livro, com toda certeza :3

      Excluir
  6. As capas sempre chamam atenção mesmo....já comprei alguns livros por causa delas e ainda nao tive o azar de ser um livro ruim. Parabéns pelo post e até mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada <3 ah, e esse livro tem a capa e a hisória lindas!

      Excluir
  7. a autora esta de parabens pois a historia é bem feita achei a capa linda tambem fiquei com uma vontade de ler
    BLOG♥ Coisas da Vida

    ResponderExcluir
  8. Olá, essa capa é muito linda, mas essa história não me interessa muito amei a resenha até me deu vontade de ler o livro

    ResponderExcluir
  9. Adorei a capa e esse pena hahha, realmente as capas chamam muito a nossa atenção na hora de comprar um livro, mas nem sempre devemos julgar pela capa como diz o ditado.
    Beijinhos
    http://www.quemcasaquercasaouap.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro tem capa e história maravilhosas!

      Excluir
  10. Amei a história! Me interessei demais, acho que vou até comprar! Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se esqueça de usar meu link hehe :)

      Excluir

Recadinho: clique em "notifique-me" para descobrir qual foi minha resposta ao seu comentário, e para que possamos conversar melhor ;)