Como eu escrevo minhas cartas


Um fato sobre mim é que eu amo escrever cartas ♡ Algumas (leia-se: a maioria!) pessoas acham estranho esse meu hábito, pois quem, em pleno 2017 prefere pagar para enviar uma carta a um e-mail ou mensagem? Bom.. eu, haha!

Acho que tirar um tempo para escrever uma carta torna tudo mais íntimo e delicado, e esse é o motivo principal pelo qual eu escrevo. Me sinto dentro de O Fabuloso Destino de Amélie Poulain quando estou escrevendo, tanto que eu sempre coloco a trilha sonora do filme e acendo uma vela aromática!

Enfim, embora eu não saiba exatamente se alguém quer saber um pouco sobre como minhas cartinhas são feitas, decidi fazer esse post. Acredito que cada um tem sua forma peculiar (como se enviar cartas já não fosse peculiar o suficiente) de preparar os envelopes e escrever, mas, com esse post, vou tentar inspirar de algumas forma quem está lendo e pretendo entrar para a trupe mística haha.

Doando Ao mundo o que Tem Dentro do Seu mundo


Primeiramente, eu busco um espaço onde me sinto confortável - meu quarto - e ligo uma música inspiradora. Já indiquei a trilha sonora da Srta. Poulain ali em cima, mas outra indicação que eu amo escutar nesses momentos é Elephant Gun, do Beirut *-*


Na hora de decorar o envelope eu deixo meu lado fofo aflorar. Esse lado adora deixar tudo muito delicado e detalhado. Esse recadinho para o senhor Carteiro já é quase uma marca registrada, hehe. Também tenho alguns selos aqui, mas, infelizmente, não são bonitinhos como eu gostaria (estou pensando em imprimir meus próprios selos), e esse porquinho é de uma mast tape que ganhei da Rê :)



Adquiri o costume de enviar pacotinhos de chá junto com as cartinhas desde a primeira vez que peguei um envelope com o intuito de mandá-lo a alguém. (Acho que estou burlando algumas normas dos Correios por conta disso. Paciência.)

Às vezes os envio junto com o Manifesto de Membros Honorários da Corte Vermelha (você só vai descobrir o que é isso se entrar no grupo de intraterrenos no facebook), em outras os embrulho em algum papel especial. Ah, uma dica é fazer um furinho pequeno com alfinete no pacotinho de chá, pois assim ele não fica "inchado", alem de exalar um aroma gostoso e aconchegante. Esse saquinhos com os chás surpresas foi uma ideia nova que eu tive :)


Tentar saber do que a pessoa que vai receber a carta gosta é sempre bom. No meu caso, eu envio marcadores de livros (eles distribuem em livrarias!), pois sei que grande parte das pessoas com quem me correspondo adora. 

Ouras coisas podem ser incluídas,  como por exemplo cartões de visita, fotografias, post-its, cartas de baralho, adesivos, colagens, aleatoriedsdes, papéis de carta...
 


Claro que não podem faltar a cartinha com as suas palavras. Eu vario entre escrever à mão ou na máquina de escrever... depende do meu humor, hehe. Só, por favor, não faça no computador! Isso tira toda a magia!



A hora de fechar sempre é um pouco complicada, pois eu preciso usar cola ou fita. Infelizmente, ainda não tenho um sinete e cera para fazer aquele fecho mais bonito, mas um dia eu terei. (Cuidado para não colar a carta!)

please Mister Postman!


Foi um post curtinho, mas muito sincero. Espero que tenham gostado, e que as dicas tenham ajudado de alguma forma. Se alguém aí quiser me enviar algum tesouro pelo correio é só pedir meu endereço por contatomemorialices@gmail.com ;)

Isso é tudo, pessoal! Rainha Vermelha, 

SOMOS TODOS LOUCOS AQUI

32 comentários :

  1. É uma pena que se tenha perdido o hábito de escrever cartas por este mundo fora. Mas ainda bem que existem pessoas como tu que não deixam morrer esta bela forma de comunicar. Adorei as fotografias! Adorei o post em geral, claro!

    Beijo *

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao mesmo tempo que eu acho uma pena a grande maioria das pessoas não escrever cartas, também tento pensar que, quem manteve o hábito, mantem vivo um espírito peculiar que prefere algumas coisas como eram antigamente :)

      Fico muito feliz que tenha gostado!

      Excluir
  2. Você é muito caprichosa, amor. Seria bom se ainda existisse gente como você que ama esxrever cartas e coloca os sentimentos nisso. O mundo seria muito mais belo e cheio e cartas ❤

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo carinho, lindinha *-*

      Excluir
  3. Aii, que post maravilhoso! Tava muito ansiosa por ele 💙 Tu é realmente caprichosa, né Luh? Haha, todas ficam um amorzinho! Também compartilho esse amor por cartinhas (ontem mesmo passei no correio) em uma parada ali e uma parada cá sempre compra alguma coisinha pra enviar junto as cartas. Também sempre deixo algum recadinho pro correio ou mensagem de amor, fiquei maravilhada quando descobri que tu também fazia! E essas canetas? Necessito, juro! Vou tentar comprar no Ali essa semana, já que é de extrema necessidade pra quem tem SÓ 70 CANETAS kjhkjh! Enfim, beijão ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Thay *-* obrigada por todo o carinho de sempre! Oh, e eu tenho certeza que vai amar essas canetas para escrever suas cartinhas :)

      Excluir
  4. Nossa que lindo essa maneira de enviar carinho via correio mas hoje em dia quase ninguém envia carta e acho que eu amaria receber um pouco de carinho assim cheio de boas energias.😍😍😍😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da ideia. Quem sabe você não se anima a a enviar algo? :)

      Excluir
  5. Blog Diário Azulagosto 30, 2017

    Muito delicadeza. Cartas é mais que um gesto de carinho, é uma demonstração da sua pureza é energia. Sou apaixonada por coisas. Incrível seu post <3 http://joicyrecco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu amo as fotos das cartas que você manda! Elas tem tanto carinho e fofura. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, florzinha *-*

      Excluir
  7. Ai gente...agora fiquei com vontade de receber carta sua hahahaa amei essas fotos...Adorei saber como tu escreve as cartinhas.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quer trocar cartinhas, fofinha? ^_^

      Excluir
  8. Eu acho muito linda essa sua ideia de mandar cartinhas! É um tempo todo especial dedicado a pessoa, diferente de um e-mail, por exemplo, que é uma coisa mais automática.
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz em saber que gosta, fofinha! :*

      Excluir
  9. Há alguns anos atrás eu costumava mandar cartas para os amigos que conheci pela internet, tenho muitas cartas guardadas até hoje, mas esse hábito acabou se perdendo aos poucos, pois para mandar cartas temos que nos dedicar, reservar um tempo do nosso dia para isso, e com a correria do dia-a-dia, acabamos esquecendo da importância dessas coisas simples.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu espero que um dia você consiga retomar esse hábito tão encantador, amora :)

      Excluir
  10. Sempre gostei de escrever cartinhas, e todas com um toque especial. Mas ai os anos foram se passando e com tempo toda modernidade se aflorou em mim. Mas com esse post, vou pensar mais no caso vai que eu começo a escrever cartinhas as pessoas que gosto. Eu amaria receber cartões postais com fotos de pontos turisticos. <3

    Beijinhos de luz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei imensamente feliz em saber que o post te inspirou a voltar escrever cartas <3

      Excluir
  11. Oi Luh, tudo bem? Nossa, já perdi a conta de quantas cartinhas já escrevi. Entrei nesse mundinho quando tinha uns 13 anos. Sempre amei papel de carta, adesivos, canetinhas coloridas, e enviar coisinhas inspiradores pelo correio. Realmente é uma forma de se doar a outras pessoas, dividir o que somos, o que sentimos, e fazer parte da vida do outro de alguma forma. Tenho uma caixinha repleta de recordações, sempre que sinto saudades leio as cartinhas novamente. Amei o post. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooh, florzinha, eu também sempre amei essas coisas, tanto que uma vez ajudei as meninas da escola a organizar um Correio Elegante ^_^ Ah, e também guardo minhas cartinhas num lugar especial!

      Excluir
  12. Oi Luh, eu acho incrível esse seu hábito de escrever cartinhas, sabe que minha mãe tem uma pasta em que ela coleciona papéis de carta de mais de 30 anos atrás? Acho que vocês se dariam super bem. Eu já escrevi algumas, mas não com tamanho apreço e carinho, acredito. Não sei se consigo me expressar de maneira tão incrível que nem você faz, sou uma pessoa meio reservada em diversos aspectos.
    Tenho certeza que você ilumina o dia de quem recebe suas cartinhas, viu? Você é incrível!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já fiquei curiosa para conhecer sua mãe e ver os papéis de carta dela ^-^ Ooh, e obrigada pelo carinho... e pode acreditar que eu me expresso muito melhor aqui na internet e por cartas do que pessoalmente!

      Excluir
  13. Eu comecei a escrever cartas de novo desde que entrei pra o grupo de troca do blog Maybe Yellow. Não me acostumei a enviar tantas fofurices como você, mas escrevi muito. Teve carta de até cinco páginas. Enviei carta pra Goiás, pra DF, Pernambuco. Até a Califórnia já recebeu escritos meu. Eu quero parar de escrever em papel de caderno e passar a escrever em sulfite mesmo, porque é bem mais bonito sem pauta, mas quedê coordenação pra isso? Enfim, menina fala onde você compra itens de papelaria! <3 Quero encontrar uns envelopes maiores por aí, mas que não fosse pardo. Pensei até em fazer o meu próprio, mas acho que ia ficar meio (muito) ruim.

    Com carinho,
    Conto Paulistano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que incrível saber que uma pessoa de outro país recebeu algo seu *-* Os envelopes eu encontro em papelarias mesmo... e pode me julgar, mas eu amo os pardos! As canetas fofas são da Aliexpress ;)

      Excluir
  14. Nossa! Que amor Lu! Eu adorei o jeito carinhoso das suas cartas. Você tem um capricho muito legal e fofo!
    Hoje em dia com a internet a gente quase não vê pessoas escrevendo cartas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, lindinha. E, bom... eu gosto de me manter diferente dos outros hehe ^-^

      Excluir
  15. Eu tinha o costume de escrever cartas até ontem! Aos poucos fui perdendo o hábito, pois as pessoas acham mais prático se comunicar por redes sociais.

    Amei o post, bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As pessoas podem achar mais prático mandar mensagem, mas eu acho mais romântico escrever *-*

      Excluir
  16. Já não se escrevem muitas cartas, mas é algo que deveríamos alterar... É um acto tão bonito, tão emotivo, tão diferente...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É algo extremamente relaxante de se fazer! :3

      Excluir

Recadinho: clique em "notifique-me" para descobrir qual foi minha resposta ao seu comentário, e para que possamos conversar melhor ;)