The Kiss of Deception (Mary E. Pearson)


A força feminina é a grande estrela neste romance de Mary E. Pearson. 

Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas – menos para a protagonista dessa história. Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro? 

O primeiro volume das Crônicas de Amor e Ódio evoca culturas do nosso mundo e as transpõe para a história de forma magnífica. Através de uma escrita apaixonante e uma convincente narrativa, o romance de Pearson é capaz de mudar a nossa concepção entre o bem e o mal e nos fazer repensar todos os estereótipos aos quais estamos condicionados. É um livro sobre a importância da autodescoberta, do amor e como ele pode nos enganar, e de uma protagonista em busca de sua liberdade e felicidade a qualquer custo. compre aqui

Aquele era o dia em que mil sonhos morreriam e um único sonho nasceria. - Princesa Lia
O livro já começa com uma fuga, o que é muito legal porque isso nos impulsiona a querer ler e ler mais. Os detalhes da vida regressa da Lia vão sendo revelados ao longo do livro. A escrita de Mary E. Pearson é tão singela que eu me vi ainda mais encantada do que em Crônicas de Morrighan (um conto lindo sobre Morrighan, a menina que deu origem ao reino de Lia). Ela tem uma forma tão única de escrever, de descrever cenários, de colocar as emoções dos personagens, que eu sentia como se estivesse lá, vendo tudo acontecer.

As mulheres já foram retratadas de diversas formas na literatura: par romântico, conselheiras do protagonista (às vezes melhores do que o protagonista), guerreiras que são naturalmente guerreiras... São infinitas as possibilidades. Mas, na minha mais sincera opinião, nada supera aquele livro que nos apresenta uma mulher que reconhece suas fraquezas e incertezas, mas que mesmo assim luta pelo que acredita e é corajosa. Lia, a protagonista de The Kiss of Decption, o primeiro livros das Crônicas de Amor e Ódio, é assim. E ela é incrível!


Esse livro me lembrou uma outra série de livros que é muito nostálgica e especial para mim, mas com a diferença de ser muito mais focado nos sentimentos, na forma como os protagonistas lidam com determinadas situações. A gente não vai encontrar um "grande confronto" a cada duas páginas, e isso nem de longe é algo ruim. Tudo pelo qual quem narra certo capítulo passa já é uma luta pessoal.

Mas, verdade seja dita, o que me impulsionou muito mais que qualquer outro motivo que eu vá listar aqui é descobrir quem era o Príncipe e quem era o Assassino. Apesar de lá pela metade já ter dado um palpite certo, isso graças a pequenos detalhes que eu dediquei minha atenção, é um tanto angustiante não termos aquela certeza, o que pode deixar as pessoas curiosas (como eu) ávidas para chegar ao final!

Afora o mistério do quem-é-quem, The Kiss of Deception é um livro que trata de amor. E, por favor, não pensem que é um romance infantilizado e bobinho porque a protagonista é uma princesa! Não! A Lia é corajosa, mas, como qualquer outra pessoa, têm suas questões e medos pessoais de talvez nunca conhecer de verdade o carinho e a confiança, algo que aflige a maioria dos seres humanos. Os cenários, as guerras, a história do Reino o dom; tudo isso é como se fosse pequenas partes desse romance, necessários para que ele exista do jeito que é.
Se a gente não pode confiar em uma pessoa no amor, não e pode confiar nela paranada. Algumas coisas não podem ser perdoadas.

É um livro lindo e delicado. Os trechos da Canção de Venda e d'Os últimos Testemunhos de Gaudrel são emocionantes e verdadeiras preciosidades, além de nos fazer imaginar muitas coisas, pois acabamos percebendo que têm histórias dentro da própria história. Tem empoderamento feminino, sororidade, amizade, romance, aventura, muita dor, tudo isso perfeitamente equilibrado para criar um livro excepcional!

E a edição da DarkSide Books também contribui para nos deixar totalmente imersos naquele universo. Na folha de guarda tem um mapa do continente dos reinos, e dentro veio um pôster com a capa do livro e que, se eu não me engano, vem em todas as edições. A capa é dura e linda, embora eu tenha recebido informações confiáveis (oi, Rê!) de que a mulher na capa é a Pauline, e não a Lia (?).

Todos os caminhos pertencem ao mundo. O que é magia senão aquilo que ainda não conhecemos?
Quem aí já leu The Kiss of Deception? E a série toda? Não me deem spoiler, ok? Eu sei que esse título é um dos pioneiros no selo darklove vulgo melhor selo da editora, o que o torna ainda mais especial. Ah, e agora está sendo lançada um novo livro que se passa no mesmo universo!

Isso é tudo, pessoal! Rainha Vermelha, 

SOMOS TODOS LOUCOS AQUI

9 comentários :

  1. Oi Luh!
    ahaha Eu ri quando me vi ali na referência sobre a capa... ahaha A Pauline tem cabelos claros, a Lia escuros, tanto que nas capas 2 e 3, identifico bem mais com a Lia do que na primeira. Lembro que quando o livro lançou muita gente discutiu sobre isso... Mas, indiscutivelmente, eu sou apaixonada por todas as capas e a do primeiro tem um espaço especial no meu coração, sem dúvidas!
    Fiquei feliz demais em saber que você gostou da leitura e achei sua resenha um primor. Tive essa sensação louca de quem é assassino, quem é príncipe na primeira leitura e, enquanto relia, foi uma delícia ver os detalhes já com as informações confirmadas (e feliz que você acertou, quando você comentou comigo pelo IG, fiquei toda alegre que você tinha conseguido também!).
    Ah e eu também amo a escrita da Mary, acho ela fantástica e queria muito que DarkSide trouxesse a outra saga dela para o BR... deixa eu sonhar, né!? ehehe
    E, só pra lembrar o que já comentei no ig, amei as fotos, o estilo, tudo tudo! <3
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rê. Uma das primeiras coisas que reparei quando estava com os três livros em mãos foi justamente essas mudanças na moça da capa. Estranha hehe.
      Eu ficava olhando os mínimos detalhes para tentar identificar qual era o Príncipe e qual era o Assassino. Mesmo sendo meio angustiante não ter certeza,foi divertido dar uma de detetive num livro medieval!
      A autora tem outra série publicada além dessa?! Vamos torcer para a Caveira trazer para cá. E as expectativas para Dance of Thieves, estão altas?
      Fico muito feliz que tenha gostado da resenha e das fotos (deu tanto trabalho tirar essas fotos...) <3

      Excluir
  2. Oii! :)
    Faz um tempão que vejo fotos desses livros na internet, mas ainda não sabia sobre o que eram nem de quem eram. E preciso dizer que suas (como sempre) estão lindas! *-*

    Gosto de histórias que já começam assim agitadas e concordo com você, aumenta demais a curiosidade! Parecer ser o tipo de livro que primeiro te conquista pela edição maravilhosa e também pelo conteúdo. Agora que eu sei do que se trata vou adicionar na minha lista haha <3

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. COMO ASSIM a mulher na capa do livro é a Pauline, e não a Lia?! NÃO CREIO :o Até que faz sentido se for pensar na cor do cabelo das duas...
    Bom, The Kiss of Deception não funcionou tão bem comigo, o que faz com que eu me sinta meio mal porque ganhei ele em um sorteio. A unica coisa que realmente gostei na história foram as personagens femininas e por elas eu até pretendo ler os outros dois livros, um dia, quem sabe.
    Suas fotos ficaram ótimas e adorei e resumo que você fez do livro, ficou muito bom :)

    ResponderExcluir
  4. Oiii

    Ainda não li esses aaaa eu seeei, preciso! hahaha porém estão na minha listinha já :) A capa me encantou bastante, porém ainda não conhecia a história... Digo que fiquei surpresa viu? Aliás, quero muuuito conhecer este novo perfil de mulher na literatura que falou, fiquei curiosa :D Post muito bem feito, e, como sempre, suas fotos são muito lindaaas, sou apaixonada!

    Bjss

    ResponderExcluir
  5. Acho que me interessei mais do que outros clássicos conhecidos por aí, como só leio livros de economia, então certamente nunca tinha ouvido falar dessa escritora. Obrigado por compartilhar! Gostei das fotos, se foi você quem fez, ficaram muito bonitas. E não está alto o preço pelo que oferece, não é mesmo? Pelo que você contou, questões que estão em todos nós também são um ponto principal na historia da Lia, pois não sendo um romance tão fraquinho, as coisas podem ser muito mais identificáveis e isso que da a imersão na historia, mesmo algo se passando em um universo muito distante. Gostei do mapa também, faz a imaginação criar coisas em cada ponto lá rsrs. De qualquer maneira, esse está na lista de leitura, obrigadão!

    ResponderExcluir
  6. Terminei de ler o livro ontem e gostei tanto!
    Ele ficou parado por aqui quase um ano e, por mais que estivesse ansiosa para ler, fiquei colocando outros livros na frente durante todo esse tempo. Eu tinha certeza que iria gostar (ainda bem que acertei meu palpite) e acredito que acabei fazendo isso por não ter os próximos livros em mãos.
    A Lia se tornou uma das minhas personagens favoritas por ser tão forte e inspiradora.
    Quero muito comprar as continuações logo e prosseguir com a leitura.
    Eu não fazia ideia de ser a Pauline na capa. Que legal.
    A resenha e as fotos ficaram incríveis ❤
    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Fazia tempo que não vinha aqui, pela correria da vida mesmo. E suas fotos melhoraram de um jeito que realmente tá demais! Parabéns. E não tinha visto nada sobre esse livro, parece mesmo que segura qualquer pessoa, eu tbm sou mega curiosa, teria a mesma reação com certeza kk Kissus

    ResponderExcluir
  8. Uma das minhas metas pra 2019 é ler esse livro... Tá vergonhoso ele ali na prateleira sem ser devorado, e tem tanta gente que confio no gosto (você, inclusive!) que gostou que, aaaaah, fico curiosa! Essa história de "quem é o príncipe e quem é o assassino" é o que me deixa mais instigada com a leitura. Como esse mistério é apresentado, gente? Quero saber, hahaha!

    ResponderExcluir

Recadinho: clique em "notifique-me" para descobrir qual foi minha resposta ao seu comentário, e para que possamos conversar melhor ;)