Imaginário Coletivo (Wesley Rodrigues)


Deixe-se levar pelas visões dessa experiência. Não tenha medo. Imaginário Coletivo é um fábula sobre liberdade e força de vontade. Em quase 500 páginas deslumbrantes de uma das maiores histórias em quadrinhos já criadas no país - todas poderiam muito bem ser emolduradas como obras de arte -, o leitor acompanha as aventuras de uma vaca que queria ser um pássaro. Ou seria um pássaro que nasceu vaca? Durante essa viagem fantástica imaginada por Wesley Rodrigues, é impossível não se perguntar: será que sou tudo aquilo que posso ser? compre aqui


Sensibilidade e liberdade. Ser sensível, pra mim, é ser vulnerável às situações que nos são apresentada na vida, sejam elas positivas ou negativas. Ser livre é entender que você não precisa ser apenas aquilo a qual o mundo te condicionou. Nunca pensei que esses dois conceitos caberiam tão bem em Imaginário Coletivo, a princípio uma graphic novel de fantasia, mas que se mostra uma linda jornada do protagonista para descobrir quem realmente é.

A história começa como a criação do universo. As almas estão sendo sendo mandadas para a vida, e uma dessas almas diz que quer ser um pássaro, mesmo tendo recebido a senha de vaca. Só os seres humanos tem livre-arbítrio, e a coitada da alma nasce como vaca. Essa vaquinha é encontrada por um senhor cheio de questões consigo mesmo. O nome dele é Agripino, trabalha no garimpo de um rei tirano que só liga para o ouro. 


Pra mim, tudo pode ser melhorado com a imaginação. Assim que li o título desse lançamento fiquei pensando em algo totalmente maluco, e que apenas as pessoas que se permitem fazer uso da sua imaginação conseguiriam ler e realmente entender o quão profunda é sua história. Existem tantas coisas no mundo além daquilo que conseguimos ver, e Imaginário Coletivo expressa justamente isso. Os personagens são simples, com pensamentos e vidas que poderiam pertencer a qualquer um de nós; o que torna o protagonista especial é justamente o desejo de sair da realidade (triste) onde se encontra. 

Tá, mas e a vaca? Bom, a vaca pode vir a se tornar uma metáfora bem densa para tudo que eu estou tentando explicar, mas não sei se estou conseguindo hehe. A vaca, além de toda a questão de querer ser um pássaro, é de extrema importância para que uma loucura generalizada exploda na vila, além de contribuir para que Agripino comece a questionar sua própria existência.
Não se esqueça que a realidade é um sonho que você compartilha com outras pessoas.

Imaginário Coletivo é divertido, filosófico e encantador! O que mais posso dizer? É um livro lindo, aparentemente simples, mas que precisa ser lido e sentido da forma mais aberta possível. Dê asas à sua imaginação; interprete-o como quiser; aproveite cada ilustração, diálogo ou frase, e tente entender o que elas realmente querem dizer. Não desista!

A edição carrega todo o espírito louco da história. Tem quase 500 páginas, mas, por ter muitas ilustrações (lindas, por sinal), é possível ler em uma sentada (inclusive, acho que essa era a intenção da DarkSide Books, pois ele não tem marcador de fitinha). A capa é dura, e, infelizmente, as fotos não conseguem expressar sua verdadeira beleza, pois várias figuras dela só são visíveis contra a luz. O mundo pra mim é muito fragmentado, então todas as aleatoriedades e objetos soltos fizeram com que eu ficasse com ainda mais vontade de conhecer melhor o trabalho de Wesley Rodrigues! ♡


Alguém aí ficou curioso? Bom lembrar que essa é a primeira publicação nacional pela selo graphic novel da editora. Ah, uma música que eu recomendo bastante ouvir enquanto lê (ou em qualquer outra ocasião) é Shake It Out, da Florence + The Machine!

Isso é tudo, pessoal! Rainha Vermelha, 

SOMOS TODOS LOUCOS AQUI

24 comentários :

  1. Eu achei a ideia maravilhosa.
    Imagino o quão reflexivo é e, ao mesmo tempo, divertido.
    Fiquei curiosa.
    A resenha ficou ótima!
    Abraços ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado, amora <3

      Excluir
  2. Já quero esse livro!!!
    Só não vou seguir a dica da música, pois, não consigo ler e ouvir música ao mesmo tempo.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas essa música é maravilhosa para todos os momentos! <3

      Excluir
  3. Oii! :)
    Eu amei a capa desse livro! Também tinha imaginado algo bem doido para história, mas ainda assim estou curiosa para ler! Gosto de histórias que podemos associaya nossa própria vida, como uma forma de ensinamento ou como uma forma de entender um pouco mais sobre nós mesmos. Fiquei ainda mais ansiosa para ler!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que vai amar o livro! *-*

      Excluir
  4. Eu estou no chão.
    Agoniada inclusive que o ano esta acabando e não terei tempo de ler essa história para meus alunos.
    Na sala de aula vemos muito isso: crianças que querem ser algo mas por conta de sua dura realidade ou de familiares com mentes fechadas são empurradas para uma vida que não as fazem felizes, logo, tornam-se adultos amargurados.

    Eu queria dizer que você me influenciou digitalmente e irei comprar esse livro agorinha pela internet.

    Abraços de luz
    www.blogdella.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei tão feliz que o post tenha te deixado com vontade de ler o livro para seus alunos. Me lembrou de uma antiga professora que todos os dias lia um capítulo de Uma Professora Muito Maluquinha para a minha sala! Essa professora pode não ter mudado a vida de muita gente na sala de aula, mas me marcou de aneiras extraordinárias porque eu comecei a ler justamente por causa dela *-* É lindo o que você faz! E que bom que vai comprar o livro! <3

      Excluir
  5. Wau, estou bem por fora do que a DarkSide tem lançado por não morar mais no Brasil.
    Achei encantadora como expressou-se sobre o conteúdo do livro e adoraria folhear as páginas!

    Adoro seu cantinho e sempre que volto para meu blog, venho visitá-la!

    www.meliuz.com.br/desafio/2018/p/Abelanofera - Ao clicar nesse link, você vota na minha apresentação do Desafio Méliuz 2 e concorre á um Iphone X!
    A Bela, não a Fera | A Bela, não a Fera no Youtube

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Onde você está morando, florzinha? :)
      Obrigada pelo carinho, pode voltar sempre que quiser!

      Excluir
  6. Que livro mais lindo! Sim, sou dessas que compram o livro pela capa (me julgue!) e as fotos conseguiram sim, expressar a beleza da obra.
    Fiquei muito tentada a ler pois amo essa editora (Star Wars ♥), tudo o que li da Darkside é perfeito =)

    blogdeaventuras.com ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoro tudo que leio da editora! Fico muito feliz com suas palavras e saber que gostou da resenha <3

      Excluir
  7. Que livro lindo (aparentemente falando) e pela seu texto deu uma vontade enorme de ler!!! A Dark Side como sempre arrasando. Parabéns pleo post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! O livro, a história, tudo é encantador *-*

      Excluir
  8. Acho que ainda não tinha visto nada sobre essa HQ e adorei conhece-la através de suas palavras que foram encantadoras ♡
    Esse ano, depois de muito tempo eu li uma HQ e agora já quero ler todas que já foram publicadas aqui no Brasil hehehe Vou adicionar essa na minha wishlist *-*
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da resenha, chuchu. A DarkSide anunciou há pouco tempo outra HQ nacional, e ela parece ser ótima também ;)

      Excluir
  9. Que demaaais. Não conhecia ainda o livro mas já amei o trabalho gráfico e esse nome é demais, dá muita vontade de ler. Sua resenha só me deixou mais curiosa ainda. Já quero ler, parece ser daquelas leituras que tiram a gente do momento atual e fazem refletir de forma gostosa sobre coisas :))
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado, lindinha! Você parece ser o tipo de pessoa que iria amar ler essa graphic novel :)

      Excluir
  10. Ler a sua resenha da história me fez pensar que o livro é uma metáfora da questão de pessoas trans. Isso me intrigou, gostaria de ler o livro para saber mais, parece ser bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thamires, você me fez ter uma nova e linda perspectiva do livro! *-*

      Excluir
  11. Ahh essa lindeza chegou aqui em casa recentemente e está na listinha de próximas leituras também! Fiquei encantada com a sua opinião e as minhas expectativas aumentaram bastante agora. A edição é muito amor como sempre e tenho certeza que será uma experiência e tanto de leitura <3 um beijo
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dai, que alegria ter você por aqui *-* vou amar ler sua resenha sobre Imaginário Coletivo!

      Excluir
  12. Olá!
    Nossa, esse livro/quadrinho deve ser incrível. Fiquei bem intrigada pelo que você contou sobre a história e já vou adicioná-lo à minha lista de leituras futuras *-*
    Adorei que esta é daquelas histórias que nos fazem refletir sobre nós mesmos, e fico mega feliz por ser de um autor nacional! (nossa literatura arrasa!!!)
    Beijinhos
    Isabelle
    https://blogalgodotipo.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que vai amar, Isa. Depois quero saber o que você achou <3

      Excluir

Recadinho: clique em "notifique-me" para descobrir qual foi minha resposta ao seu comentário, e para que possamos conversar melhor ;)