16 julho, 2017

Santa Princesa Cordelia, vocês precisam conhecer Anne Shirley Cuthbert


Que saudade eu estava de indicar séries aqui no blog. Na verdade, eu percebi que preciso voltar com essa frequência de posts sobre séries e filmes, mas acabo me enrolando, pois eu tenho muita preguiça de começar a ver séries e de procurar filmes (eu não morro de preguiça porque tenho preguiça de morrer). Só de pensar em começar uma nova série eu já me imagino de pijama o dia todo, o cabelo todo bagunçado, o corpo todo dolorido de tanto ficar deitada e os olhos vermelhos por não desgrudar da Netflix, haha.

Mas, contudo, entretanto, todavia, depois de ter lido esse post no blog da Dani, e ainda ter ouvido da própria que eu lembro a protagonista, não resisti. Ah, e o melhor é que essa série não me deixou ~cansada~, mas sim muito feliz!

Anne with an "e"

Sinopse: Depois de treze anos sofrendo no sistema de assistência social, a orfã Anne é mandada para morar com uma solteirona e seu irmão. Munida de sua imaginação e de seu intelecto, a pequena Anne vai transformar a vida de sua família adotiva e da cidade que lhe abrigou, lutando pela sua aceitação e pelo seu lugar no mundo.

Baseada no romance Anne de Green Gables, de L. M. Montgomery, a série tem como protagonista Anne Shirley, uma garota ruiva que sempre viveu em orfanatos ou trabalhando como empregada em casa de família. Ela acaba sendo adotada por engano pelos irmãos Marilla e Matthew Cuthbert, que vivem sozinhos na fazendo de Green Gabes. Receosos em recebê-la a princípio, logo ambos de veem encantados pela sua maneira de se expressar e ver o mundo.

E é aí que nossa história começa, e logo no primeiro minuto eu já fiquei maravilhada com a com a abertura da série. Antes, minha abertura favorita era a de Desventuras em Série, mas isso mudou depois de assistir pela primeira vez a de Anne with an "e".


Acredito que a história possa ser definida em duas palavras: encantadora e inspiradora. Anne é uma garota que sofreu muito para sua pouca idade, e ainda sofre, pois tem de lidar com pessoas que a julgam por ter tido uma origem "duvidosa", além de receber olhares tortos por conta da cor de seu cabelo e seu jeitinho peculiar e extrovertido. Mas, apesar de tudo isso, ela não perde aquela personalidade forte que ela tem, e que é mesclada com a inocência de uma criança... que está muito à frente do seu tempo!

Pode até parecer narcisista de minha parte, mas eu eu realmente me vi na Anne em muitos momentos: ela é sonhadora, cria histórias pra si mesma, conversa sozinha, é distraída e obstinada... tudo isso ao mesmo tempo. Outra característica que eu amei nela é o fato de usar palavras difíceis. As pessoas riem do mim por eu usar expressões do tipo "peripécias", "peculiaridades", "estratagemas", e tantas outras palavras consideradas complicadas. Mas, como disse a Anne, grandes palavras são necessárias para expressar grandes ideias!

A atuação de todos está incrível, tanto que é possível ver todas aquelas emoções nos olhos dos atores e senti-las também (a cry baby aqui chorou logo no primeiro episódio)! A fotografia é um tesouro, e pode vir a se tornar referência para mim, além de podermos vê-la mudando de acordo com as estações, que vão desde o sol de verão, até a mundo monocromático cheio de neve. Enfim, tudo na série é uma verdadeira preciosidade ♡


Mesmo a série sendo ambientada no século passado, têm muitos temas atuais nela, a começar pela própria protagonista, que era órfã até então e que sofreu muitos abusos. Infelizmente, isso acontece com milhares de crianças todos os dias. A dificuldade que ela encontra em se adaptar, em tentar provar que é uma pessoa boa, é algo pelo qual todos passamos.

Como eu disse lá em cima, Anne é uma garota um tanto moderna para sua época, e isso pode ser observado nas vezes em que ela questiona sobre menstruação, casamento e todas as etiquetas sociais que as mulheres eram são obrigadas a seguir. Tem até menção ao feminismo na série, e uma personagem que deixa subentendido ser homossexual. É incrível ver tudo isso, pois são coisas que aparecem sutilmente, mas que a gente percebe que existiam em 1900 e existem atualmente!


Agora, vamos ao ponto fofo da série, que é esse relacionamento que surge entre a Anee e Gilbert Blythe (que menino fofo), e que me rendeu uma das lições mais bonitas, e que não tem nada a ver com amor: viva uma vida sem arrependimentos. Isso me pegou de um jeito forte, pois eu vivo pregando que eu prefiro me arrepender das coisa que eu fiz a me arrepender do que não fiz, e, enquanto eu estava vendo a série, percebi que eu estava entrando num comodismo muito grande relacionado a tudo, e agora estou conseguindo mudar isso. Não sei se o que estou fazendo é certo ou errado, mas eu sinto que devo fazer isso. Talvez eu fale de tudo isso mais para frente....

Como eu disse, a série é inspiradora, e essa foi uma das melhores inspirações que consegui absorver de toda essa história... história essa que, por sinal, merece uma continuação!


Quero encerar dizendo que fico indignada que uma série tão linda não receba o devido reconhecimento, quando têm muitas superestimadas por aí sendo aclamadas aos quatro cantos (cof, cof, Girlboss...). Eu espero que esse post incite mais gente a assistir Anne with an "e", a rir e chorar com ela, a se inspirar e a sonhar!

Isso é tudo, pessoal! Rainha Vermelha, 

SOMOS TODOS LOUCOS AQUI

23 comentários :

  1. Ah, que post mais lindo Lu ! Realmente, é triste quando obras realmente merecedoras de reconhecimento são ofuscadas porque outras dão mais dinheiro e hype . Eu mesma tinha visto na Netflix o anúncio dessa série, mas não dei muita importância , porém depois da sua indicação, com certeza vou assistir .

    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, amora! Vou adorar saber o que você achou da série :)

      Excluir
  2. Provavelmente a série que eu mais chorei até hoje e assim como vc eu tbm deixei as lágrimas percorrem meu rosto no primeiro episódio... Para falar a vdd eu chorei em quase TODOS os episódios e olha q eu não sou de chorar com filmes e séries.
    Assim q saiu eu já fui ver pq o trailer já me conquistou e eu sabia q iria amar, e agora estou vendo pela segunda vez.
    Tbm quero fazer um post sobre desde que eu terminei pela primeira vez, mas não sinto q estou pronta para falar da Anne ainda, já falei sobre isso em um outro blog, Anne e todos os outros personagens merecem mais do que eu posso dar hoje é vou assistir quantas vezes forem preciso para eu achar q estou pronta para dizer oq a série merece.
    Gostei da sua resenha e me encantei pela Gif ainda mais pq assim como a personagem eu me apaixonei pelo Gilbert♥

    Beijão ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooh, Emily, achei que eu fosse a única ~doidinha~ que amou tanto ess série a ponto de assisti-la duas vezes, hehe. Realmente, Anne e os outros personagens merecem MUITO! Vou amar saber que o que você achou de toda a série *-* Ah, uma dica: tem muitos outros gifs nesse estilo lá no We Heart It ;)

      Excluir
  3. Provavelmente a série que eu mais chorei até hoje e assim como vc eu tbm deixei as lágrimas percorrem meu rosto no primeiro episódio... Para falar a vdd eu chorei em quase TODOS os episódios e olha q eu não sou de chorar com filmes e séries.
    Assim q saiu eu já fui ver pq o trailer já me conquistou e eu sabia q iria amar, e agora estou vendo pela segunda vez.
    Tbm quero fazer um post sobre desde que eu terminei pela primeira vez, mas não sinto q estou pronta para falar da Anne ainda, já falei sobre isso em um outro blog, Anne e todos os outros personagens merecem mais do que eu posso dar hoje é vou assistir quantas vezes forem preciso para eu achar q estou pronta para dizer oq a série merece.
    Gostei da sua resenha e me encantei pela Gif ainda mais pq assim como a personagem eu me apaixonei pelo Gilbert♥

    Beijão ❤

    ResponderExcluir
  4. Acabei de ler sobre a história e achei muito intrigante. A não ser pelo tamanho dos episódios, fiquei tentada a talvez dar uma chance para a série. Aproveitar que estou de ferias e me jogar nos filmes e séries ahhahaha! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os episódios são realmente grandes, em especial o primeiro, mas ficamos tão entretidos e ligados à história que acabamos nos esquecendo desse detalhe :)

      Excluir
  5. Simm... que série maravilhosa ❤ Sou apaixonada por tudo nela, realmente, são tantos aspectos feministas presentes e temas que foram considerados do passado e existem até hoje! Awnnn... eu achei tudo tão fofis, eu fiquei super surpresa quando fui conferir a idade dos personagens e descobri que tem entre 15 a 17 anos (Meodeus) e aparentam ser tão novinhos, lembrei de tu hahaha, acabei ela na semana de estreia e não me arrependo, realmente precisa de mais reconhecimento!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério que os atores tem essa idade? Parecem verdadeiras crianças... como eu, haha :p

      Excluir
  6. Oi Lu
    Eu gostei de Girlboss, mas em poicos minutos assistindo Anne ja da para perceber que ela coloca a série da Sophia no chão.
    A fotografia e a abertura como você citou esta maravilhosa.
    A Anne é uma personagem cativante e eu ja senti um pouco desse empoderamento feminino.
    Parei no episodio 3 quando O Gilbert aparece ,mas ja achei ele muito fofo 😍😍

    Ansiosa para terminar a série

    Beijão
    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitas pessoas gostaram de Girlboss, mas... nossa... eu odiei! Haha. E olha que nem assisti a série inteira, porque achei a protagonista chata demais o.O

      Oooh, eu espero que você terminei e que goste de toda a série. (Sim, o Gilbert é um fofinho :3)

      Excluir
  7. Oi, tudo bem? Acabei de conhecer a série e estou sabendo um pouco mais dela. Acho que é uma série bem emocionante e intrigante, né? Mas, achei lindo esse relacionamento de Anne e Gilbert (eles são uns amores, apaixonante, simplesmente).

    Amei sua resenha, Lu!

    Beijos♥

    ResponderExcluir
  8. É uma série que vale a pena assistir!
    São episódios puxados e extensos, porém os atores são maravilhosos e vale a pena ver cada detalhes. Além de que a fotografia dessa série está impecável, né? Desejo muito que a segunda temporada chegue logo rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo os episódios sendo bem grandinhos, eu me peguei desejando que durassem sempre mais, pois eu realmente me encantei por tudo na série *-*

      Excluir
  9. Essa série é maravilhosa!
    A Anne é encantadora, sou apaixonada pela série, foi muito bem escrita, o cenário é lindo, as roupas apaixonantes, tudo muito viciante! ♥
    Tua resenha ficou perfeita Lu! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, chuchu <3

      Excluir
  10. Li algumas indicações dessa série nos últimos dias e confesso que tô louca pra assistir agora. Vou ver se dá tempo de maratonar agora nas férias, aproveitar que são poucos episódios

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooh, por favor, florzinha, assista! Tenho certeza que vai amar <3

      Excluir
  11. Eu também me apaixonei por essa série, achei a história muito fofa. Não tem como não amar Anne With An E. Ando recomendando para todo mundo!
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também estou indicando essa série aos quatro ventos, hehe :)

      Excluir
  12. Essa série é muito maravilhosa! Eu não concordei muito com o romance de Anne com Gilbert. Apesar de não ter achado nem um pouco forçado (pelo contrario), toda esta pegada do imaginário infantil e ter um romance no meio achei que não se encaixou. Tentei relevar devido ao fato de que Anne é uma pré-adolescente (e quem nunca teve um crush aos 12-13 anos né?), mas achei que este detalhe poderia ser trabalhado numa segunda temporada, quando ela estivesse mais mocinha, sabe? A primeira temporada é muito focada no quesito dela se encontrar, se sentir aceita, se consolidar numa família, descobrir amizades verdadeiras. Fora este detalhe do romance, o resto é perfeito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu, particularmente, achei o romance deles algo fofo, mas também espero que seja melhor trabalhado nas próximas temporadas (porque precisamos de mais temporadas!) :)

      Excluir

Recadinho: clique em "notifique-me" para descobrir qual foi minha resposta ao seu comentário, e para que possamos conversar melhor ;)