05 maio, 2017

Porque não terminei de assistir 13 Reasons Why e Girlboss


E tá todo mundo falando sobre as duas séries mais recentes da Netflix: 13 Reasons Why Girboss, as duas baseadas naqueles livros que eu não li haha. Ok, brincadeiras a parte, eu comecei a ver as duas por influência digital, confesso, e eu odeio isso. Sabem porque até hoje não li nem vi Harry Potter? Porque todo mundo me diz que tenho que fazer isso, mas eu só vou fazer quando eu tiver vontade! Só que, contudo, entretanto, todavia, foi praticamente impossível ignorar essas duas séries, já que metade do mundo ficava atualizando os status a cada 20 segundos sobre elas.

Eu estava planejando terminar as duas e vir resenhar aqui pra vocês como manda o figurino, pois estou com saudades de indicar séries e filmes aqui no blog (em compensação, tem resenha literária quase toda hora!), mas, como vocês leram no título do post, não terminei nenhuma e provavelmente não vou terminar. O por quê? Vou contar aqui nesse post.

Girlboss

Baseado na trajetória de Sophia Amoruso, uma jovem batalhadora que começou a vida vendendo roupas antigas no eBay e hoje, aos 27 anos, tem uma marca multimilionária baseada em Los Angeles.
Eu gosto muito de séries inspiradoras, ainda mais tratando de pessoas que decidiram criar um negócio próprio, afinal eu quero montar uma livraria só minha um dia. Não posso comparar a série com o livro (muita gente diz que o livro é bem melhor), mas, pra mim, Sophia Amoruso ficou parecendo uma garota mimada e imatura que se adentrou numa aventura, mas que tinha como "sair" se tudo desse errado. 

Não me entendam mal, eu sou bem divertida em alguns momentos. Eu tento deixar as situações mais leves, principalmente quando percebo que tá todo mundo tenso, mas também sei a hora de se ter maturidade. Sophia não tem maturidade nenhuma! Você não precisa se tornar um adulto chato e não precisa desistir dos seus sonhos por simplesmente se tornar um adulto, e eu digo isso com a minha "experiência" de 17 anos. Ou você acham que eu quero passar dos 21 e me tornar uma pessoa extremamente chata e conformada? Não, não tem que ser assim! Só que, pelo que eu percebi, Sophia deixa claro que você não precisa estudar, não precisa tratar ninguém bem e nem levar nada a sério. 

Lamento para quem gostou, mas acho que deveriam trocar o nome da série de Girlboss para "as peripécias de uma garota mimada e mal educada que acha que tudo é uma brincadeira".

13 reasons why

Uma caixa de sapatos é enviada para Clay por Hannah, sua amiga e paixão platônica secreta de escola. O jovem se surpreende ao ver o remetente, pois Hannah acabara de se suicidar. Dentro da caixa, há várias fitas cassete, onde a jovem lista os 13 motivos que a levaram a interromper sua vida - além de instruções para elas serem passadas entre os demais envolvidos.
Vamos falar abertamente: sou uma pessoal mal de cabeça. Eu tenho ansiedade, pesadelos que me perturbam e, mesmo eu só tendo ido a um psicólogo algumas vezes e nunca ter sido diagnosticada, tive depressão (a maioria das pessoas que sofre com depressão nunca foram diagnosticadas). Essa série, definitivamente, não estava me fazendo bem. Mesmo que, ao meu ver, o que a Hannah sofresse fosse algo muito maior que bullying, me remeteu demais à época que eu sofri bullying na escola sem fazer absolutamente nada, simplesmente por ser a "esquisita", nerd, tímida, quatro olhos, rata de biblioteca... essas coisas que todo mundo que é diferente já deve ter ouvido. São coisas que me fizeram muito mal (e que ainda fazem).

Como centenas de pessoas já devem ter dito, uma série dessas pode ser um gatilho pra quem já sofreu esse tipo de abuso, ainda mais por ter sido, pra mim, uma série que romantizou demais o suicídio, apresentando isso como única saída.

Sempre tento praticar minha empatia, e acredito que não existe uma balança para medir a tristeza alheia; existem pessoas mais sensíveis e que se chateiam facilmente. Só que, ao mesmo tempo, acho que temos que lidar com tudo o que acontece com a gente. Suicídio nunca deveria ser uma opção! Se está precisando de ajuda, se sente que tudo está desmoronando, procura ajuda num psicólogo, psiquiatra, psicanalista, família, amigos, que seja!

Por último, mas não menos importante para ter me feito largar essa série: ela é muito lenta, densa, arrastada. Episódios que poderiam ter 20 ou 30 minutos tem uma hora. Uma história que poderia ser resumida em oito episódios, no máximo, tem 13 episódios. Foi mal dirigida, foi mal abordada.

Enfim, é isso. Não me odeiem pelo o que eu disse nesse post hehe. Ah, lembrando que isso aqui não é uma "desindicação", são apenas opiniões. Pra ser bem sincera, é bom cada um assistir e tirar suas próprias conclusões.

Isso é tudo, pessoal! Rainha Vermelha, 

SOMOS TODOS LOUCOS AQUI

49 comentários :

  1. Também odeio quando sou influenciada digitalmente, e tbm não vi nem pretendo assistir Harry Potter hahahaha. ~PALMAS~ por sua sinceridade em falar de GirlBoss, primeira vez que vejo alguém falando dessa forma da série. Talvez futuramente eu a assista, mas prefiro sempre primeiro ler o livro.
    Sobre Os Treze Porquês, eu assisti a série por que já tinha mesmo vontade de ler o livro, e foi o que fiz, li e depois assisti, e sinceramente, achei a série muito melhor que o livro. Eu sofro de depressão, TAG, ou transtorno de ansiedade exagerada, TOC e Síndrome do Pânico já a anos, mas atualmente eu consigo controlar tão bem os sintomas que eu consegui ver o outro lado da Hannah, não o sofrimento dela em sim, mas todo o ensinamento por trás dos acontecimentos. Mas é claro, é forte, se te faz mal, você está certissima em não assistir.
    No geral, gostei muito do seu post, ele foi sincero e não um influenciador digital "maria vai com as outras" kkkk.
    Beijo, www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado do que escrevi, chuchu. Pode ter certeza que, independente do assunto, sempre serei sincera nas minhas opiniões... por que seria diferente com séries que todos amaram, né?! :D

      Oh, e que bom que conseguiu superar todos esses problemas e absorver coisas boas de 13 Reasons Why!

      Excluir
  2. oi lu!

    super compreendo teu ponto de vista. sobre girlboss: eu odiei completamente a série em quesito enredo e personagem. figurinos, fotografia e música são maravilhosas, mas infelizmente só isso. como você curte ler, digo que sim, o livro é muito melhor e tem muito mais dicas legais e empoderadas. (e também mostra sophia como uma pessoa totalmente diferente!)
    sobre 13rw: eu te compreendo totalmente. eu terminei a série só por já ter visto tudo e estar curiosa - mesmo que já sabendo o final - para como terminaria. mas ainda assim, terminei e chorei por horas. fiquei muito mal e só em lembrar já fico mal novamente. interpretei a série de uma forma muito negativa, e por também sofrer (ou ter sofrido) depressão não diagnosticada eu vi muito como um gatilho pra quem tem problemas psicológicos.
    gostei da sua sinceridade! a blogsfera (e o mundo!!!) está precisando mais disso <3

    beijo, blog vestidinho jeans

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi bom saber das suas opiniões, chuchu. Eu não gosto de deixar nada pela metade, mas realmente não consegui terminar nenhuma das duas séries, como você fez o.O

      Fico muito feliz que tenha gostado do post ♡

      Excluir
  3. Eu já vi a 13 reasons why toda e acho que, pela minha experiência a assisti-la, é um must see.
    Por outro lado, acho que as coisas na sua vida devem ser feitas para si e não para os outros. Bom trabalho e critica.

    ResponderExcluir
  4. Eu, pessoalmente, gostei da série "13 reasons why", eu também sofro de ansiedade e não achei que a Hannah tivesse assim tantos motivos para se suicidar, muitas das vezes eu era olhada de lado por me "vestir" mal e pessoas de hoje em dia ainda me dizem, de forma inocente, que às vezes não gostam de certas roupas que eu uso e tenho mais exemplos mas não os vou escrever. No entanto, a forma como as personagens reagem é muito real, nós não nos apercebemos dos pequenos pormenores e não prestamos muita atenção às outras pessoas porque estamos mais ocupados connosco mesmos e por isso eu gostei da série no sentido de nos alertar. Quanto à serie "Girlboss" ainda não vi por isso não tenho nada a dizer.
    Gostei do post, posts que nos fazem pensar e expressar a nossa opinião são os melhores! Dá mesmo vontade de interagir, por isso obrigada ahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo achando um tanto errado ser jogado encima de uma pessoa a morte pelo suicídio de alguém, também alguém achei a reação das pessoas-porquês bem verdadeira. Mas, mesmo assim, não consegui terminar de assistir.

      Fico muito feliz que tenha gostado ♡

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Luana!
    Sobre Girlboss, comecei a assistir e após alguns minutos, resolvi parar pq não gostei logo de cara. Qdo isso acontece, nem insisto.
    Sobre 13..., vi inteira e concordo que o suicídio foi romantizado. Tive depressão tb não diagnosticada aos 20 anos. Penso que a maioria das pessoas já sofreu com isso e se acham simplesmente tristes. Muito bom seu texto.
    Você escreve muito bem! Desejo sucesso cada vez mais para seu blog. É tão bom que tem gente plagiando (aff!). Espero que consiga resolver isso. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada por todo o apoio e carinho, florzinha ♡

      Excluir
  7. Demorei muito para ver 13 reasons why, mas pessoalmente, gostei. Sofri muito na adolescência, mas nunca cheguei a pensar no suicídio. Já com Girlboss, nem sei quando vou ver, vi muitos comentários negativos. Na verdade, vou ler o livro antes para dar minha opinião. Adorei o post.

    www.mcarolina.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que conseguiu superar o sofrimento sem pensar em tirar a própria vida. É uma sensação horrível sentir que nada tem mais sentido!

      Que bom que gostou do post, amora :)

      Excluir
  8. Oi, Lu.
    Sobre Os Treze Porquês entendo perfeitamente o porque de não ter terminado de assistir, é uma série que como disse cabia muito bem em oito capítulos, ainda assim consegui chegar ao final, mas foi difícil por esses motivos que também citou.
    Já Girlboss não passei do segundo episódio, acho que erram na mão ao mostrar a personagem.
    Eu como adulta não consegui me exergar em nenhum momento com ela.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por compartilhar suas opiniões comigo, lindinha. Concordamos em tudo hehe :)

      Excluir
  9. Olá!!! Adorei sua sinceridade na postagem. Eu tenho 29 anos e sou fã demais de Harry Porter, mas porque ele fez parte da minha infância e sempre fui uma criança que amou histórias de bruxas e bruxos e amava ler, então cresci no "mundo de Harry Porter" Não assisti nenhuma das duas séries citadas, mas realmente acho que a mídia é muito influenciadora e o que para alguns pode ser uma lição de vida, para outros pode ser uma influência para cometer uma atitude como a do suicidio. E com certeza o suicidio não pode ser considerado como opção. É sofrid demais pra quem vai, mas principalmente pra quem fica. Adorei seu post. Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, chuchu.

      Sinceramente, queria ter sido uma das crianças que cresceu com HP,mas, quando estava no auge, eu não era nem nascida o.O

      Excluir
  10. Olá! Eu adorei as duas séries!
    Não tem como não amar, mas cada um tem a sua opinião e respeito a sua! Concordo que a rapariga do GirlBoss é uma mandona, mas o final foi muito bom!
    Beijosss :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também respeito suas opiniões :)

      Excluir
  11. Eu assisti a 13 reasons e MANO ELES PASSAM A IMPRESSÃO DE QUE se eu me matar vou conseguir fugir dos meus problemas tipo ????
    Eu não assisti e nem pretendo assistir girlboss justamente pelo que li, uma menina que "venceu" na vida, porém era mimada e se tudo desse errado estava tudo bem, além de "pisar" nos outros. Pra mim essa história é um belo exemplo da meritocracia que tanta gente defende, porém só dá certo pra quem já tem privilégios na vida desde pequeno.
    Cheiro de Pipoca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com tudo o que você disse, sobretudo sobre meritocracia o.O

      Excluir
  12. Concordo totalmente com você. Eu vi a serie até ao fim e gostei muito de 13 reasons why, contudo a sua opinião também me passou pela cabeça e ainda não vi GirlBoss mas quero muito, pois como a menina eu também quero criar negocio proprio com a Moda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu desejo toda a sorte do mundo para você e seus sonhos, chuchu (contanto que você não comece a agir feito a Sophia!) :*

      Excluir
  13. Vi a propaganda de 13RW e de cara fiquei esperando um mês para série lançar, umas semanas depois estava impossível, não aguentava mais sobre o assunto. Fico feliz em não ser também a única pessoa que não leu e ainda não assistiu Harry Potter.

    Porque dar minha opinião se você citou todas as coisas que eu achei? MEU DEUS. Assistir apenas um episódio de Girlboss, pra mim a série não em nada a vê com a sinopse, foi tipo uma propagando enganosa.

    O mesmo motivo pelo qual você não conseguiu assistir 13RW, eu também não. Não gostei de como romantizaram tudo, talvez se não tivesse eu teria assistido. Os spoilers a todo momento me desanimaram bastante, além do fato que tirar a própria vida depois de sofrer isso tudo nunca foi uma opção. O mundo não é feito só por pessoas lixo. Conheço pessoas que passaram pelas mesmas coisas que a Hanna e encontram forças para suportar. Conversar, pedir ajuda, realmente ajudam a melhorar as coisas. Chorar, se conformar, esconder não ajuda, só piora a situação.
    Colecionando Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Girlboss teve propaganda enganosa sim haha! Nossa, foi uma verdadeira decepção, e olha que não passei do quarto episódio o.O Oh, e, por favor, por mais pessoas que pensem como você! A maioria das pessoas que sofrem agressões são boas, e então BAN, tiram a própria vida por ser a "única opção" e o mundo fica cheio de inúteis.

      Excluir
  14. Gostei de ler mais sobre a sua opinião sobre as séries, até concordo com algumas coisas e outras parei para refletir hahaha
    Acho que hoje em dia estamos vivendo um momento que todos querem se expressar cada vez mais, e por isso os blogs, textões no Facebook, entre outras formas de expressão surgem... Acho que as coisas estão se polemizando muito, e nunca é 'só uma série, só um livro', as pessoas sempre tem que criticar, comentar, expor, falar, citar em redes sociais, porque compartilhar informações, opiniões se tornou o principal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho incrível quando encontro opiniões embasadas em algo, mas não gosto quando as pessoas problematizam algo simples... nem quando aparece gente sem argumento, querendo "falar por falar" o.O

      Excluir
  15. Lu, eu AMO a sua sinceridade em relaçao a filmes, seriados, enfim, o que voce realmente achou, gostaria muito de conseguir ser mais assim sem me sentir mal, se é que me entende. Eu concordo muito com você em girl boss, comecei a ver e curti, mas depois comecei a pensar...ok, é sobre uma mulher que tem aquele girl power mas...parece tudo tao fechado a aquele mundo dela, uma garota branca e rica e mimada, essas coisas. Sobre 13rw, eu vi até o 5o episódio e larguei porque comecei a me sentir mal porque...também sou uma pessoa "mal" da cabeça, e aquilo me pesava. Além disso, vi tanto spoiler que senti que ja tinha visto tudo hahah. Amei teu post, beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Moça, faça como eu: torne seu blog seu mundo particular, onde você pode ser sincera sobre tudo. Demora um pouso para se acostumar, mas, depois, é algo maravilhoso e libertador, pois eu ei muito bem como é não se sentir tão em casa no "mundo real".

      Sobre a série 13RW, também sinto que já vi tudo, e detesto ver pessoas compartilhando gifs da Hannah cometendo suicídio ou ler o título "os meus porquês", pois, na minha cabeça, parece que a pessoa está planejando um suicídio o.O

      Beijos e obrigada por tudo <3

      Excluir
  16. Oiee.
    Não assisti Girlboss ainda, mas acho que essa é a primeira série da Netflix que eles meio que erraram na coisa.
    Acredito que por terem, feito ela mimada demais foi o pior.
    Os 13 Porquês assisti e gostei muito da série, embora a Hannah não tenha me convencido com todo seu sofrimento.. Te entendo por não ter terminado, é uma série que mexe mesmo com a gente e tem muita coisa ali que é desconfortavel.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os diretores erraram totalmente na construção da Sophia, pois desconfio que a "verdadeira" Sophia seja daquele jeito o.O

      Excluir
  17. Menina, eu entendo e concordo em vários pontos que você apresentou, mas discordo demais em outros. Acho que independente de hype e etc, a gente tem que assistir aquilo que gosta e que nos faz bem. Eu não ignoro nada porque é hypado e nem saio que nem louca para ler tudo que está e alta.
    Os pontos negativos que tu citou sobre Girlboss eu super entendo, eu também achei a Sophia muito mimada e escrota. Também entendo dizer que 13RW fez você se sentir mal e preferiu não ver, porém discordo totalmente na questão de "romantização do suicídio", principalmente porque do começo ao fim aquilo foi tratado como algo terrível que aconteceu, e também quanto ao ponto sobre a série ter sido mal produzida e arrastada. Você pode até ter sentido isso, mas isso não é um fato. Ela é uma série muito bem feita, apesar de algumas ressalvas.

    Beijos
    www.jadeamorim.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acho que temos que ler, assistir e ouvir o que gostamos, mas as duas séries me chamaram a atenção justamente por serem tão faladas ;)

      Excluir
  18. Oi Lu! Não vou comentar de Girlboss pq não li livro nem vi a série... kkk Sobre 13 RW (eu assisti tudo), também tive a sensação de que ela é enrolada demais. Eu não aguentava ouvir no início do episódio a Hanna narrando o início da fita e depois repetir tudo. Bem, várias coisas achei problemáticas nesse sentido. E, sobre a questão de fazer bem ou mal, super acho que a série foi divulgada muito erroneamente, como um cartaz de auto-ajuda. E ela está longe disso, como você bem falou. Tenho vários pontos positivos e negativos sobre a série e é exatamente por isso e por já se ter discutido tanto o assunto que achei melhor deixar de lado e não me manifestar.... rsrsrs
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também senti isso quanto a 13 RW, RÊ! Todo mundo saiu falando que "temos que falar sobre abuso, agressões...", como se a série fosse algo otimista e mostrasse superação... nada disso! Foi uma série que romantizou a situação do suicídio :(

      Excluir
  19. Disseram para mim que Girlboss melhora e que apesar de a personagem principal ser muito chata, a série vale a pena. Não sei se assistiria...
    Os 13 Porquês eu assisti até o sétimo episódio e parei. Estava atacando a minha ansiedade e não deu mesmo. Então, eu te entendo.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei Girlboss melhora, e nem vou perder meu tempo vendo haha o.O

      Excluir
  20. Girlboss também tem essa mesma imagem pra mim. Mesmo que seja sobre uma garota cheia de atitude, os trailers que vi são exatamente o oposto, mostrando uma pessoa fora de contexto que não é nada além de mimada. Isso me incomodou horrores e até agora não consegui sentar e assistir nem que fosse um único episódio. Quando a 13 porquês, admito que gosto do contexto e acho que essa parte densa e lenta é necessária, porque mostra a evolução dos problemas da Hannah, no entanto, sinto um pouco dessa romantização também, mas quero muito assistir, mesmo sabendo que talvez me faça mal, porque gosto de entender melhor do assunto. Enfim, adorei tua sinceridade de sempre, moça ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal nós concordarmos quanto a Girlboss :) depois que assistir 13RW, me diz se gostou (espero que não te faça nenhum mal!).

      Excluir
  21. Olá,
    Amei o seu post sincero e verdadeiro. Não assisti Girlboss e nem tenho interesse, mas estou assistindo 13 Reasons Why e estou gostando bastante. Não discordo do que você disse no post, mas é como falou no final, que espera que cada um assista e tire suas próprias conclusões, e ela está funcionando para mim.

    Abraços,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, amor ♡ quando terminar de assistir 13RW, me diz o que achou ;)

      Excluir
  22. Realmente, Lu, concordo com tua opinião sobre Girlboss, apesar de ter rido muito e adorado a música, imagem e figurino, achei que a Sofia não é uma personagem que passa realidade, sabe?

    Já sobre 13RW eu amei, de longe é uma das séries que entrou pra minha lista de preferidas! Não vejo o suicídio da Hannah como a "unica" "opção" dela, entendi que aquela, foi a única forma que ela achou de acabar com todo o sofrimento que sentia (não sei onde tu parou, mas as coisas pioram muito) gostei porque transmitiu realidade sobre os fatos ao invés de Girlboss. Na verdade, eu não achei romantizada, apesar de ter lido muitas coisas sobre ter sido, não consegui enxergar nada de romance naquilo.

    Eu adoro ler as opiniões dos outros <3 obrigada por compartilha-las de forma tão sincera com a gente, Lu!!


    | umapartedemimblog.blogspot.com.br |

    Ps: Sumi porque estava em época de provas :p

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei quanto a personalidade da verdadeira Sophia, mas a da série é muito "???" haha! Sobre 13RW, eu acabei pegando muitos spoilers sobre as coisas que acontecem com ela, mas... mesmo assim, acho que suicídio não deveria ser uma "forma" de resolver nada.

      Enfim... muito obrigada por sempre estar por aqui *-*

      Excluir
  23. Oi Lu! Sobre as duas séries em questão, gostei muito das duas, apesar de não concordar com tudo o que a série em si ou a imagem que as personagens principal passam.
    GirlBoss achei muito viciante, achei a personagem engraçada e a personalidade dela cai muito bem para uma série. Adoro personagens que não são sempre boazinhas, tipo Regina George ou a Blair de GG. Mas daí eu lembro que na verdade a Sophia é uma pessoa de verdade, não apenas um personagem. É alguém que realmente tratava as pessoas daquele jeito, e na vida real, isso não cai bem como em uma série em filme. Se eu conhecesse ela provavelmente não iria gostar. Tive a impressão de ser alguém que quando está infeliz ou chateada com alguma coisa em sua vida, precisa descontar no outro. Achei o cúmulo a atitude dela com a gerente da loja em que trabalhava. Sem um pingo de respeito, responsabilidade ou disciplina, porque sim, disciplina é importante na vida adulta, seja na faculdade, no trabalho ou até na vida pessoal. Mas apesar disso não tiro o mérito dela de ter conquistado tudo o que conquistou com a Nasty Gal.
    E sobre 13 RW, gostei muito, apesar de também achar que se arrasta demais e que os episódios são muito longos. O que não gostei da Hannah é que o modo em como ela quis punir os outros nas fitas. Eu entendo, ela sofreu bullying o que por si é algo horrível, e algumas pessoas ali, mereciam mesmo estar nas fitas, como o cara que estuprou ela (nossa que nojo e raiva dele), mas algumas não acho que deveriam ser consideradas como motivo para a morte dela, tipo a guria que bateu na placa de pare.
    E são essas as minhas opiniões sobre os seriado haha
    Desculpa pelo textão. Adorei o post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada por compartilhar suas opiniões comigo, chuchu (ode fazer texto grande sim hehe). Concordo muito com isso de que ter responsabilidade e disciplina é necessário em muitas situações na vida, e também achei um absurdo a Sophia ter agido daquela forma no antigo emprego dela! Sobre 13RW, tem pessoas que deveriam sim estar nas fitas. Umas das coisas que eu mais abomino no mundo é o estupro, e meu lado malvado iria querer que aquele cara sofresse com o peso na consciência pelo resto da vida, mas, como você disse, algumas pessoas estavam sendo responsabilizadas pela morte dela por motivos um tanto... fúteis? Não sei, talvez eu esteja falando bobagem. Enfim... beijos :*

      Excluir
  24. Diferente de você eu nem comecei a ver as séries por motivos de que eu não tenho tempo 😅 mas ouvi falar muito das duas, mais de 13rw que girlboss, mas tudo bem.
    Eu havia lido ótimos comentários sobre o livro de girlboss, mas não é de agora que encontro pessoas na internet que não gostaram da série. Enfim.
    Sobre 13rw eu já sei que não é uma série para mim também, mas o assunto é importante se fizer as pessoas medirem o que elas dizem de maneira súbita para os outros, pois nossas palavras podem machucar os outros. Não é só uma brincadeira, são vidas!
    Parabéns pelo post, alteza. Amei sua colocação e compartilho desse momento de não chegar ao final da série ❤ beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu comecei a ver 13RW nas férias... e até agora não terminei. "Girlboss" foi ~uma frustração~ numa noite de sábado haha. Ah, sobre seu comentário do modo como as pessoas tratam as outras, também acho importante refletir sobre isso, pois uma simples olhada torta para alguém que já está mal pode deixar tudo muito pior :'(

      Muito obrigada por todo o carinho, chuchu <3

      Excluir
  25. Adoro ver gente "falando mal" de coisas que estao bombando. Fico sempre desconfiada com filmes/séries/livros que todo mundo ama e é a melhor coisa do mundo, tu tem que ver e blablabla, pelo simples fato que não é assim que o mundo funciona hahahaha
    Não assisti essas séries por que não tenho Netflix, mas tô bem curiosa por 13 reasons, a outra bem faço ideia de quem seja a moça hahaha sou muito antenada no mundo dá moda... Só que não kkkkk

    Mas é isso aí, o importante é que tu tentou e foi sincera na avaliação!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, como eu amo também ver alguém que nada contra a corrente haha :D

      Excluir

Recadinho: clique em "notifique-me" para descobrir qual foi minha resposta ao seu comentário, e para que possamos conversar melhor ;)