25 abril, 2017

Abominação (Gary Whitta)


Assim que esse livro chegou aqui em casa eu já comecei a ler, pois eu vi tantas fotos no instagram da editora que me animei com a leitura mesmo não sabendo do que o livro se tratava. Sei que o autor escreveu algum livro de Star Wars, mas eu, a perdida da vida, nunca li nem assisti nada desse universo. O porquê? Eu não consigo entender a ordem dos filmes (algumas alma bondosa quer me ensinar nos comentários?), nem sei se preciso necessariamente vê-los para ler os livros o.O só deixando claro: eu sou bem leiga quando a questão é "coisas que todo mundo conhece" haha!

Os vikings estão vindo


A era medieval é muito mais conhecida por seus mistérios do que por seus registros históricos. Talvez seja melhor assim. Há quem acredite que estaremos mais seguros enquanto não soubermos de toda a verdade. Mas quem disse que as lendas não podem ser mais reais do que você imagina?
"Abominação" é um romance de fantasia dark que reconta um dos capítulos mais sangrentos da história da Inglaterra: as invasões vikings do século IX. Apresentando personagens e batalhas reais, sua narrativa vai muito além do que poderíamos encontrar nos livros de escola. Com influências que vão de H.P. Lovecraft a Game of Thrones, "Abominação" vem sendo recebido mundo afora como um novo clássico para fãs do gênero.
O reinado de Wessex foi o único de toda a Inglaterra que escapou dos invasores dinamarqueses. Seu rei, Alfredo, o Grande, negocia um acordo com os bárbaros do Mar do Norte, mesmo sabendo que eles não são exatamente os maiores adeptos da paz. É preciso estar preparado, a guerra pode recomeçar a qualquer momento. O arcebispo de Canterbury oferece proteção ao reino, através de feitiços descobertos por ele em velhos pergaminhos. O rei só não poderia imaginar que a magia seria ainda mais perigosa que os próprios vikings. 

Abominação



Eu já havia dito que livros que se passam em épocas medievais não em agradam muitos, mesmo eu adorando aprender sobre essa época (especialmente sobre as desgraças que aconteceram nessa época - me julguem!). Na realidade, os únicos livros que li e que se passa mais ou menos nessas épocas foram os da autora italiana Licia Troici: Crônicas do Mundo Emerso e Guerras Emerso. Ah, e por sinal, recomendo as duas trilogias!

Assim que comecei a leitura, eu não pude imaginar que a história estava se passando num mundo medieval "normal" igual ao que a gente vê na escola. Mesmo sem querer, eu ficava imaginando um mundo mágico na minha cabeça. Claro que muita gente pode dizer que eu tô ficando maluca, mas essa minha imaginação fértil só serviu para deixar a minha experiência de leitura mais interessante, pois, na minha cabeça, a época medieval não teve nada de muito mágico. Teve as bruxas queimadas, mas a maioria, se não todas, nem eram bruxas de verdade haha.



A história é daquele tipo que pode deixar as pessoas mais "assustáveis" mal de cabeça, porque tem cenas bem grotescas e bizarras, com morte, sangue e transformações bem estranhas. Teve até uma noite, quando eu decidi largar o livro para ir dormir, que eu comecei a sonhar que estava matando aberrações o.O logo eu, que faço maratona de filme de terror de madrugada!

É aquele tipo de livro que você quer e precisa terminar, porque você precisa saber o que vai acontecer com o protagonista, que, modéstia à parte, é um ferrado da vida. Eu fiquei com pena dele em muitas cenas, sério. Coi-ta-do! Claro que tiveram outros personagens que foram muito bem explorados, embora alguns me parecessem meio forçados de vez em quando. Um que me irritou muito foi o rei Alfredo, porque a toda hora eu pensava: "olha o que você tá deixando o bispo fazer, será que a situação cabe? Sai daqui que você tá completamente sem noção!". Mas isso são detalhes, detalhes... detalhes.

Mesmo o livro tendo tido algumas situações em que eu pensava "é óbvio que isso ia acontecer", ou, em outras palavras, clichê, não diminuiu em nada o tanto que eu gostei dele. Ah, e tiveram outras cenas em que eu ficava "what?", mas isso é porque eu sou trouxa mesmo e não percebo essas coisas, ainda mais quando o autor deduz que o leitor já sabe do que se trata. (Acho que esse paragrafo ficou confuso. Paciência.)

Enfim, o livro é muito bom, a escrita do autor é instigante e tem um enredo que prende a gente. Eu tenho procurado livros que eu consiga ler rápido, pois tem um em específico aqui em casa que eu está me enrolando há quase dois meses haha. Dei quatro estrelinhas para ele lá no Goodreads, ou seja, eu gostei muito. Leria de novo? É provável que não, pelo menos por ora, mas é algo que fica na nossa cabeça por um bom tempo, especialmente sobre o que a época medieval esconde além dos livros da escola.



Nós precisamos falar sobre essa edição! A cada novo livro lançado, a DarkSide se supera, e com esse não foi diferente. Ele tem o tamanho um pouco maior que os outros. A capa é dura e tem o escaravelho que tem tudo a ver com a história, e o nome do autor é em verniz localizado. Tem o marcador de cetim, e - pasmem - a coisa mais peculiar-incrível que a gente podia encontrar no corte de página de um livro: sangue respingado! Ainda não tenho certeza, mas, pelas fotos que eu vi, parece que essa tinta imitando sangue é diferente em todos os livros.



As folhas de rosto da Caveirinha são sempre muito criativas *-*


Amo livros que tem mapas!



Em todo início de capítulo tem esse detalhe



entrevista com Gary Whitta




A DarkSide foi um amor em disponibilizar essa entrevista exclusiva da editora com o autor, e achei que seria ótimo compartilhar aqui no blog. Juro que tentei selecionar apenas algumas perguntas, mas todas eram tão legais que não teve jeito. Espero que gostem, ou que pelo menos alguém pare para ler haha!

1. Quem foi o jovem Gary quando adolescente? 
Eu era magricela, desajeitado, com cabelo ensebado e muita acne. Nunca fui bom em esportes, mas amava computadores, vídeo games, filmes, fantasia e ficção científica em todos os seus formatos. Basicamente seu nerd padrão!

2. Como você divide o mundo dos games e o mundo da literatura na sua cabeça? 
Eu não encaro os dois como coisas distintas, apenas como maneiras diferentes de expressar histórias interessantes e construir novos mundos bacanas e imaginativos. Particularmente nos dias de hoje, porque vídeo games estão se tornando mais literários em sua natureza, eles se transformaram em uma verdadeira mídia de storytelling como nunca antes.

3. Em qual momento o editor resolveu se tornar autor e como você consegue equilibrar as duas funções durante o processo criativo de um novo livro, roteiro ou game?  
Eu nunca fui um editor, mas eu sou um jornalista que decidiu virar roteirista de cinema. Isso aconteceu por volta de 2001, quando eu sentia que minha carreira como jornalista de games já havia me levado o mais longe possível. Certamente minha familiaridade com vídeo games tem sido muito útil em minha segunda carreira como roteirista e autor, particularmente ao adaptar vídeo games em filmes e séries de TV, ou quando consultando o aspecto narrativo de novos games em desenvolvimento.

4. Como você criou a mitologia do seu primeiro livro, “Abominação”, e quais os critérios adotados para equilibrar história real e fantasia?
Eu era fascinado pela ideia de combinar história e fantasia. Em vez de inventar todo um mundo ficcional como a Terra Média ou Westeros, eu achei que seria divertido e interessante pegar uma época e um lugar real da história - a Idade das Trevas na Inglaterra medieval, durante a ocupação viking - e adicionar elementos fantásticos. Então a parte histórica se torna mais selvagem e louca, e a parte fantástica vira mais pé no chão pelos fundamentos históricos. 

5. Quando surgiu a ideia e vontade de narrar a história de “Abominação”?
Por muito tempo eu pensei em desenvolvê-lo como um roteiro, mas decidi que o pano de fundo histórico e os altos níveis de gore e violência tornariam difícil vendê-lo como um filme. Eu realmente desejava escrever a história que eu queria, sem ter que me preocupar com demandas comerciais do mercado de Hollywood. Então eu troquei para a ideia de escrevê-lo como um livro.

6. O livro possui momentos incríveis de luta, narrados de forma dinâmica, impactante, realista e de grande violência. Como você conseguiu equilibrar essas passagens no decorrer da história? 
O cenário histórico é realmente importante para estabelecer o mundo e os personagens, mas uma vez que a história começou a andar, eu percebi que eu não precisava me apoiar tanto nele. É, principalmente, uma história sobre os dois personagens principais e como eles confrontam seus próprios demônios.

7. A criação de um roteiro normalmente é feito dentro de uma equipe. Como você lida com o processo de escrita em grupo e um trabalho mais solitário como o processo de um romance? 
Eu realmente adorei trabalhar com um grupo colaborativo. Em Rogue One eu fui afortunado o bastante para trabalhar com alguns dos roteiristas mais talentosos do mundo na Lucasfilm e eu aprendi demais com eles. Mas filmes em algumas maneiras não são a melhor mídia para roteiristas porque eles são produto de muitas vozes criativas diferentes e a visão do roteirista para um projeto, mesmo que seja um projeto que ele criou, pode às vezes se apagar e se perder no meio do caminho. Ao escrever um livro eu pude enxergar como é contar uma história diretamente para o público sem depender de mais ninguém.

8. Temos a sensação de estar vendo um grande filme durante toda a leitura. Você já imaginou "Abominação" para o cinema? 
A ideia original era contar a história de Abominação como um filme, e agora que ela é um livro espero que tenhamos essa oportunidade, já que existe uma boa chance de que o livro seja adaptado para a telona. Fiquem ligados!

9. Gostaríamos muito de conhecer a sua biblioteca de terror e fantasia. Você poderia listar 10 livros mais importantes para você dentro desse universo? 
Entre meus livros favoritos estão O Guia do Mochileiro das Galáxias, O Nome do Vento, O Temor do Sábio, Matadouro 5, Wolf in White Van, Duna, A Guerra dos Tronos, Silo e The Blade Itself.

10. Um lista de 5 grandes jogos que fazem parte da sua formação como gamer. 
Eu tenho idade o suficiente para ter crescido com a primeira clássica geração de vídeo games, mas ao longo das décadas meus favoritos incluem Manic Miner, Paradroid, Mass Effect, Journey, Inside, Red Dead Redemption e praticamente todos os jogos do LEGO.

11. Você já trabalhou em grandes projetos como Star Wars - Rogue One, Book of Eli, The Walking Dead e o incrível documentário Atari: Game Over. Existe algum novo projeto em andamento ou algo que você adoraria desenvolver dentro do universo da cultura pop? 
No momento eu estou trabalhando com a 20th Century Fox na adaptação cinematográfica de David Petersen para Mouse Guard, que é uma das minhas séries de quadrinhos favoritas de todos os tempos. É um projeto dos sonhos para mim e espero que vocês tenham a oportunidade de vê-lo nos cinemas em breve!

12. Os leitores brasileiros estão muito empolgados com a edição do seu livro pela editora DarkSide® Books. Como você está recebendo essa nova família brasileira de fãs e leitores? 
Essa empolgação que existe no Brasil para a publicação do meu livro é tão incrível. A edição que a DarkSide montou, com as páginas salpicadas de sangue e a incrível arte de capa, é a versão mais incrível do livro que eu já vi. Eu mal posso esperar para saber a opinião dos leitores brasileiros depois que eles lerem o livro!

13. Você poderia deixar conselho para os leitores brasileiros que querem começar a escrever sua própria fantasia?
Apenas escrevam. Todos os dias. Tentem seguir o hábito de escrever e desenvolver suas próprias ideias. Não há substituto para dedicação e muita prática!

Nesses últimos dias tem esfriado aqui em onde eu moro (finalmente!). Aproveitei as baixas temperaturas para fazer coisas que eu adoro, especialmente tomar bebidas bem quentinhas e aquecer minhas mãos com as canecas. Para variar um pouquinho, já que eu sempre uso chá nas fotos de resenhas, decidi fazer um achocolatado :)


Titulo original: Abomination | ISBN: 978-85-66636-79-6 | Páginas: 313

A resenha ficou grande, pois é isso mesmo. Espero que alguém tenha parado pra ler tudo haha, e que alguém tenha se interessado pelo livro!

Isso é tudo, pessoal! Rainha Vermelha,

SOMOS TODOS LOUCOS AQUI

56 comentários :

  1. Cada livro lançado pela darkside faz o nosso coraçãozinho parar por alguns instantes de tanta emoção!
    Que edição linda! Acho que a história vai me agradar muito! Adoro livros que se passam na era medieval e não me importo que haja muitas batalhas com aberrações ou coisas assim haha beijos!
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, sim! Todo mês eu fico ansiosa para saber qual vai ser o livro (ou livros) lançado, e, principalmente, para ver a capa/edição :)

      Excluir
  2. Eu simplesmente sou apaixonada por mitologia e histórias medievais <3
    ~ Vou parar de comentar o quanto eu estou querendo esse livro ~
    Amei esse detalhe de "sangue" respingado nas páginas, diferente e bonito!

    Posso indicar? Leia O Nome do Vento, e se eu tentar descrever ele aqui, irei ultrapassar o limite de caracteres (tem algum?rsrs)
    Realmente, acho que tu vai gostar muito.

    | umapartedemimblog.blogspot.com.br |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que eu já ouvi o nome desse livro que você me indicou em alguma aula na escola, mas não estou certa (?). Vou pesquisar aqui a sinopse para ver do que se trata! ps: não tem limite, pode escrever a vontade :D

      Excluir
  3. Uau, adorei os detalhes da capa desse livro! Todos os livros lançados pela Darkside são show de bola! Como eu gosto de histórias que passam na era medieval, vou amar ler esse livro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que leia! Depois me conta o que achou :)

      Excluir
  4. Oiee

    Sou apaixonada por histórias medievais e a DarkSide sempre arrasa nas edições!! Já quero!!
    Adorei a entrevista, principalmente da pergunta sobre o que ele achou da edição brasileira. Que tudo!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, chuchu :)

      Excluir
  5. Poxa, é meio problemático pra mim ler sobre vikings e sobre a Inglaterra depois dos livros do Tio Cornwell (As Crônicas Saxônicas) que eu sou roxa de paixão, e o Rei Alfredo é o cara. <3 Mas adorei a sua resenha, talvez eu dê uma chance, rs. Ah, o livro é lindíssimo, pelo amor de deus, que edição é essa?! Muito amor envolvido pela Darkside. <3

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da resenha, amora :D

      Excluir
  6. Parabens pelo blog, adorei as fotos e o conteudo <3 Fiquei com vontade de ler o livro só de ver as fotos hahaha Confesso que nao é meu genero preferido, mas fiquei bem curiosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, lindinha *-* ah, fico muito feliz que a resenha tenha te deixado curiosa!

      Excluir
  7. Sou super fã de romance, mas não curto nem filmes e nem livros sangrentos, pois mesmo não vendo as cenas eu posso imaginar lendo um livro, então evito leituras assim. Mas confesso que esse livro despertou o meu interesse pelo fato de ser uma história medieval. Achei muito legal a entrevista no final do post

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado, fofinha ^-^

      Excluir
  8. Só pra constar: li tudo sim. Sinceramente, a história do livro não me chama tanto a atenção, mas a edição é tão maravilhosa que eu quero - assim como todos os outros livros da DarkSide rs suas fotos, como sempre, estão incríveis!
    Literalize-se

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, amora! Ah, e eu passo por isso que você disse: não me interessar tanto pela história, mas querer o livro porque a edição é maravilhosa hehe.

      Excluir
  9. Oi Red Queen! Esse livro está pipocando em todo lugar! Caveirinha manja muito das divulgações dela! eheheh
    Achei a edição maravilhosa e adorei o jeito que você fez as fotos, clean, com destaque pro livro e, ainda assim, lindas e no seu estilo!
    Devo dizer que a história não me interessa tanto assim e não acho que vai pra minha lista de prioridades de aquisição (tenho muitas outras caveirinhas-desejo! eheheh). Mas a resenha tá linda e contando bem as impressões do livro, como sempre.

    ps: Sobre a ordem dos filmes de Star Wars (sim, sou fã... quiser falar de SW, tô aí... kkk), você tem duas opções, ver na ordem de lançamento, como todos os reles mortais tiveram que ver, já que os filmes 4, 5 e 6 foram lançados primeiro. Os filmes 1, 2 e 3 vieram bem depois. E agora temos mais dois filmes recentes: O Despertar da Força (que seria, tecnicamente, depois do filme 6) e Rogue One (que fica, na verdade, entre os filmes 3 e 4). Então, se quiser seguir a cronologia da história e não de lançamento, ficamos assim:
    1 - Star Wars Episódio I - A Ameaça Fantasma
    2 - Star Wars Episódio II - Ataque dos Clones;
    3 - Star Wars Episódio III - A Vingança dos Sith;
    4 - Star Wars - Rogue One;
    5 - Star Wars Episódio IV - Uma Nova Esperança;
    6 - Star Wars Episódio V - O Império Contra-Ataca;
    7 - Star Wars Episódio VI - O Retorno de Jedi;
    8 - Star Wars - O Despertar da Força.

    A lista tá aí, agora é só assistir e se apaixonar (ou não! kkk)! Se quiser a ordem de lançamento é Episódio IV, V, VI, I, II, III, O Despertar da Força e Rogue One (gosto bem da experiência de ver na ordem de lançamento, devo dizer... rs).

    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado das fotos e da resenha, fofinha! *-*

      Ahhhh, e muito obrigada por me explicar essa ordem maluca haha. Acho que vou acabar vendo na ordem de lançamento, pois deve ficar meio estranho ver um filme de 2017, com os gráficos ótimos, entre o 3 e o 4, por exemplo, que, pelo que eu sei, são meio antigos. Netflix tá bem ali, vou tentar ver logo :D

      Beijos :*

      Excluir
  10. Apesar de eu adorar estudar essa matéria na escola quando o assunto é livros da Era Medieval eu nunca me empolgo. Não sei porque mas as histórias não me cativam.
    E preciso falar que te entendo perfeitamente na questão de Star Wars. Eu me sinto uma idosa por não nunca ter assistido os livros e nem visto o filme mas eu simplesmente não consigo entender a ordem. Para piorar existem inúmeros livros escritos por várias pessoas. Como vou saber qual ler? hahah Enfim, você não está sozinha.
    A resenha ficou maravilhosa, como sempre são suas resenhas <3
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre Star Wars, tô meio que na mesma situação que você haha. Tem tantos livros que eu nem em atrevo a incluir na minha wishlist!

      Obrigada pelo carinho :*

      Excluir
  11. Não tem como não amar as edições da Dark ♥ Cada novo lançamento é um tiro rs. Admito que até hoje também não aprendi a ordem correta de Star Wars, assim como também nunca me interessei muito pelos filmes em si. Meio que compartilho da tua sensação de ser leiga quando se trata de coisas que todos conhecem rs. Quanto a história, ela é bem diferente do que eu imaginava, já que a capa me remeteu a algo completamente diferente, mas parece ser aquele tipo de livro que você começa a ler e quer desesperadamente saber o resto. Fotos lindas, e a entrevista tá incrível ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra você ter uma ideia, moça, eu ainda não li nem assisti Harry Potter, Jogos Vorazes, Star Wars... a lista tá grande haha, mesmo muita gente dizendo que tudo isso aí é bom demais :p

      Fico muito feliz que tenha gostado da resenha, das fotos e da entrevista :)

      Excluir
  12. SOCORRO! AMEI <3 ahaaha não sou muito fã de livros assim, mas me encantei da forma como você escreveu e já to curiosa sobre os capitulos, vou comprar com certeza <3 beijoos

    ResponderExcluir
  13. Que medo desta capa! Adoro os livros da DarkSide! E realmente, a cada dá uma impressão contrária do conteúdo da história e acho isso mara! Beijos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, a capa tem um tanto quanto a ver com a história ;)

      Excluir
  14. Oi Luana..Assim como vc também nao gosto de historias medievais, também pela violencia gratuita que eles tem... e vc ganhou a minha atencao quando mesmo sem gostar do genero, alegou que o livro rende a atencao. Achei as fotos linda tambem e sua resenha eh muitoo completa.. deve ter sido bem difícil de fazer.. gostei muito da dica. Bjo Thata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que a resenha fez você se sentir atraída pelo livro ^-^ obrigada pelo carinho! Ah, fazer resenhas é sempre um desafio para mim, pois demoro um pouco para conseguir organizar minhas impressões sobre as obras, mas sempre vale a pena :)

      Excluir
  15. Amo a parte da história medieval, mas assim como você, não curto muito as obras que envolvem este período. Gostei de saber que o livro prende a atenção do leitor, que é o que sinto mais falta nas obras que ando lendo ultimamente. Amei as fotos! Parabéns e sucesso

    ResponderExcluir
  16. Amo Star Wars e a melhor ordem (na minha opinião) é: 1,2,4,5,6 e por último o 3. Assisto assim é amo! Eu curti muito a resenha desse livro é amo seu blog e a composição das suas fotos. O fato de ser medieval já me ganha fácil. A arte do livro tá incrível de verdade! Assiste Star Wars, e leia os livros porque são excelentes! Beijos 💜

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado da resenha, amora :) ah, obrigada pela dica sobre os filmes/livros de Star Wars!

      Excluir
  17. Uau! Isso é que é post completo: resenha + entrevista com o autor. Sinceramente olhando para a capa eu tinha uma ideia totalmente do livro. Adorei a resenha, mas não sei bem se o livro é pra mim. Mas com certeza minha irmã vai adorar, vou mostrar para ela .BJ


    http://missdiva.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Nossa, me interessou muito! Gosto muito do tema vikings e tô aguardando essa parte da história na série. :D
    Me interessou bastante, fora que a edição é linda! <3
    Bela resenha ;)

    Beijos*

    ResponderExcluir
  19. É a segunda vez que eu vejo a resenha sobre esse livro. A capa é bem feita e bem impactante. Gostei da sua resenha.. Eu gosto muito de livros sobre historia de romance

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, amora <3

      Excluir
  20. Vi o seu outro post sobre quando recebeu esse livro e agora com a resenha fiquei ainda mais afim de ler! Parece ser fantástico. Adorei também a entrevista! <3


    sorria sempre :)
    www.malusilva.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois em conta o que achou, fofinha :*

      Excluir
  21. Estamos junto quanto ao Star Wars o/ por isso eu não sei te explicar, sinto muito =\ mas lerei os comentários para ver se alguém me orienta tb rs. Gente, que livro! Nunca tinha ouvido falar dele, mas fiquei super interessada na história por se tratar de pessoas e histórias reais. Isso sempre me cativa muito! Nunca fui de ler sobre época medieval e, incrivelmente, esse livro me deixou com vontade de esquecer essa minha falta de costume, pois agora estou morrendo de curiosidade para conhecer o protagonista e o que aconteceu que te deixou com dó kkkk achei essa capa simplesmente divina e amei o sangue respingado nas páginas por fora. As fotos estão lindas, amei a resenha :D ps: também amo livros que contém mapas! Imersão bacana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom sairmos da nossa zona de conforto, e, como eu disse, e esse livro em ajudou nesse quesito :)

      Oh, eu fico muito feliz em saber que gostou da resenha!

      Excluir
  22. Oi.
    Os livros da Dark são as melhores edições, isso é fato.
    Mas admito que a história não me conquistou, não é um gênero que leio com facilidade.
    Mas que bom que a leitura te surpreendeu de forma positiva.
    Beijo

    ResponderExcluir
  23. O trabalho da Darkside é de outro mundo, sério. Eu provavelmente não me interessaria por um livro assim, foge totalmente da minha zona de conforto, mas a edição é tão, mas tão maravilhosa que foi impossível não ir no meu skoob e adicioná-lo na minha lista de leituras. <3
    Amei muito as fotos, como sempre. Resenhas de livros aqui no teu blog é sempre um prazer de ler *-*

    Beijos ♡
    misinwonderland.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A DarkSide sabe mesmo como fazer a gente querer seus livros, porque é cada edição maravilhosa! *-* Ah, que bom que gosta das minhas resenhas. Obrigada pelo carinho <3

      Excluir
  24. Quando vi esse livro pensei que era sobre terror/horror que são gêneros que não gosto muito. Mas saber que fala sobre história nórdica, já foi pra lista de queridos, sem falar que, a #darksidebooks dá show né? Minha coleção deles só aumenta! Lindas imagens!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que, se você gosta de histórias medievais, vai amar :D

      Excluir
  25. QUE BACANA! Pela capa a gente nem sabe sobre o que se trata mesmo... mas sobre vikings? Haha! Lembrei que provavelmente a melhor série que já vi se chama Vikings, e quem gosta de Game of Thrones com certeza vai gostar também!
    Sobre os Star Wars, menina, você tem que assistir! Basicamente os episódios IV, V e VI são os filmes antigos, ou seja, foram os primeiros a serem lançados. E aí, depois, lançaram o I, II e III (que precede a história do IV, V e VI) e agora lançaram o episódio VII que é uma continuação normal, mas vários anos depois de tudo.
    Eu assisti na ordem I, II, III, IV, V, VI e VII. Achei ótimo (tem gente que me mataria haha), mas você pode ver da maneira que quiser, contando que veja de 3 em 3. Vale muito a pena, tenho certeza que você vai gostar!

    E parabéns pelo blog, um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, amora. Obrigada pela orientação sobre Star Wars :) vou tentar ver logo!

      Excluir
  26. Oiiie!

    A Darkside sempre se supera nas edições, sério! Amo as capas delas hahah E já estou no segundo livro da editora e gostando bastante. Esse em particular em não leria por ser do tipo "assustável fácil" hahahha

    Eu nem ia conseguir dormir, acho! As fotos ficaram lindas demais!

    Beijos!

    http://leelerblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual livro você está lendo, chuchu? :)

      Obrigada pelo carinho :*

      Excluir
  27. Eu estou morrendo de amores com os livros da editora darksite é um livro mais chuchu que o outro.
    As fotografias são maravilhosas!!!

    ResponderExcluir
  28. Show, parabéns! Não vejo a hora de tá com o meu em mãos.

    ResponderExcluir

Recadinho: clique em "notifique-me" para descobrir qual foi minha resposta ao seu comentário, e para que possamos conversar melhor ;)