14 janeiro, 2017

Sobre ainda estar vivo

And I never minded being on my own
Then something broke in me and I wanted to go home
A verdade é que todo mundo tem motivos para rir e para chorar. O que difere as pessoas é a forma como cada um encara essas situações.

Infelizmente, algumas pessoas sofrem de um problema chamado ansiedade. Não adianta pedir para um ansioso se acalmar, dizer que tudo vai acabar bem, nem tentar fazê-lo ver o quanto está fazendo um bom trabalho. 

Não tenho medo de escuro, e estou conseguindo lidar com as mariposas e borboletas, mas crises de ansiedade é algo que eu tenho muito medo. Por isso eu sempre estou me ocupando, respirando fundo e com fones de ouvido. Isso me ajuda. Mas, nos últimos dias, aquelas tristezas, inseguranças e nervosismos que eu tento ignorar me pegaram.

Que falta de respeito! Ficar triste assim logo na primeira semana do ano? Coloca um sorriso no rosto. O que está acontecendo? Quanta bobagem! Porque você está chorando assim? Big girls don't cry.

Não vou dar detalhes, isso é  pessoal. Eu mesma e eu. Se eu contasse tim-tim por tim-tim, me obrigaria a deixar esse post no modo privado, e eu não quero isso. Só vou dizer que tudo o que aconteceu fez com que eu me sentisse insatisfeita com muita coisa, nervosa, com dores de cabeça e enjoada (literatante enjoada, a ponto de ter colocado meu almoço pra fora várias vezes). Mas eu tento tirar uma lição de cada situação, por mais horrível que ela seja.

Eu ainda estou viva. Você ainda está vivo. Todos nós estamos vivos. A vida é assim: às vezes tropeço, às vezes a queda. E sempre uma nova oportunidade de levantar e seguir em frente.

Tudo isso para dizer que eu vou fazer o (im)possível para não me afastar de novo... e para mostrar coisas que me fizeram realmente feliz nos últimos dias.


>> voltei a fazer recortes e anotações nos meus cadernos particulares, e percebi o quanto isso me faz bem.



>> recebi a encomenda mais especial com o presente mais especial do mundo ❤



>> descobri que, se existisse uma loja de nuvens, eu e todos os fotógrafos teríamos cartão fidelidade.



>> tomei chá para me acalmar.



>> tirei mini-férias num lugar lindo, andei sozinha por uma gruta e encontrei pequenos chalés no meio da mata.





>> recebi uma visita muito especial ❤
     


>> ganhei uma nova foto para o perfil do blog e do facebook. 



>> tentei perder a vergonha diante de uma câmera.



 >> encontrei a minha frase-mantra que, um dia, vai se tornar uma tatuagem na minha costela.



>> escutei a música mais linda do mundo muitas, muitas e muitas vezes ❤


Isso é tudo, pessoal! Muito obrigada e não desistam de mim (eu ainda não desisti).

SOMOS TODOS LOUCOS AQUI

36 comentários :

  1. Primeira vez que entro aqui e já me identifiquei contigo, mana. Talvez a minha ansiedade não seja tão forte, mas, quando aparece, é como se o mundo estivesse tentando me sufocar com as próprias mãos. Faz sentido? Não sei, mas é sempre isso que eu penso quando acontece.

    Estamos vivos, e isso é incrível, ainda que as vezes seja doloroso. Obrigada pelo post! <3
    literarizandomomentos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem vinda ao País das Maravilhas, florzinha!

      Acho que pessoas que tem ansiedade, independente do nível, tem de enfrentar coisas muito ruins... então, sim, faz sentido.

      Beijos e boa sorte com tudo :*

      Excluir
  2. Cara, vc não tem ideia do quanto teu blog fez falta nesses dias, mesmo tendo sido poucos dias. Claro, não só dos teus posts, mas da tua presença, mesmo que só virtualmente! Só que sim, entendo a necessidade de se afastar um pouco, juntar as partes e ganhar forças, mesmo que isso signifique se permitir ficar triste na primeira semana do ano. Afinal, ciclos são necessários, e às vezes começam de um jeito doloroso. Só que depois tudo flui, tudo melhora. Mas cada coisa a seu tempo.
    Um grande beijo, e muita força pra vc!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu blog fazer falta, isso é novidade hehe. Muito obrigada por isso e por entender, amor <3

      Excluir
  3. Ahh lindo.. eu amei seu post.. também as fotos.. Parabéns.

    ResponderExcluir
  4. Oi Luh! Também sou muito ansiosa, e sei bem como se sente; No meu caso, eu tive um tipo específico de ansiedade que parou minha vida por muitos anos. Tem dias que eu tenho recaídas e chego no fundo do poço. Mas a vida é isso, altos e baixos, um dia você tá bem, outro não tá... mas a gente sempre mantém as esperanças, e fazer pequenas coisas que nos fazem bem ajudam também :)

    Espero que fique 100% e que mantenha as coisas que gosta. Grande beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu torço para que todos os seus dias sejam bons e sem recaídas. Ansiedade é algo terrível! Que as Aves de ajudem <3

      Obrigada por tudo, fofinha.

      Excluir
  5. AAAAAAAA eu estava sentindo falta disso aqui Lu. Primeiramente: adoro suas fotos e elas são maravilhosas, segundamente: precisava saber que eu não estava sozinha nessa situação, além de ser extremamente ansiosa tive uma recaída nessas primeiras semanas de 2017 e os meus transtornos me colocaram na cama, literalmente e me levaram a não querer desistir de tudo e apenas por um incidente do acaso continuo aqui. No entanto, vejo pessoas incríveis ao meu redor e vejo pessoas fazendo o (im)possível para me apoiar e me ajudar a recuperar o amor pela vida, ainda não me sinto bem, mas estou fazendo de tudo para melhorar e fazendo só as coisas que costumavam me deixar feliz, ler seu blog é uma delas, então muito obrigada. Espero ficar bem, espero que você fique bem, vários abraços quentinhos como seu chá e obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo elogio e apoio, lindinha *-*

      Infelizmente, muitas pessoas por aí sofrem de ansiedade, como como eu e você! Fico feliz que tudo esteja correndo bem pra você, apesar de tudo, e ainda mais feliz em saber que o blog está ajudando pessoas :)

      Excluir
  6. Que amorzinho de post! Eu me identifiquei muito com ele, principalmente a parte do "Que falta de respeito! Ficar triste assim logo na primeira semana do ano?". Eu mesma sempre me falava isso enquanto estava mal. Mas que bom que você está dando a volta por cima. Amei suas atividades e essa música é maravilhosa!

    http://subscrevendome.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, amora *-*

      Se tem uma coisa que eu aprendi é que não devemos nos culpar por ficar triste! é algo necessário algumas vezes.

      Excluir
  7. A QUESTÃO É QUE NOS MESMOS PODEMOS ESCOLHER SE QUEREMOS CHORAR OU SORRIR, AMEEEI <3 BEIJOOS
    http://atraspenteadeira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, florzinha <3

      Excluir
  8. Compartilho de tudo que você falou. Sou uma pessoa altamente ansiosa e sei o quanto uma crise de ansiedade é ruim. Você sente como se seu peito fosse explodir só pela força com que o eu coração bate, seu corpo queima, cada parte dele! Na época do vestibular, eu uma ansiosa por natureza, que queria passar no vestibular de medicina sofri com isso mais que nunca, entrei em depressão e me curei sozinha, eu, eu mesma e uma série de comédia. Acho que eu estou acabando de assistir How I Met Your Mother pela terceira vez agora, por medo de ser essa série que me sustenta e se eu parar, tudo desmorona novamente. Obrigada pelo seu post, pude ver que eu não to sozinha nesse mundo! <3

    Beijos,
    www.andressafigueiredoblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por compartilhar suas experiências aqui, amor. Desejo de todo o coração que você melhore e consiga passar por isso!

      Excluir
  9. A vida é assim: às vezes tropeço, às vezes a queda. E sempre uma nova oportunidade de levantar e seguir em frente.Você não precisa se cobrar tanto você é linda e perfeita deixa as coisas tomarem o lugar certo na vida eu amei o recorte da Amely Pooly "O maravilhoso destino de Amely Pooly" é meu filme preferido acho que vocês duas tem muita coisa em comum, eu já fui muito ansiosa queria que tudo acontece de uma vez só quando eu conhecia um rapaz eu queria que no outro dia ele ja me pedisse em namorou ou que se não tivesse gostado de mim que me falasse logo,mais com o tempo eu fui mudando amadurecendo e percebendo que há um tempo para tudo,eu amei as suas imagens transmite um paz eu amei conhecer um pouco mais de você hoje

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo carinho, florzinha <3 e você conseguiu ver a Amelie *Poualin* ali hehe! Fico tão feliz quando as pessoas dizem que eu e a Amelie somos parecidas :)

      Excluir
  10. QUE POST INSPIRADOR, IMAGENS MARAVILHOSASSS <3

    ResponderExcluir
  11. Também soubastante ansiosa... Amei o texto e principalmente as fotos. Muito amor em um post só!!!

    ResponderExcluir
  12. Amei o seu post, consegui me identificar bastante! <3
    Mesmo estando pra baixo, temos que levantar a cabeça e pensar que em breve as coisas vão melhorar, porque senão vamos continuar na mesma sempre!
    Amei suas fotos <:

    ResponderExcluir
  13. Fazia tempo que eu não passava por aqui, ando tão corrida com a faculdade que parei de visitar blogs, mas estou voltando. E como é bom ler os seus textos
    Sou super ansiosa, 'morro' antes de levar o tiro, mas ainda estou viva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que esteja de volta, florzinha. Boa sorte com tudo <3

      Excluir
  14. Eu sofria de transtorno de ansiedade quando era criança. Não me comunicava com ninguém e isso me tornava cada vez mais perdida na minha mente, eu não dormia e era totalmente inquieta. Hoje em dia estou mil vezes melhor, mas vez ou outra a ansiedade bate e eu começo a ficar em um estado de impotência. Só sei que dessa vez eu não quero que ela me pegue mais.
    Acho que reforçar as coisas boas da vida é sempre bom, porque se aprendi uma coisa é que a gente nasceu pra ser feliz! Amei o post.

    www.desconfigurando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A minha ansiedade sempre existiu, lembro disso porque não conversava muito e roía as unhas. Ela piorou muito depois do ensino fundamental, e eu luto para manter tudo sob controle!

      Fico feliz que tenha gostado, lindinha *-*

      Excluir
  15. Que post legal!
    Você escreve muito bem!
    Sofro de ansiedade e tomo remédio para tratar, achei legal você tocar esse assunto!
    Chás são maravilhosos pra tudo!

    Beijos e lindas fotos!

    ResponderExcluir
  16. eu também sofro de ansiedade e faço tratamento psiquiátrico, pois ansiedade é coisa séria! E pode desencadear depressão e ataques de pânico. Eu já tive pânico e é horrível. Fico feliz por você que conseguiu tirar forças para ficar bem, calma, e ter saído da rotina, isso faz muito bem ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seríssima! Não entendo porque algumas pessoas gostam de romantizar tal doença. Desejo que você consiga passar por tudo isso, chuchu <3

      Excluir
  17. que texto mais lindo, Lu! como voce provavemente ja sabe, eu tbm sofro de ansiedade e depressão e perceber que eu estou aqui, eu estou viva..é ótimo. Esses dias, um conhecido me disse: "ei, sente o ar, sente a natureza, o sol, o vento..tu tá aqui, tu é uma parte do universo e ele é uma parte de ti. tá tudo bem." e foram as melhores palavras que alguém já me disse..é realmente muito chato escutar "se acalma" "para com isso" "que bobagem", quando na tua mente tudo está uma loucura. Eu amei muito a tua lista de coisas que te fazem mais feliz e que te acalmam, isso é essencial. To escutando aqui a música de desventuras e AMANDO. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Liz! Sei sim o quanto você sofre com isso, e desejo que consiga passar por tudo. Muito obrigada por essa frase <3 ela realmente ajuda muito.

      Essa música tem me salvado muito *-*

      Excluir
  18. Que bom que está de volta! A ansiedade é algo difícil de lidar, espero que todos os dias você consiga superar. Amei suas fotos, você é super talentosa <3

    http://www.publicandoblog.com/

    ResponderExcluir

Recadinho: clique em "notifique-me" para descobrir qual foi minha resposta ao seu comentário, e para que possamos conversar melhor ;)