Eu uso o que eu quiser!

eu vou usar o que eu quiser!
Foto: Pinterest
Quando eu era pequena, lá pelos seis ou sete anos, tinha um par de meias vermelhas. Elas iam até o meio da coxa e eu adorava! Ficava torcendo para que fizesse frio todos os dias porque assim eu ia poder ir para a escola com uma saia e com minhas meias. Naquela época eu não usava calça nem short. Só queria usar vestidos, saias e camisolas porque eu dizia que era assim que as princesas da Disney se vestiam. A única coisa que a escola realmente exigia era um camiseta branquinha; o resto era por minha conta. Minha mãe me ajudava a me arrumar. Ah, eu também tinha um par de all star que era todo decorado com canetinhas coloridos. Toda vez que minha mãe lavava eu ia lá es fazia os desenhos de novo.

Meia, saia e tênis. Eu adorava esse conjunto (naquela época, não usavam a expressão "look").

Lembro que um dia eu estava usando o combo meia-saia-tênis e uma menina que sentava do outro lado da sala veio me perguntar como eu tinha coragem de usar uma coisa tão horrível quanto aquilo. Nossa, eu fiquei tão triste que parei de usar minhas meias vermelhas. Comecei a ir para a escola com as brancas que estavam guardadas em casa.

Depois de um tempo, as meias vermelhas não cabiam mais em mim e minha mãe colocou numa caixa de roupas para a doação. Eu nunca mais vi um par de meias iguais aquelas. Acho que eu ligava muito para os que as outras crianças iam achar de mim. Isso se estendeu até o sétimo ano.

Foi naquele mesmo ano que eu percebi que ligar para o que os outros dizem ou pensam sobre as minhas roupas (ou sobre qualquer coisa sobre mim!) é perda de tempo. Se eu me sinto bem com alguma coisa, eu vou usar. Se eu me olho no espelho e gosto do que vejo, simplesmente deleto (deleto mesmo, não arquivo) as possíveis críticas.

Tiara de gatinho, óculos de coração, tênis colorido, roupas com estampa de bichinhos, boina... Tudo isso faz parte do meu guarda-roupa e sabem por quê? Porque eu uso o que eu quiser!

Se alguém souber de uma loja que vende mais vermelhas, me avise.

39 comentários :

  1. Acho que você sempre teve estilo desde criança é isso. Acho que o certo é usar o que gostamos, independente da aprovação dos outros. Se eu souber onde vende as meias vermelhas eu te falo ok.rsrs bjs
    www.pilateandosonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito obrigada, chuchu! <3
      beijos :*

      Excluir
  2. Eu também quando era mais nova me importava muito sobre o que as pessoas falavam até um ponto que chegou " e eu o que eu acho de mim" depois de um tempo larguei e comecei usar o que eu gosto, o que eu acho que ficaria legal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que quando a gente é criança/mais nova da muita atenção ao que os outros falam, né? acho que é isso porque hoje não dou a mínima (: ah, e que bom que você também usa o que gosta sem se importar!
      beijos :*

      Excluir
  3. É isso aí! E não para nas roupas, não. Eu passei por isso por muito tempo, por causa das minhas roupas e do meu jeito. Mas sabe de uma coisa? Você é quem você quiser!

    Um abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não é só para roupas mesmo!
      tem gente que sente prazer em falar mal ou insultar tudo que é do outro; a gente tem que ignorar :D
      beijos :*

      Excluir
  4. Amém! E continue pensando assim até ficar velhinha :P
    Acho que todo mundo já passou por essa fase terrível de ser zoado pelas crianças. Lembro que adorava usar meias coloridas com bichinho, roupa preta e luva estilo rocker (olha que linda :P) um dia me zuaram por isso e nunca mais usei... até chegar no ensino médio :D
    Ainda tenho aquelas meias de bichinho e meu namorado faz questão de alimentar essa minha obsessão por coisas fofinhas (ainda bem! :D)
    Espero que continue assim, ligue o foda-se e deixe que falem ;)
    Você não é obrigada XDD
    2BJ :***
    Nerd de Pijama

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha :D já estou aqui imaginando seu look cheio de personalidade! <3 você tem que ver lá na escola, quando eu uso SÓ batom vermelho! :v quero ver o dia em que eu chegar la´com um all satr de cada cor :b
      e que namorado mais legal o seu <3 se for para eu começar a namorar, ele vai ter que ~respeitar~ esse meu estilo maluco!
      beijos :*

      Excluir
  5. Que legal Luana, amei seu blog e sua determinação, é isto mesmo, se gostamos devemos usar mesmo. Seja você, você mesma e não o que "as regras" ditam. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que gostou, chuchu *-* eu sempre tento "adotar" esse lema de ser eu mesma (:
      beijos :*

      Excluir
  6. É tão bom quando conseguimos nos "libertar" do que os outros pensam, né?
    Amei as meias vermelhas! Tomara que tu encontre logo e consiga reconstruir teu antigo look ou parte dele... hahahaha
    E continue com esse pensamento de vestir o que quiser. #apoiado

    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é muito incrível mesmo! acho que eu comecei com essa "vibe-aceitação" lá no primeiro ano do ensino médio :D
      eu ainda estou procurando as meias vermelhas <3
      Beijos :*

      Excluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Meu sonho é encontrar meias vermelhas!!! Pq simplesmente amo meias, e se for com estampas ~diferentonas, melhor! hahaha Vc tem razão, Luana, a roupa é como uma extensão do nosso corpo, por isso se não estamos bem com ela, não há pq usar, mesmo que todo mundo diga que vc ficou bem nela! Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu adoro esse estilo de meias :D listradas, com estampas de bichinhos, ou só coloridas mesmo <3
      e não é verdade?: a gente não usa roupas para se sentir bem e feliz? se nos sentimos bem, pra que ligar :D
      beijos :*

      Excluir
  9. Estou tão feliz em ler esse texto que nem sei dizer! Que você possa encher-se de meias vermelhas e de amor por si mesma! Obrigada por ter tornado minha noite melhor com esse relato.

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que o texto te deixou feliz, fofinha (:
      e muito obrigada por essas palavras tão lindas <3
      beijos :*

      Excluir
  10. Esses dias fiz um penteado diferente no cabelo: pompoms de cada lado da cabeça, tipo a Pucca, meu cabelo é cacheado curto e nossa, eu amei!! Logo veio uma moça me falar que eu não deveria usar assim porque ficava parecendo uma criança. Não me chateei, porque se aprendi uma coisa é que a vida é muito curta para nos basearmos em opiniões que não acrescentam em nada! Amei seu texto e se eu ver meias vermelhas por aí venho te avisar hahaha ♥

    Beijão, Iza do blog Peixinho Geek

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cabelos cacheados são tão lindos (o meu ainda está na transição :b) <3 que lindo deve ter ficado *-* acho que se essa moça me visse com a minha tiara de gatinho ela ia cair dura hehe que bom que você não ligou para o que ela disse :D
      ah, muito obrigada!
      beijos :*

      Excluir
  11. Está certíssima! Eu também tive esse problema na escola, todo mundo achava estranho como eu me vestia mas eu nunca liguei pra isso. Que bom você percebeu que você pode e deve vestir o que quiser :)

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que você percebeu também, chuchu (:
      beijos :*

      Excluir
  12. Arrasoou!!! Por muito tempo me preocupei com o que os outros iam achar das minhas roupas mas desencanei. Ninguém tem nada a ver com minha vida, até porque sou eu que compro e pago pelas minhas roupas. Amei o texto, parabéns. Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é tão bom ativar o "fod*-se" e ser feliz do nosso jeito, né? :D acho que essas pessoas que criticam o estilo alheio não estão feliz com o seu próprio :v
      beijos :*

      Excluir
  13. Menina, meu Deus, você escreve tão bem, é tão criativa!
    Realmente este post me define, as vezes eu deixo de usar algo que eu gosto, com medo de comentários negativos :(
    Bem, quero manter contato com você <3
    Beijos
    http://jubadaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito obrigada, lindinha <3 <3 que bom que se identificou com o poste, por favor, não ligue para a opinião dos outros, ok? ;D
      beijos :*

      Excluir
  14. Que linda! Eu amo quem usa o que quiser e não se importa com as opiniões! Confesso que ainda não me sinto totalmente assim mas estou me adaptando! As poucos e com vontade! Que você continue sempre assim e que eu consiga chegar lá! haha Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aceitar o nosso estilo do jeito que gostamos é incrível! então não ligue para o que as pessoas vão achar afinal, o importante é se olhar no espelho e gostar do que vê (:
      beijos :*

      Excluir
  15. Que lindo, Luana! Quando era criança eu também me importava muito, na verdade, durante boa parte da adolescência eu me importei muito com os julgamentos dos outros. Porém, fui aprendendo a não me importar tanto com isso e agora também uso o que eu quero! Já tive meias vermelhas quando era bem novinha, mas depois que cresci também nunca mais encontrei meias assim, hahaha.

    Beijinhos e bom domingo :)
    www.julietaemparis.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, chuchu <3 que bom que se 'libertou' e deixou de lado a opinião dos outros (:
      boa sorte para a gente, e que encontremos as tão lindas meias vermelhas!
      beijos :*

      Excluir
  16. Eu AMO meias coloridas! Ontem mesmo eu saí com uma super rosa e taquei o fod*-se (n achei outra expressão kkkkkk) se iam achar qualquer coisa de mim. Todo mundo passa por essa fase de querer ser aceito. Mas se libertar disso é a melhor coisa que tem! <3 Amei o post

    ps: na 25 de março, aqui em sp, em uma loja de fantasia você super acha um par vermelho pra você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a minha fase de querer ser aceita já passou há muito tempo. Eu sou diferente das outras pessoas e já aceitei isso (não estou falando só quando às roupas...).
      queria ter visto seu look com meias rosa *-* e obrigada pela dica (:
      beijos :*

      Excluir
  17. Amei, eu passei meu ensino fundamental inteiro me importando com a opinião dos outros e principalmente das minhas amigas, meu estilo sempre foi diferente, mais alegre e "estranho" como elas diziam, quando comecei o ensino médio resolvi parar de me importar, hoje visto o que eu quiser! O meu estilo sou eu quem escolho, me aceito do jeito que sou e isso foi a melhor coisa que já fiz por mim <3
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. as pessoas também me chamam de estranha, diferente, louca... de um monte de coisa! eu parei de ligar há muito tempo (: afinal, no futuro, quem vai viver a minha vida sou eu e me sinto muito bem assim <3
      beijos :*
      ps: seu relato, eu amei *-*

      Excluir
  18. É isso aí. Posso ser louquinha da silva mas sou eu mesma e gosto de mim assim desse jeitinho! :)

    xox
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. me definiu em poucas palavras :D <3
      beijos :*

      Excluir
  19. Sabe aquela frase "Ser diferente é normal", acho que se encaixa tanto aqui. Ser diferente, na verdade, não é só ser normal, é ter personalidade... quem seríamos se fossemos todos iguais? Mesmos padrões, mesmos pensamentos? E a graça daquela ideia maluca ficaria aonde? E a graça de uma mania por usar meias vermelhas? O mundo é de quem pensa diferente, não quem corre na esteira de uma fábrica de produção igualitária! Texto incrível Lu! ♥

    www.meiahoraemparis.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tenho uma amiga que vive usando essa frase comigo :)
      que coisa linda essa que você escrever <3 inspirador! concordo com tudo isso; se todos fossemos iguais, qual seria a graça? o.O
      muito obrigada *-* beijos.

      Excluir
  20. Simplesmente a melhor!Concordo com você!Parabéns! http://laysabraga.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Isso acontece muito, Luana. Seja com crianças seja depois de adulto, né?!
    E acho que todo mundo precisa passar por essa libertação de ser exatamente quem é, sem pensar nos padrões e nos outros. Também acredito que não julgar seja um exercício diário pra gente praticar também.

    Beijos.

    Blog Coisa e tal

    ResponderExcluir

Recadinho: clique em "notifique-me" para descobrir qual foi minha resposta ao seu comentário, e para que possamos conversar melhor ;)