Vocês sabem quem é Charles Lutwidge Dodgson?

Foto: Google Imagens
Charles Lutwidge Dodgson, mais conhecido pelo pseudônimo de Lewis Carroll, nasceu no dia 27 de janeiro de 1832, e, se vivo, completaria nesta quarta-feira 184 anos.

Não é à toa que eu tenha escolhido falar dele durante essa semana. Tá, mas... Luana, porque você quer falar sobre ele? Bom, tenho certeza que todo mundo (ou quase, não sei) já assistiu alguma das adaptações cinematográficas de Alice no País das Maravilhas. Mas alguém já se interessou em saber um pouco sobre a história de quem criou tudo isso? Já ouviu falar sobre as polêmicas que o envolvem?

Então, vou tentar falar um pouco dele aqui nesse post de um jeito mais leve para que não fiquei com cara de palestra. 

"COMECE DO COMEÇO..."

Foto: Google Imagens
Nascido em 27 de janeiro de 1832, em Cheshire, Inglaterra. Ele sempre escreveu, desde pequeno: gostava de contar histórias para as irmãs e irmãos menores. Também ilustrava revistas que ele mesmo produzia para  família.

Seus pais eram muito religiosos e desejavam vê-lo seguir nesta carreira. Mas tudo mudou quando começou a estudar na Universidade de Oxford. Sempre muito esforçado e interessado por matemática, acabou sendo convidado para trabalhar na universidade como professor. Essa carreira também deu origem a outras obras, mas todas de matemática. Quem leu Alice através do Espelho com certeza percebeu várias referências matemáticas.

Nesse meio tempo, ele acabou conhecendo as três filhas do reverendo da igreja da universidade. Um delas, obviamente era...

ALICE Pleasance Liddell

(Alice Liddell, por Lewis Carrol/ Foto: Google imagens)
... e essa a menina (que não tem cabelos louros nem cumpridos) encantou o Lewis Carroll. Ele ficou apaixonado por ela. Ficou tão encantado que, durante um passeio de barco, ele começou a contar uma história sobre uma menininha chamada Alice que caia numa toca de coelho e ia parar num mundo mágico e confuso. A Alice "real" gostou tanto que pediu para que ele a escrevesse.

Atendendo a seu pedido, lhe presenteou com um manuscrito da história (que se chamava, inicialmente, As aventuras de Alice em baixo da Terra) e, quem diria?, mais tarde a história foi publicada com ilustrações de John Tenniel, que era conhecido por suas caricaturas, e se tornou um dos maiores clássicos da literatura.

Inclusive, tem uma história muito curiosa: a primeira tiragem do livro foi recolhida das prateleiras, devido a queixas de Tenniel sobre a qualidade da impressão. No meio de tudo isso, Lewis Carroll acabou duplicando a quantidade de palavras e adicionou dois personagens que não existiam: o Gato Risonho e o Chapeleiro Maluco.

Pouco tempo depois, foi lançado outro livro com a mesma personagem, Alice Através do Espelho, onde temos uma despedida de Alice, após viver uma aventura dentro do espelho. Acho que esse livro não é tão conhecido e nem todos leram e por isso acabam havendo confusões, ou a "mistura" das duas histórias.

FOTOGRAFIA E POLÊMICAS

(fotografia tirada por Lewis Carrol/ Foto: Google imagens)
Lewis Carrol gostava muito de fotografar e seus modelos favoritas eram meninas com poucas roupas e, às vezes, sem roupa alguma. Ele sempre deixou claro que gostava de fotografar crianças, exceto meninos. Todas as fotos eram feitas com autorização das famílias e, naquela época, era considerado normal.

Uma de suas modelos - Alice - mantinha uma amizade bem próxima com ele, levando muitos a acreditar que ele sofria de uma paixão platônica pela menina. Fora as hipóteses levantadas de que ele era "meio pedófilo". Mas o fato nunca foi comprovado e ninguém nunca apresentou denuncias. Aparentemente, ele só era obcecado por meninas.

(Foto: Google imagens)
A pedido dele, após sua morte, todas as fotografia foram destruídas ou devolvidas para as famílias das crianças. Apenas cinco das várias fotos sobreviveram.

Lewis morreu no dia 14 de janeiro de 1898.

(Foto: Google imagens)
Ufa, acabei! E olha que foi bem difícil resumir a vida do Lewis Carrol só nessas linhas., Por mim, escreveria muito mais, mas acho ninguém iria ter paciência para ler. Ah, eu pesquisei em diversos sites e vídeos para escrever essa mini biografia e adaptei o texto para que ele ficasse do meu jeitinho (:

Podem esperar mais coisas sobre o Lewis Carrol e tudo relacionado a ele {País das Maravilhas} durante essa semana! Alguém sabia dessas coisas sobre o autor? O que acharam do meu primeiro texto ao estilo artigo aqui no blog?

Obrigado por tudo, pessoal!

SOMOS TODOS LOUCOS AQUI

8 comentários :

  1. ótimo post...mas achei esse autor bem sinistro viu??? Não deixaria uma filha minha perto dele de jeito nenhum...
    wwww.lindaeinteligente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, que bom que gostou (:
      é meio bizarra mesmo, mas, como eu disse lá em cima, na Inglaterra e naquela época, era "normal"; o porque de ser eu não sei :b
      beijos :*

      Excluir
  2. achei super legal o post! não conhecia isso tudo da vida dele!
    achei meio estranho essa obsessão por meninas mas na época acho que era normal! haha

    www.blogamorarosa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou do post, chuchu *.*
      beijos :*

      Excluir
  3. Oi Luanaa, não conhecia essa história. Já ouvi falar que tinha polêmicas, mas não sabia o que era.
    E escreve mais sobre, fiquei muuuuito interessada <3
    Beijiiinhos

    http://anapaulabeltrao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahhh, vou escrever sim (: quem sabe futuramente eu faço um post com mais detalhes sobre as fotos dele? o que acha da ideia? :D
      beijos :*

      Excluir

Recadinho: clique em "notifique-me" para descobrir qual foi minha resposta ao seu comentário, e para que possamos conversar melhor ;)